CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

NÃO ME CRITIQUEM!

Dizem que não tenho uma linguagem cuidada;
Que a rima… é pouco requintada;
Que escrevo livros…
E que não andei na universidade;
Que faço capítulos;
Sem ter noção… pois falo muito em desigualdade;
Que falo de politica… mas não sou culta;
Chega! Calem-se! Sei disso e sou astuta;
Só lê quem quer!
E eu escrevo o que quiser!
Se sou pessimista;
É porque não gosto do que vejo… o que hei de fazer?
Como posso ser optimista?
Se existe miséria e descriminação;
Se as pessoas só pensam nelas… ambição;
Eu não posso mudar o presente;
Mas posso colocar ideias na vossa mente.

Submited by

sexta-feira, julho 6, 2012 - 15:17

Poesia :

Your rating: None (1 vote)

sweetsilva1

imagem de sweetsilva1
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 2 anos 8 semanas
Membro desde: 03/21/2012
Conteúdos:
Pontos: 207

Comentários

imagem de sweetsilva1

Obrigado e acreditem enquanto

Obrigado e acreditem enquanto tiver um papel e uma caneta a mão ei de escrever sempre

imagem de Rafael Neves

"Eles" realmente nunca páram

"Eles" realmente nunca páram de dizer coisas, mas quem se interessa por "eles"? "Eles" estão como merecem, anónimos. Continua a escrever livros que serão sempre poucos, enquanto os licenciados, esses estão desempregados.

imagem de vsmario

Sabendo que o mundo é uma merda

Sabendo que o mundo é uma merda, o pessimismo faz com que não tenha vontade de mudar nada.
Sabendo que o mundo é uma merda, o otimismo faz-me ter sempre vontade de dar um passo para mudar.

Gostei,
Abraço,
Mário

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of sweetsilva1

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Dedicado SÓ TERRA 0 371 10/30/2013 - 17:23 Português
Poesia/Amor SERÁS MEU 0 324 09/18/2013 - 13:30 Português
Poesia/Amor CONDENADA 0 443 09/18/2013 - 13:28 Português
Poesia/Intervenção POEMAS, LIBERTEM-ME! 0 419 09/02/2013 - 10:22 Português
Poesia/Dedicado TOCA A MARCHAR 0 465 09/02/2013 - 10:20 Português
Fotos/Pessoais O MEU 2º LIVRO 0 616 06/14/2013 - 01:09 Português
Poesia/Pensamentos PENSAR 0 366 06/11/2013 - 06:36 Português
Poesia/Intervenção MEU MAR… QUE QUERES DE NÓS? 0 279 05/02/2013 - 19:57 Português
Poesia/Tristeza MAIS UMA LÁGRIMA 0 346 05/01/2013 - 21:12 Português
Poesia/Pensamentos A VÍBORA 0 369 03/08/2013 - 19:55 Português
Poesia/Intervenção O BOM SOLDADO 0 396 03/08/2013 - 19:46 Português
Poesia/Intervenção OURO NEGRO 2 402 01/09/2013 - 16:45 Português
Poesia/Pensamentos FELIZ ANO NOVO 0 352 01/08/2013 - 22:23 Português
Poesia/Intervenção “PORTUGAL” SEM FUTURO 0 392 01/02/2013 - 18:00 Português
Poesia/Geral TRABALHADORA 0 369 12/29/2012 - 22:59 Português
Poesia/Desilusão PUBLICIDADE 0 429 12/16/2012 - 23:12 Português
Poesia/Pensamentos O SOL 0 370 12/12/2012 - 23:13 Português
Poesia/Intervenção BOA ALEMANHA? 0 402 12/12/2012 - 22:52 Português
Fotos/Natureza DOIS AMIGOS 0 623 11/07/2012 - 01:32 Português
Poesia/Pensamentos SIGNIFICADO DO FADO 0 610 11/07/2012 - 01:25 Português
Poesia/Intervenção VOLTAR AO PASSADO 2 510 11/07/2012 - 01:23 Português
Poesia/Intervenção TRISTEZA DO POVO 0 474 11/05/2012 - 23:10 Português
Poesia/Intervenção PONTO FINAL 0 388 10/23/2012 - 15:42 Português
Poesia/Intervenção NATAL HIPÓCRITA 0 440 10/23/2012 - 15:27 Português
Fotos/Eventos EU E O MEU TIO NO DIA DO LANÇAMENTO 0 861 10/19/2012 - 17:28 Português