CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

O silêncio dos inocentes

O que pensar dos que estão nos cantos
Nas senzalas da vida
Em severa opressão?
O silêncio dos inocentes fala alto
Crianças indefesas
Sendo bombardeadas e tiradas de seus lares
Sem terem feito nenhum mal.

Por que a natureza humana é tão destrutiva
A ponto de ignorar os lamentos
Daqueles que não podem se defender?

Ouça os gritos dos excluídos
Dos exilados
Dos soldados obrigados a lutarem uma guerra
Que não faz nenhum sentido.

Inocentes são mortos todos os dias
Recrutados a lutarem batalhas
Que não provocaram
Apenas para satisfazerem desejos egoístas
De oligarcas prepotentes.

Faça-me o favor de não ignorar os lamentos
Os pedidos de socorro
Daqueles que são inocentes.
Ouçam seus gemidos
Seus pedidos nas madrugadas frias
E salve-os desse mundo mal.

Poema: Odair José, Poeta Cacerense

www.odairpoetacacerense.blogspot.com

Submited by

sexta-feira, março 11, 2022 - 19:55

Poesia :

No votes yet

Odairjsilva

imagem de Odairjsilva
Online
Título: Membro
Última vez online: há 46 minutos 20 segundos
Membro desde: 04/07/2009
Conteúdos:
Pontos: 7703

Comentários

imagem de Odairjsilva

Visitem os

imagem de Odairjsilva

Visitem os

imagem de Odairjsilva

Visitem os

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Odairjsilva

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Pensamentos De mãos dadas com a Morte 3 28 05/18/2022 - 18:53 Português
Poesia/Pensamentos Do pensamento 3 57 05/17/2022 - 18:36 Português
Poesia/Desilusão O teu olhar 3 45 05/16/2022 - 23:29 Português
Poesia/Intervenção Destruam essa arte 3 46 05/16/2022 - 18:38 Português
Poesia/Desilusão Silenciosa sombra de solidão 3 46 05/16/2022 - 12:38 Português
Poesia/Amor Saber entender, crescer e viver 3 72 05/13/2022 - 19:25 Português
Poesia/Meditação Cantem as canções que não escrevi 3 56 05/12/2022 - 22:56 Português
Poesia/Tristeza Alma em suplício 3 48 05/11/2022 - 23:12 Português
Poesia/Meditação Feliz com sua presença 3 76 05/11/2022 - 18:42 Português
Poesia/Desilusão Insensatez 3 67 05/10/2022 - 18:37 Português
Poesia/Pensamentos Eu navegarei 3 60 05/09/2022 - 23:13 Português
Poesia/Pensamentos Fantasmas de um tempo passado 3 101 05/09/2022 - 13:28 Português
Poesia/Dedicado Mãe, o maior amor que pode existir 3 77 05/08/2022 - 20:33 Português
Poesia/Dedicado Mãe - Eu canto a ti o amor! 3 71 05/06/2022 - 23:57 Português
Poesia/Meditação Dias melhores virão 3 126 05/06/2022 - 19:01 Português
Poesia/Meditação A impossibilidade física da morte na mente de alguém que está vivo 3 76 05/05/2022 - 19:11 Português
Poesia/Meditação O peso do mundo 3 66 05/04/2022 - 23:02 Português
Poesia/Meditação E se não estiver tudo bem? 3 80 05/04/2022 - 18:45 Português
Poesia/Amor Inimaginável 3 82 05/03/2022 - 18:34 Português
Poesia/Tristeza Querida solidão 3 82 05/02/2022 - 18:29 Português
Poesia/Intervenção Não lastimo o próximo perigo 3 124 05/02/2022 - 12:41 Português
Poesia/Pensamentos Palavras apenas não servem 3 68 04/30/2022 - 21:59 Português
Poesia/Fantasia Enquanto dormia 3 89 04/29/2022 - 23:56 Português
Poesia/Meditação Resta um poeta morto! 3 101 04/28/2022 - 20:45 Português
Poesia/Meditação Corra com os cavalos 3 67 04/28/2022 - 18:23 Português