CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Paradigma das Anormalidades Divulgadas

Charuto cubano
Suspenso em húmidos lábios
Sublime melodia se desprega
Sem pausas
Deste velho piano
Muitos anos passados
Deixaram vazia e abandonada
A garrafa transparente
Cristalizada
Refletem-se os tons
Nas firmes lombadas de couro
Dispostas ao acaso
Vislumbre do que se aproxima
Vermelho vestido
Encarnado em suspiro
Porta aberta distinta
Sobre a mesa redonda
Passagem transversal
Inerente a vários domínios
Quase inesperada ostentação
Espaço transbordante de vazio
Pleno de ambiguidades
Mãos suaves
Medindo o comprimento
Contorno de linhas invisíveis
Eleva-se o ânimo
Sem outras distrações
Ponto disperso
Que o olhar não suspende
Por quanto querer
Tão pouco se sabe
Ideia sem vínculo
Paradigma de anormalidades acentuadas
Recurso ilimitado às palavras
Poder do verbo
No princípio

Submited by

quarta-feira, março 28, 2012 - 23:03

Poesia :

Your rating: None (3 votes)

VanZen7

imagem de VanZen7
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 36 semanas 2 dias
Membro desde: 02/21/2011
Conteúdos:
Pontos: 1029

Comentários

imagem de RICARDORODEIA

Venham os filtros, as sondas

Venham os filtros, as sondas e os radares.

Tudo o que existe define-se pela norma. Tudo o que foge da norma, tem uma norma intríseca.

Lá dizia J.S que "O caos é uma ordem por decífrar"
e dizia Pedro Paixão " ...sei lá se sou excêntrico! Eu não conheço o meu centro!..."

... já agora, vale a pena fantasiar com isto.

Abraço.

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of VanZen7

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Videos/Música ME AND THE DEVIL 0 6.922 11/23/2016 - 11:34 inglês
Fotos/Outros ELIXIR 0 1.030 11/23/2016 - 11:32 Português
Poesia/Meditação RADICAIS LIVRES 0 806 11/23/2016 - 11:28 Português
Fotos/Fotojornalismo BREATHE 0 866 11/16/2016 - 11:43 Português
Poesia/Intervenção BREATHE 0 859 11/16/2016 - 11:40 Português
Poesia/Meditação Era Uma Vez 0 872 08/09/2014 - 23:56 Português
Fotos/Abstracto Arteria 0 1.435 08/09/2014 - 23:52 Português
Poesia/Geral Ensaio Sobre a Trascendência 2 806 07/10/2014 - 01:07 Português
Poesia/Meditação A Zul 1 835 05/29/2014 - 02:43 Português
Videos/Música Revolution 0 1.487 05/11/2014 - 15:28 Português
Fotos/Paisagens Aqua 0 1.729 05/11/2014 - 15:25 Português
Poesia/Meditação Descontroladamente 0 730 04/26/2014 - 16:40 Português
Fotos/Outros Ambiências 0 1.270 04/26/2014 - 16:36 Português
Videos/Música I Put A Spell On You 0 2.426 04/26/2014 - 16:26 inglês
Poesia/Fantasia MAYA 0 1.027 04/09/2014 - 20:16 Português
Fotos/Gentes e Locais Seculo XXI 0 1.522 04/09/2014 - 20:14 Português
Videos/Música Anonymous 0 1.386 04/09/2014 - 20:10 Português
Poesia/Pensamentos Interrogação 0 679 03/21/2014 - 00:03 Português
Videos/Música Song of the Stars 0 1.405 03/20/2014 - 23:57 Português
Fotos/Gentes e Locais Dança Líquida 0 1.257 03/20/2014 - 23:54 Português
Poesia/Pensamentos Emergente 0 1.636 03/10/2014 - 01:40 Português
Videos/Música Crystal 0 1.183 03/10/2014 - 01:08 Português
Fotos/Outros Caos 0 1.558 03/10/2014 - 01:04 Português
Poesia/Meditação Princípio da Incerteza 0 1.129 03/06/2014 - 00:20 Português
Fotos/Paisagens Fabula 0 1.603 03/05/2014 - 23:55 Português