CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

O tempo que não passou em mim

Um grito na madrugada fria
Onde o sono deixou de existir
E os sonhos não povoaram a minha mente
Deixando-me um sentimento vazio.
Ao lado da cama um silêncio
E meus pés estão nas nuvens
Sem ter quem ampare a minha queda.
Neste silêncio perturbador
Eu vejo os seus olhos em lágrimas
Recordando um tempo mágico
De um amor que parecia não ter fim.
O tempo que não passou em mim
Deixou um rastro de destruição
Que rasgou o meu coração
Fazendo-me sentir a ausência fria.
Tudo que eu mais queria na vida
Era não ter te encontrado no caminho
Pois, se assim fora eu teria paz
E não estaria neste quarto sozinho.
Mas a vida não é feita de rosas
Nem os dias apenas de sol
Há muitos momentos de tristeza
Que arrastam os sonhos pelo chão.
Caminho sem ter uma direção certa
Depois que você se foi
E não posso seguir-te pela jornada
Que agora estás a percorrer.
Deixo-me descansar de meus medos
Na esperança de poder dormir um pouco
A madrugada se arrasta lentamente
E ouço o sussurrar do vento.
O tempo que passou em mim
Não pode trazer-te de volta
E pelo caminho que ando agora
Só o que me resta são as lembranças.

Poema: Odair José, o Poeta Cacerense

www.odairpoetacacerense.blogspot.com

Submited by

sexta-feira, agosto 31, 2018 - 23:28

Poesia :

No votes yet

Odairjsilva

imagem de Odairjsilva
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 1 dia 22 horas
Membro desde: 04/07/2009
Conteúdos:
Pontos: 3092

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Odairjsilva

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Tristeza A dor do amor depois da partida 0 10 11/15/2018 - 14:20 Português
Poesia/Desilusão Poemas esquecidos numa noite qualquer 0 72 10/30/2018 - 23:47 Português
Poesia/Paixão Aceito a punição desse pecado 0 27 10/29/2018 - 23:56 Português
Poesia/Tristeza Agonia e êxtase 0 58 10/24/2018 - 23:59 Português
Poesia/Paixão Ah! Esse Desejo... 0 93 10/24/2018 - 23:11 Português
Poesia/Pensamentos Esgotamento mental 0 56 10/22/2018 - 22:33 Português
Poesia/Desilusão Coração insensível 0 167 10/13/2018 - 00:01 Português
Poesia/Tristeza Desfiladeiro 0 114 09/26/2018 - 23:48 Português
Poesia/Amor A brisa suave lá fora 0 91 09/25/2018 - 23:56 Português
Poesia/Amor Ao acordar ainda senti o seu perfume 0 68 09/25/2018 - 23:31 Português
Prosas/Contos O senhor acabou com a vida da minha mãe 0 72 09/18/2018 - 00:47 Português
Poesia/Tristeza O tempo que não passou em mim 0 123 08/31/2018 - 23:28 Português
Prosas/Drama Encontro fatal 1 236 08/02/2018 - 15:43 Português
Poesia/Meditação Na voracidade do tempo 0 502 07/04/2018 - 00:12 Português
Poesia/Meditação Escrevo e descrevo minh’alma 0 281 06/13/2018 - 00:33 Português
Poesia/Meditação Não deixe vacilar os meus pés 0 213 06/13/2018 - 00:31 Português
Poesia/Desilusão Espinhos 0 308 06/05/2018 - 19:48 Português
Poesia/Amor Veneno 0 416 06/04/2018 - 17:57 Português
Poesia/Pensamentos A dor do poeta 0 249 05/23/2018 - 19:05 Português
Poesia/Tristeza O lado escuro do sol 0 253 05/23/2018 - 02:25 Português
Poesia/Fantasia Pele morena 0 206 05/22/2018 - 02:05 Português
Prosas/Drama Nos olhos negros daquela mulher 0 256 05/21/2018 - 18:57 Português
Poesia/Desilusão Palavras vazias 0 322 05/19/2018 - 00:37 Português
Poesia/Desilusão Queria tanto 0 170 05/16/2018 - 01:59 Português
Poesia/Desilusão A invenção das inverdades 0 170 05/16/2018 - 01:24 Português