CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Onde o cão e o lobo uivam para a lua

Não há silêncio que possa ofuscar
Ou esconder a dor da alma
Na manhã gélida do desconhecido
Onde habita a ignorância.
Há um choro velado
De alma solitária
Que lamenta as escondidas
De olhares furtivos no amanhecer.

Não há refúgio
Onde o cão e o lobo uivam para a lua
E nem esperança para os olhos castanhos
No vale da sombra da morte.
A caminhada é longa e difícil
Que parece até não ter fim
Mas, é preciso caminhar em passos largos
Para não ser consumido pela areia movediça.

Armadilhas estão às espreitas
E nunca sabemos ao certo onde elas estão.
Mas, é preciso dar o próximo passo
E acreditar que há uma campina
Depois daquela montanha.

Deixo minha alma voar
Como pássaros na alvorada
Que foram assustados pelo predador
E caminho na minha jornada eterna.
Sou a esperança em um mundo caótico
E não posso sucumbir às ameaças
Que tentam amedrontar-me
Para não chegar ao meu destino.

Mas eu sei que não estou sozinho
E, se não estou sozinho,
Tenho alguém para me ouvir.

Poema: Odair José, o Poeta Cacerense

www.odairpoetacacerense.blogspot.com

Submited by

quinta-feira, maio 3, 2018 - 23:16

Poesia :

No votes yet

Odairjsilva

imagem de Odairjsilva
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 17 horas 55 minutos
Membro desde: 04/07/2009
Conteúdos:
Pontos: 4080

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Odairjsilva

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Amor Vi seus olhos e entendi 0 7 01/28/2020 - 22:52 Português
Poesia/Meditação Livrai-me dos laços armados contra mim! 0 9 01/27/2020 - 19:12 Português
Poesia/Intervenção A árvore está viva 0 37 01/23/2020 - 19:58 Português
Poesia/Tristeza As máscaras da melancolia 0 26 01/22/2020 - 22:23 Português
Poesia/Tristeza Perguntas sem respostas 0 33 01/21/2020 - 19:29 Português
Poesia/Amor Você é real em mim 0 37 01/20/2020 - 18:53 Português
Poesia/Desilusão Vou ver a sombra que você se tornou 0 29 01/17/2020 - 18:34 Português
Poesia/Amor As estrelas são testemunhas 0 51 01/16/2020 - 18:38 Português
Poesia/Desilusão E esse foi o fim 0 29 01/14/2020 - 20:59 Português
Poesia/Tristeza Porque saudade é abraçar o vazio 3 189 01/14/2020 - 18:26 Português
Poesia/Amor Vestida com o manto de amor 0 20 01/14/2020 - 18:25 Português
Poesia/Amor Pedi um amor que tivesse os seus olhos 0 34 01/13/2020 - 19:41 Português
Poesia/Meditação No topo da montanha 0 40 01/10/2020 - 19:39 Português
Poesia/Canção Sonhos do Poeta 0 48 01/09/2020 - 22:26 Português
Poesia/Alegria Há um sorriso em mim 0 59 01/08/2020 - 11:55 Português
Poesia/Pensamentos Ignorante razão 0 30 01/07/2020 - 20:08 Português
Poesia/Pensamentos Paraíso dos demônios 0 29 01/06/2020 - 13:39 Português
Poesia/Desilusão Fragmentos de uma ilusão 0 42 01/03/2020 - 13:08 Português
Poesia/Meditação Desejos de Ano Novo 0 53 01/02/2020 - 11:40 Português
Poesia/Alegria Sonhos de Fim de Ano 0 85 12/30/2019 - 12:48 Português
Poesia/Amor A inocência do coração 0 94 12/29/2019 - 13:17 Português
Poesia/Desilusão Contágio 0 89 12/28/2019 - 14:01 Português
Poesia/Amor Quem ama ouve sempre a voz do amor 0 47 12/26/2019 - 20:48 Português
Poesia/Pensamentos O Natal de Stone Halls 0 57 12/25/2019 - 00:18 Português
Poesia/Pensamentos Abstração 0 123 12/13/2019 - 23:47 Português