CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

O poeta é semelhante as nuvens

Ouço vozes que falam aos meus ouvidos
Dizem que não ser ouvido
Não é razão para me silenciar
Mas, quem sou eu neste vasto universo
Onde dor e sofrimento são sempre imutáveis?
O poeta é semelhante as nuvens
Desliza pelo infinito sem destino certo
E quem poderá dizer que não tem razão
Em acreditar em um mundo melhor?
Não posso viver sem minha vida
Não sou um pássaro que está preso
Nenhuma rede pode me prender
E não posso viver sem minha alma.
O ser humano erra quando deixa de lutar
Nunca busquei a felicidade
Porque quem poderá imaginar os horrores
Dos meus esforços secretos.
Nossa festa chegou ao fim
Tudo parecia tão perdido
E sei que alguns nascem grandes
Enquanto outros conquistam a grandeza
Através de seus silenciosos esforços.
Ninguém poderá impedir a minha jornada
Quando decido o meu próprio caminho
Espero que me dê sua mão
E voe comigo os espaços secretos da alma
Vamos para além do horizonte
Ver as montanhas que nos esperam
No destino final.

Poema: Odair José, Poeta Cacerense

www.odairpoetacacerense.blogspot.com

Submited by

terça-feira, abril 27, 2021 - 13:07

Poesia :

No votes yet

Odairjsilva

imagem de Odairjsilva
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 11 horas 55 minutos
Membro desde: 04/07/2009
Conteúdos:
Pontos: 5551

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Odairjsilva

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Desilusão Só agora percebo 0 50 05/07/2021 - 20:26 Português
Poesia/Desilusão A sombra perdida do coração 0 79 05/06/2021 - 13:15 Português
Poesia/Amor Direção 0 68 05/05/2021 - 21:24 Português
Poesia/Alegria Poesia é vida! 0 74 05/04/2021 - 16:45 Português
Poesia/Meditação Quando as terras caírem sobre mim 0 84 05/03/2021 - 23:39 Português
Poesia/Desilusão Um dia existiu 0 109 05/03/2021 - 19:04 Português
Poesia/Desilusão Sentimento perdido 0 58 05/01/2021 - 18:08 Português
Poesia/Amor E ela sorriu 0 76 04/30/2021 - 23:39 Português
Poesia/Fantasia Impassível diante do dragão 0 111 04/29/2021 - 23:15 Português
Poesia/Meditação No caminho de Emaús 0 113 04/28/2021 - 22:05 Português
Poesia/Fantasia O poeta é semelhante as nuvens 0 189 04/27/2021 - 13:07 Português
Poesia/Dedicado A importância da História 0 75 04/26/2021 - 22:39 Português
Poesia/Meditação Está consumado! 0 105 04/25/2021 - 15:12 Português
Poesia/Meditação Precisamos aprender alguma coisa 0 193 04/23/2021 - 20:03 Português
Poesia/Meditação História de minhas calamidades 0 98 04/22/2021 - 13:32 Português
Poesia/Meditação A busca pelo conhecimento 0 188 04/21/2021 - 12:43 Português
Poesia/Amor No sorriso de uma deusa 0 140 04/20/2021 - 18:09 Português
Poesia/Dedicado Lillo e Léo 0 130 04/19/2021 - 19:11 Português
Prosas/Pensamentos No Tribunal de Cristo (Parte I) 0 122 04/18/2021 - 14:08 Português
Poesia/Meditação Da prisão à liberdade 0 113 04/18/2021 - 13:57 Português
Poesia/Desilusão Amor de perdição 0 101 04/17/2021 - 15:55 Português
Poesia/Desilusão Quero viver junto a ti 0 94 04/16/2021 - 12:59 Português
Poesia/Amor Muito além das palavras 0 75 04/15/2021 - 12:52 Português
Poesia/Tristeza Um amor tão impossível 0 170 04/14/2021 - 12:49 Português
Poesia/Fantasia A ideia tola de escrever um livro 0 200 04/13/2021 - 14:43 Português