CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

O veneno nosso de cada dia

A indiferença que faz sofrer
Ausência surreal
Que sufoca os desejos mais profundos
E não impedem de pensar em você
Mesmo sabendo que não pensas em mim.

A ilusão que traz confusão
Que não deixa o coração sonhar
Porque não pode desistir
Se não sabe mais o que fazer
Que não seja os seus olhos esquecer.

A solidão que faz companhia
Nos lugares escuros da alma a espreita
Com um leve sorriso na face
Porque sabe que sua presença
Nunca mais será um obstáculo para ela.

A insensatez de um coração vazio
Faz a alma sofrer sozinha
Se não vê mais a beleza do sorriso
Nem a esperança que tinha no olhar
O que resta é chorar a tragédia humana.

Em pequenos frascos cotidianos
Cada gota de sofrimento deve ser tomado
O veneno nosso de cada dia
É descrito nos pensamentos de quem
Não pode mais viver triste assim.

Poema: Odair José, Poeta Cacerense

www.odairpoetacacerense.blogspot.com

Submited by

sábado, março 11, 2023 - 12:29

Poesia :

No votes yet

Odairjsilva

imagem de Odairjsilva
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 16 horas 51 minutos
Membro desde: 04/07/2009
Conteúdos:
Pontos: 15859

Comentários

imagem de Odairjsilva

Visitem os

imagem de Odairjsilva

Visitem os

imagem de Odairjsilva

Visitem os

imagem de Odairjsilva

Visitem os

imagem de Odairjsilva

Visitem os

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Odairjsilva

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Desilusão Em cada despedida 6 140 06/15/2024 - 13:12 Português
Poesia/Desilusão O vento levou 6 161 06/14/2024 - 21:14 Português
Poesia/Meditação Dez pragas terríveis 6 149 06/13/2024 - 23:07 Português
Poesia/Amor Teu amor é jardim em flor 6 150 06/12/2024 - 22:31 Português
Poesia/Poetrix Saudades 6 272 06/12/2024 - 04:07 Português
Poesia/Desilusão Recordo-me da morena 6 343 06/11/2024 - 03:10 Português
Poesia/Desilusão Ruminando os pedaços 6 222 06/09/2024 - 13:07 Português
Poesia/Meditação Confusão mental 6 430 06/07/2024 - 13:46 Português
Poesia/Amor E a saudade se foi 6 331 06/06/2024 - 12:09 Português
Poesia/Pensamentos Um mistério em cada esquina 6 536 06/05/2024 - 22:18 Português
Poesia/Amor Você é a razão 6 186 06/04/2024 - 20:23 Português
Poesia/Amor No olhar dela 6 315 06/04/2024 - 12:04 Português
Poesia/Amor Se o amor não faz parte 6 212 06/04/2024 - 02:43 Português
Poesia/Pensamentos Caminhos desconhecidos 6 865 06/03/2024 - 20:38 Português
Poesia/Dedicado Ser poeta é... 6 238 06/02/2024 - 13:53 Português
Poesia/Amor Mil segredos temos nós 6 248 06/01/2024 - 13:42 Português
Poesia/Pensamentos Ecos distantes em nossa cabeça 6 842 05/31/2024 - 13:46 Português
Poesia/Amor Só não sei como te dizer 6 259 05/30/2024 - 20:17 Português
Poesia/Meditação Ignorância 6 318 05/29/2024 - 22:05 Português
Poesia/Amor Nunca tenho as palavras certas 6 513 05/28/2024 - 13:40 Português
Poesia/Desilusão Vejo que está feliz 6 229 05/27/2024 - 20:43 Português
Poesia/Pensamentos Porcos no poder 6 895 05/25/2024 - 13:45 Português
Poesia/Pensamentos Circo de horrores 6 1.028 05/24/2024 - 12:09 Português
Poesia/Pensamentos Trombetas que ecoam no vazio 6 568 05/23/2024 - 20:47 Português
Poesia/Pensamentos Isso é totalmente estupidez 6 380 05/23/2024 - 01:31 Português