CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

SEMBLANTE

Sol brilhando no ambiente
-Na escuridão fez arraso
Nesse nascer e ocaso
Nem triste e nem contente
Bem diferente da gente
Que no mundo, aqui na pampa
No próprio semblante estampa
Sem querer diz o que sente

Mas sempre há necessidade
De dar vez ao diferente
E o político eloquente
Precisa de liberdade
Para usar a qualidade
Do semblante inocente
Que ele usa quando mente
Ou esconde a verdade

Sérgio da Silva Teixeira
Bagé/RS.

Submited by

terça-feira, fevereiro 13, 2018 - 22:06

Poesia :

Your rating: None (1 vote)

Sérgio Teixeira

imagem de Sérgio Teixeira
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 1 dia 27 minutos
Membro desde: 01/24/2011
Conteúdos:
Pontos: 327

Comentários

imagem de J. Thamiel

comment

É bom ler poesia de verdade.

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Sérgio Teixeira

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Dedicado MISS UNIVERSO DE ANGOLA 2 586 09/17/2011 - 21:39 Português
Poesia/Geral DESPEDIDA NA FRONTEIRA (VOYAGER 1) 0 547 08/08/2011 - 22:23 Português
Poesia/Comédia VULCÃO ISLANDÊS-O CACHIMBO DA PAZ 0 631 05/24/2011 - 16:10 Português
Poesia/Dedicado ETERNO VAZIO 3 592 05/07/2011 - 17:21 Português
Fotos/Rostos SÉRGIO TEIXEIRA 0 717 04/04/2011 - 13:22 Português
Poesia/Geral EXTERMÍNIO 2 546 03/26/2011 - 20:16 Português
Poesia/Geral O RIO GRANDE DO SUL E O MUNDO 5 558 03/04/2011 - 13:46 Português
Ministério da Poesia/Geral VANDALISMO EMPRESARIAL 0 656 01/26/2011 - 01:56 Português
Poesia/Geral SERES RACIONAIS 0 812 01/25/2011 - 03:05 Português