CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Molda-me… Dá-me Vida

Bate á porta do meu silêncio
Entra como sopro divino
Derruba muralhas
Cala este pranto, com pequenos nadas

Pinta esta alma pálida
Agasalha este corpo gelado
Com o fogo do teu corpo
Metamorfoseia este ser errante

Teimo em construir sonhos na areia
Que desmoronam uma e outra vez...
Dá alma a este texto confuso
Tropeço nas vírgulas, nos pontos finais
Sobram interrogações...

Molda-me… na escuridão da noite
Dá-me vida...
Neste pedaço de argila… que coloco nas tuas mãos
Desenha mapas, inventa fórmulas...
...que suavizem estes momentos...

Submited by

quinta-feira, janeiro 1, 2009 - 16:56

Poesia :

No votes yet

admin

imagem de admin
Offline
Título: Administrador
Última vez online: há 12 semanas 3 dias
Membro desde: 09/06/2010
Conteúdos:
Pontos: 44

Comentários

imagem de angelofdeath

Re: Molda-me… Dá-me Vida

Há sempre alguém que nos muda de vida.
Belo poema.

imagem de Anonymous

Re: Molda-me… Dá-me Vida

Olá Bruma :-)

Podes não desenhar mapas ou inventar fórmulas, mas que esboças palavras que penetram silenciosamente como sopro divino, não tenho a menor dúvida..

Brilhante!

Beijo

imagem de Anonymous

Re: Molda-me… Dá-me Vida

que bonita estatueta deverá sair das mãos de quem moldar...
dar vida ao barro é dar vida à terra...é dar vida à natureza!

mto bonito

beijo

breizh

imagem de IsabelPinto

Re: Molda-me… Dá-me Vida

Afinal a vida é composta de sonhos perfeitos e imperfeitos… de tudo e de nada…de amor como no teu poema cheio de esplendor!

Bom Ano de 2009

Bjs
IC

imagem de Anonymous

Re: Molda-me… Dá-me Vida

"O valor das coisas não está no tempo que elas duram, mas na intensidade com que acontecem. Por isso, existem momentos inesquecíveis, coisas inexplicáveis e pessoas incomparáveis..."
Fernando Pessoa

...que o momento apareça ou, caso já exista, dura uma eternidade. Poema com um toque de tristeza mas, no seu íntimo, é um labutar de um desejo do coração de harmonia ou que ela perdure. Abraços.

imagem de csantos

Re: Molda-me… Dá-me Vida

lindo
adorei
um beijo
cs

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of admin

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Amizade PORTUGAL 6 26.355 06/11/2019 - 09:35 Português
Poesia/Gótico Não me olhes 7 2.241 11/28/2012 - 00:50 Português
Poesia/Geral Não fui eu 5 2.207 03/24/2012 - 14:25 Português
Pintura/Paisagem PORTO 4 7.298 11/23/2011 - 12:36 Português
Poesia/Geral Quem sabe acender uma fogueira sabe amar uma mulher 4 2.995 02/18/2011 - 12:27 Português
Videos/Perfil 1153 0 2.696 11/24/2010 - 23:10 Português
Videos/Perfil 794 0 2.583 11/24/2010 - 23:03 Português
Videos/Perfil 793 0 3.726 11/24/2010 - 23:03 Português
Videos/Perfil 791 0 3.509 11/24/2010 - 23:03 Português
Videos/Perfil 740 0 3.479 11/24/2010 - 23:02 Português
Videos/Perfil 697 0 3.819 11/24/2010 - 23:02 Português
Videos/Perfil 732 0 2.973 11/24/2010 - 23:01 Português
Videos/Perfil 587 0 2.725 11/24/2010 - 23:00 Português
Videos/Perfil 585 0 3.337 11/24/2010 - 23:00 Português
Videos/Perfil 580 0 2.984 11/24/2010 - 23:00 Português
Videos/Perfil 553 0 2.966 11/24/2010 - 23:00 Português
Videos/Perfil 552 0 2.836 11/24/2010 - 23:00 Português
Videos/Perfil 551 0 3.174 11/24/2010 - 23:00 Português
Videos/Perfil 550 0 2.592 11/24/2010 - 23:00 Português
Videos/Perfil 549 0 3.477 11/24/2010 - 23:00 Português
Videos/Perfil 548 0 4.001 11/24/2010 - 23:00 Português
Videos/Perfil 547 0 3.335 11/24/2010 - 22:59 Português
Videos/Perfil 495 0 3.531 11/24/2010 - 22:58 Português
Videos/Perfil 494 0 3.255 11/24/2010 - 22:58 Português
Videos/Perfil 493 0 3.219 11/24/2010 - 22:58 Português