CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

NÃO TEM MAIS FESTA

Há muito tempo, num terreno baldio,
onde o mato lá crescia,
assisti uma grande festa.

Muitos insetos, sapos e mariposas,
de noite, cantavam e bailavam.
ao som ensurdecedor.

Rãs, cobras, grilos, gafanhotos,
e uma infinidade de outros seres,
habitantes do capinzal,

muito alardeavam,
uns felizes, outros nem tanto,
pois disfarçavam suas mágoas

em estridentes e ruidosos cantos,
em contraste com a calada da noite.
Continuei caminhando, e os sons

foram ficando cada vez mais fracos,
e, finalmente, a distância os calou.
Hoje, muitas vezes, por ali, eu passo,

mas nada mais ouço, nem gritos,
vozes ou soluços,
nenhum som, só homem e vultos,

tudo é tão bruto,
não há mais festa, só pedras, viadutos,
o baile acabou, eu nada escuto.

Submited by

segunda-feira, janeiro 30, 2017 - 04:40

Poesia :

No votes yet

RobertoEstevesdaFonseca

imagem de RobertoEstevesdaFonseca
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 3 semanas 6 dias
Membro desde: 07/05/2009
Conteúdos:
Pontos: 11218

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of RobertoEstevesdaFonseca

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Geral PÉ-DE-VALSA 0 49 03/22/2019 - 18:34 Português
Poesia/Geral UNIVERSO UNE VERSOS 0 48 03/22/2019 - 18:29 Português
Poesia/Geral UNIVERSO UNE VERSOS 0 62 03/22/2019 - 18:24 Português
Poesia/Amor ORAÇÃO 0 317 07/18/2018 - 03:57 Português
Poesia/Pensamentos DESEJO DE DESEJO (res nullius) 1 528 03/29/2018 - 23:52 Português
Poesia/Geral Parto, partir 4 766 03/07/2018 - 10:46 Português
Poesia/Geral Brisa 3 1.461 02/28/2018 - 18:06 Português
Prosas/Pensamentos UMA HISTORINHA FICTÍCIA, É CLARO, SOBRE EVOLUÇÃO 3 666 02/28/2018 - 18:04 Português
Poesia/Pensamentos ALTERIDADE 3 592 02/28/2018 - 17:30 Português
Prosas/Outros HISTÓRIA ROMÂNTICA SOBRE BRUXAS MEDIEVAIS 0 281 01/26/2018 - 04:22 Português
Poesia/Amor PELO RUMO DO TEMPO 1 590 10/22/2017 - 21:55 Português
Poesia/Amor TRISTE BUSCAS POR RIMAS (quando tento pensar com os olhos) 1 565 10/06/2017 - 00:00 Português
Poesia/Amor TERESA 1 622 08/16/2017 - 11:43 Português
Poesia/Geral PAPEL DE PAREDE 0 625 05/29/2017 - 19:36 Português
Poesia/Geral CASA AZUL CELESTE 0 934 05/04/2017 - 05:07 Português
Poesia/Amor POEMA SEM NOME (GESTO) 0 657 03/06/2017 - 05:18 Português
Poesia/Desilusão NÃO TEM MAIS FESTA 0 669 01/30/2017 - 04:40 Português
Pintura/Figurativo SANTUÁRIO 2 2.343 12/07/2016 - 16:09 Português
Pintura/Figurativo MONS PIZARRO - SEU RETRATO, POR MIM, IMAGINADO 0 2.199 12/07/2016 - 15:54 Português
Poesia/Amor PARA CARU 2 859 09/15/2016 - 21:20 Português
Poesia/Geral MUNDO DAS CORDAS 2 746 09/02/2016 - 16:49 Português
Poesia/Tristeza ESTRANHEZA 4 1.164 07/30/2016 - 04:59 Português
Pintura/Figurativo PRUDÊNCIA DE CASTILHO 0 2.980 06/11/2016 - 06:42 Português
Poesia/Pensamentos SEMPRE HÁ JOGO 0 673 05/27/2016 - 06:13 Português
Poesia/Amor FOLGUEDO NO RIO POÉTICO 0 1.146 05/10/2016 - 19:01 Português