CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

PANDORGA BRANCA

(Dedicado aos jovens e aos seus Sonhos de Paz e Liberdade...sem a influência das drogas))
Saleti Hartmann

Alguém, ao longe,
brincava
de soltar papagaios.
Meu olhar prendeu-se
naquela pandorga branca
que tremulava
ao sabor do vento.
Ah, ela fazia travessuras!
Voava de um lado
para o outro,
Queria subir,
subir mais e mais!
Era um pássaro beijando o céu
E o céu pertencia-lhe todo.
O vento a deixava ébria
de alegria!
Mas,
Quando se entusiasmava
a pequena pandorga
Pensando estar livre!
Julgando poder ficar sempre
neste voo inebriante:
- Alguém, lá embaixo,
puxava-a bruscamente:
- ela estava presa e se esquecera...
tinha de voltar.
O céu não mais lhe pertencia
E nem o vento poderia salvá-la,
levá-la para longe!

De repente, eras tu,
minha alma,
Que navegavas lá no alto
(- pandorga branca... pássaro branco - )
buscando a liberdade,
Querendo subir,
subir mais e mais!
Sim, eras tu que lá estavas,
gozando, por breves instantes,
A alegria de poder voar!
O desejo de não mais voltar:
- de seguir para o alto
- cantando, dançando, sorrindo -
esquecendo-se do frágil elo
que te liga a este corpo limitado.

Tu, que és tão sedenta de liberdade!
Tu, que tens as dimensões do Universo!

Porém,
quando estás no auge do teu voo,
uma mão invisível te recolhe
e te traz de volta a esta realidade
- que tu tens de viver
tens de sorvê-la até o seu fim
- sorriso por sorriso;
- lágrima por lágrima.
Sossega, ó alma minha,
fica junto de mim:
- Não queiras ainda outras dimensões
pois não te poderei acompanhar.
Espera junto de mim,
o dia do nosso voo,
quando ninguém nos segurará,
nem nos recolherá
e iremos com a brisa,
seguiremos os seus caminhos
e nos confundiremos com o seu sopro.

E a nossa realidade será
o Grande Universo
que tanto anseias percorrer...

Não vejo mais a pandorga branca:
Alguém a recolheu,
- como se recolhe a alma, o pensamento.
Alguém a guardou
- como se guarda um sonho secreto
que algum dia se
libertará.
 

Submited by

segunda-feira, abril 11, 2011 - 03:40

Poesia :

No votes yet

saletihartmann

imagem de saletihartmann
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 1 semana 3 dias
Membro desde: 09/21/2010
Conteúdos:
Pontos: 593

Comentários

imagem de MarneDulinski

PANDORGA BRANCA

Lindo poema, gostei muito mesmo!

Lembrei-me de meus tempos de menino, quando fazia pandorgas de todas as cores,

com roncadores frontais e laterais; a sensação de soltar as pandorgas era linda, gostosa,

parece que viajava junto com elas; mas que tristeza me dava quando ela descontrolada,

ia-se embora, por ter a linha rebentada... (dizia-se foi a baía), porque este termo não sei!

Meus parabéns,

Gostei muito,

MarneDulinski

imagem de MarneDulinski

PANDORGA BRANCA

Lindo poema, gostei muito mesmo!

Lembrei-me de meus tempos de menino, quando fazia pandorgas de todas as cores,

com roncadores frontais e laterais, a sensação de soltar as pandorgas era linda, gostosa,

parece que viajava junto com elas; mas que tristeza me dava quando ela descontrolada,

ia-se embora, por ter a linha rebentada... (dizia-se foi a baía), porque este termo não sei!

Meus parabéns,

Gostei mito,

MarneDulinski

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of saletihartmann

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Prosas/Tristeza SOBRE O COVID-19 0 40 05/21/2020 - 04:32 Português
Poesia/Amor UM SIMPLES "TE AMO" 0 78 05/18/2020 - 02:25 Português
Prosas/Tristeza "QUEM COM FERRO FERE, COM FERRO SERÁ FERIDO". 0 37 05/14/2020 - 00:53 Português
Poesia/Meditação CINZA... OU COLORIDO? 0 50 05/07/2020 - 23:30 Português
Prosas/Outros O ENSINO RELIGIOSO ATRAVÉS DE VALORES 0 89 04/24/2020 - 23:59 Português
Prosas/Outros TIRADENTES! 0 162 04/21/2020 - 20:55 Português
Prosas/Tristeza MORTE SEM NINGUÉM 0 57 04/21/2020 - 19:17 Português
Prosas/Tristeza FALAR DE AMOR... VIVER AMOR 0 125 02/24/2020 - 18:52 Português
Prosas/Outros O ENSINO RELIGIOSO NAS ESCOLAS E A NOVA BNCC (Base Nacional Comum Curricular) 0 131 02/14/2020 - 03:24 Português
Prosas/Tristeza DÁ PARA ACREDITAR QUE O PROBLEMA É MESMO A FALTA DE DINHEIRO???? 0 219 01/30/2020 - 03:11 Português
Prosas/Outros RELIGIÕES: UMA ESPERANÇA PARA O FUTURO 0 186 01/20/2020 - 00:46 Português
Prosas/Tristeza REFLEXÃO NATALINA 0 152 12/27/2019 - 02:28 Português
Prosas/Saudade CONVERSAS COM MEU PAI-PÓS MORTE 0 166 12/09/2019 - 02:18 Português
Prosas/Tristeza "SENSO CRÍTICO" 0 161 12/08/2019 - 23:52 Português
Prosas/Outros SOBRE A DOUTRINAÇÃO NAS ESCOLAS 0 174 12/07/2019 - 02:55 Português
Prosas/Outros A TERNURA DAS CRIANÇAS 0 211 12/07/2019 - 02:03 Português
Prosas/Outros AME SEUS PAIS ATÉ O FIM!!! 0 161 11/23/2019 - 02:43 Português
Prosas/Outros A INCONSEQUÊNCIA DOS NOSSOS JOVENS 0 272 11/09/2019 - 22:47 Português
Prosas/Tristeza BULLYING ENTRE OS PEQUENOS 0 193 11/08/2019 - 01:17 Português
Prosas/Outros CONVERSANDO COM DEUS 0 188 11/04/2019 - 17:57 Português
Prosas/Mistério AMORES QUE A VIDA NOS TRAZ 0 211 10/27/2019 - 01:20 Português
Prosas/Tristeza O QUE ESTÁ ACONTECENDO COM OS NOSSOS JOVENS??? 0 280 09/13/2019 - 00:23 Português
Prosas/Pensamentos ANJOS E ESTRELAS 0 356 07/25/2019 - 23:26 Português
Prosas/Tristeza A REFORMA DA PREVIDÊNCIA. POR QUÊ NÃO???? 0 296 07/24/2019 - 01:22 Português
Prosas/Tristeza SOBRE O PORTE DE ARMAS 0 364 05/26/2019 - 01:34 Português