CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

A sentinela

Não foi possível encontrar a página
Ela não estava lá
Ou nunca foi escrita
E não se pode saber o que estava escrito
Qual era mesmo a história
Aquela que todos queriam saber.

Um vazio existencial existia
Agonia nos cérebros ali parados
Cristais quebrados pela violência
E nenhuma sentinela tinha visto nada
Como se fossem apenas fantasmas
O tempo deixou de existir para os sonhadores.

Crianças desafiavam os idosos
No caminho estreito da escola
Alguns pássaros desafiaram a lógica
E não se assustaram com os espantalhos
Mas o que não contavam
Era com as armadilhas que lhe foram ocultas.

A sentinela não viu nada
Nem os vultos dos antigos deuses
Podia ser expulsos dos pensamentos alheios
E não havia nada a ser feito
Por nenhum dos sentinelas ali presentes
Se não existe o invisível.

Apenas palavras soltas ao vento
Já que ninguém conseguia ler nada
O livro imaginário fora escrito
No silêncio do caminhante solitário
Que montado em seu unicórnio
Galopava em direção ao horizonte perdido.

Poema: Odair José, Poeta Cacerense

www.odairpoetacacerense.blogspot.com

Submited by

terça-feira, agosto 16, 2022 - 19:04

Poesia :

No votes yet

Odairjsilva

imagem de Odairjsilva
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 14 horas 2 minutos
Membro desde: 04/07/2009
Conteúdos:
Pontos: 9140

Comentários

imagem de Odairjsilva

Visitem os

imagem de Odairjsilva

Visitem os

imagem de Odairjsilva

Visitem os

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Odairjsilva

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Amor Outra vez 3 27 12/04/2022 - 10:54 Português
Poesia/Amor Na minha imaginação 3 40 12/03/2022 - 21:30 Português
Poesia/Pensamentos Um mundo simples 3 73 12/03/2022 - 10:32 Português
Poesia/Meditação O aperto no peito 3 54 12/02/2022 - 22:08 Português
Poesia/Paixão Inexplicável força da paixão 3 107 12/02/2022 - 11:59 Português
Poesia/Desilusão Meu coração que se foi 3 55 12/01/2022 - 10:28 Português
Poesia/Intervenção A solidão dos vivos 3 51 11/30/2022 - 10:25 Português
Poesia/Meditação Ele veio por nós 3 44 11/29/2022 - 21:33 Português
Poesia/Meditação Deus é bom! 26 160 11/29/2022 - 17:28 Português
Poesia/Desilusão Falta de você 3 51 11/27/2022 - 10:23 Português
Poesia/Paixão Paixão indescritível no ar 3 42 11/26/2022 - 10:33 Português
Poesia/Paixão Cortinas 3 61 11/25/2022 - 13:12 Português
Poesia/Pensamentos Demiurgos escondidos 3 53 11/24/2022 - 22:50 Português
Poesia/Geral Ratos de esgoto 3 64 11/23/2022 - 23:51 Português
Poesia/Desilusão Essa noite não dormi 3 57 11/23/2022 - 18:41 Português
Poesia/Pensamentos Muito mais do que tudo isso que digo agora 3 67 11/23/2022 - 01:20 Português
Poesia/Intervenção Flagelo 3 129 11/21/2022 - 11:06 Português
Poesia/Alegria Copa do Mundo de Futebol 3 60 11/20/2022 - 11:02 Português
Poesia/Meditação Ser Negro 3 108 11/20/2022 - 10:59 Português
Poesia/Desilusão Uma temporada no Inferno 3 60 11/19/2022 - 13:12 Português
Poesia/Meditação Passos impensados 3 91 11/18/2022 - 19:04 Português
Poesia/Desilusão Atraído pela ilusão 3 114 11/17/2022 - 18:46 Português
Poesia/Desilusão Outra noite 3 85 11/16/2022 - 18:24 Português
Poesia/Amor A ilusão criada pelo olhar 3 125 11/15/2022 - 11:05 Português
Poesia/Amor Não sabia o que fazer de mim 3 146 11/14/2022 - 10:42 Português