CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

outra forma junkie

Outra forma junkie

Quando me vir estou calmo por fora

Mas, talvez eu não esteja por dentro

Está sozinho é uma dor profunda

Rasgando tua alma os olhos abertos!

 

Tão quieto, um vazio prolongado

Talvez eu tenha dito quase tudo

Não importa! Já não me preocupo

Percebo a tua incolor-frieza

 

Tantos dias e noites se passaram

Estou aqui! Estou cercado por nada

Odeio ter que acordar e perceber

 

Que esta é minha vida tão sórdida!

Não sou um junkie mas sei o que é ser um

Só não sei uma forma saudável de morrer.

 

David Beat.

Submited by

terça-feira, janeiro 18, 2011 - 16:20

Poesia :

No votes yet

Dav-Rodrigues

imagem de Dav-Rodrigues
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 8 anos 1 semana
Membro desde: 09/07/2009
Conteúdos:
Pontos: 406

Comentários

imagem de Susan

Um poema forte e sentido

Um poema forte e sentido ...

Por vezes entendo  a amargura que causa a solidão 

mas é preciso acreditar em dias melhores e que 

são possíveis ....

Não posso deixar de citar :

Que esta é minha vida tão sórdida!

Não sou um junkie mas sei o que é ser um

Só não sei uma forma saudável de morrer.

Perfeito !!!!

Beijos

Susan

imagem de Henrique

Percebo a tua incolor-frieza

Talvez morrer de forma saudável, seja o bocadinho em que morremos todos os dias!!!

:-)

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Dav-Rodrigues

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Soneto Sepulturas 0 493 03/17/2012 - 16:39 Português
Poesia/Soneto Ao poeta Cruz e Sousa 0 492 03/17/2012 - 16:34 Português
Anúncios/Outros - Oferece-se produção de fanzines 0 864 03/16/2012 - 21:03 Português
Poesia/Soneto Alguns crimes 0 520 03/16/2012 - 02:58 Português
Poesia/Soneto Mazelas 0 680 03/16/2012 - 02:54 Português
Poesia/Soneto Lá em casa chove 0 387 03/16/2012 - 02:29 Português
Poesia/Soneto Dores 2 502 03/15/2012 - 15:37 Português
Poesia/Soneto Lendo pessoa 0 544 03/15/2012 - 15:29 Português
Poesia/Soneto Caber no poema 0 402 03/15/2012 - 15:25 Português
Poesia/Soneto Poema pra Shirlei 0 523 03/12/2012 - 19:50 Português
Poesia/Soneto "indignos" 0 484 03/12/2012 - 19:37 Português
Poesia/Soneto Wilde! 0 507 12/21/2011 - 16:22 Português
Poesia/Soneto Saudades 0 641 12/21/2011 - 16:09 Português
Poesia/Soneto Pureza 0 390 12/21/2011 - 16:04 Português
Poesia/Soneto Isolar 1 793 08/15/2011 - 02:12 Português
Poesia/Soneto Solitude 0 578 08/14/2011 - 21:30 Português
Poesia/Soneto Descor 0 705 08/14/2011 - 21:25 Português
Poesia/Soneto Luzes em Brilho 1 970 04/14/2011 - 23:19 Português
Poesia/Soneto Is this a poem? 1 715 02/01/2011 - 22:57 Português
Poesia/Soneto outra forma junkie 2 763 02/01/2011 - 22:51 Português
Poesia/Soneto Meiguice 2 1.139 02/01/2011 - 22:46 Português
Poesia/Soneto Lua-na 0 927 01/31/2011 - 16:34 Português
Poesia/Soneto Corpo pálido 0 678 01/26/2011 - 16:27 Português
Poesia/Soneto Cadáver e Sepulcro 0 651 01/21/2011 - 20:13 Português
Poesia/Soneto Socos no Corpo 0 690 01/21/2011 - 19:55 Português