CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

No pensamento a navegar

É tão bela e sensível a noite
Em que meus sonhos são despertos
No pensamento a navegar
Seus lindos olhos castanhos
Promessas de amor que permanece em mim.

É tão profundo o sentimento
Que minhas lembranças revivem
Momentos de singelas ternuras
Que nunca se apagam de mim
E permanecem vivas no coração.

Seus olhos castanhos tão meigos
Causaram a incrível sensação
No coração que se abriu a magia
Do olhar que se apresentou
Na manhã alegre do tempo tão desejado.

Tudo em mim são memórias vivas
De tempos que não se apagam
De sonhos que sempre renascem
Quando fecho os olhos e a vejo
Caminhando imponente nos meus sonhos.

Nem a escuridão lá fora assusta
Porque a luz nos meus pensamentos
Desperta o sentimento mais profundo
O amor que vi em seus olhos
Transforma a saudade em viva esperança.

Poema: Odair José, Poeta Cacerense

www.odairpoetacacerense.blogspot.com

Submited by

sábado, janeiro 28, 2023 - 12:21

Poesia :

No votes yet

Odairjsilva

imagem de Odairjsilva
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 1 dia 11 horas
Membro desde: 04/07/2009
Conteúdos:
Pontos: 15342

Comentários

imagem de Odairjsilva

Visitem os

imagem de Odairjsilva

Visitem os

imagem de Odairjsilva

Visitem os

imagem de Odairjsilva

Visitem os

imagem de Odairjsilva

Visitem os

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Odairjsilva

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Desilusão Essa saudade que me invade 6 127 04/22/2024 - 20:29 Português
Poesia/Dedicado Tiradentes 6 284 04/21/2024 - 13:48 Português
Poesia/Pensamentos Armadilhas ou ratoeiras 6 417 04/20/2024 - 20:08 Português
Poesia/Meditação Onde vão os velhos quando ficam velhos? 6 144 04/20/2024 - 13:53 Português
Poesia/Pensamentos Incoerência fantasiosa absurda 6 515 04/19/2024 - 20:29 Português
Poesia/Meditação A trágica paixão de Sansão 6 207 04/18/2024 - 20:34 Português
Poesia/Desilusão A parte fraca do coração 6 171 04/17/2024 - 00:43 Português
Poesia/Desilusão O lamento do sofrer 6 180 04/16/2024 - 11:40 Português
Poesia/Meditação O fim do mundo bate à porta 6 188 04/15/2024 - 23:38 Português
Poesia/Meditação Eu posso dizer não! 6 169 04/15/2024 - 11:29 Português
Poesia/Meditação A angústia de Caim 7 273 04/15/2024 - 00:52 Português
Poesia/Amor Não era brincadeira 6 180 04/13/2024 - 14:09 Português
Poesia/Amor Fascinante 6 735 04/10/2024 - 20:11 Português
Poesia/Amor Em cada pétala de rosa 7 406 04/10/2024 - 02:31 Português
Poesia/Meditação A Mulher Samaritana 6 1.050 04/08/2024 - 23:06 Português
Poesia/Intervenção Contra o racismo 6 296 04/07/2024 - 14:06 Português
Poesia/Desilusão Do amor não correspondido 6 522 04/06/2024 - 14:18 Português
Poesia/Intervenção Contra o bullying 6 468 04/05/2024 - 22:58 Português
Poesia/Amor Impossível ignorar 6 566 04/05/2024 - 02:43 Português
Poesia/Desilusão Não posso te esquecer 6 1.020 04/04/2024 - 02:54 Português
Poesia/Desilusão Seu prisioneiro 6 434 04/02/2024 - 11:51 Português
Poesia/Amor Um poema sem palavras 6 505 04/01/2024 - 19:33 Português
Poesia/Desilusão Quando não se pode evitar 6 451 03/30/2024 - 13:27 Português
Poesia/Pensamentos Observação 6 1.029 03/27/2024 - 22:12 Português
Poesia/Desilusão Agora o coração reclama 6 422 03/26/2024 - 20:13 Português