CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Serafins

Era como se tivesse acordado de um sonho
Uma realidade totalmente diferente
Uma viagem ao infinito
Ao desconhecido
Coisas inefáveis que sua mente ainda não conhecia
Um segredo muito bem guardado
No coração sempre angustiado.

Como um raio de luz
Viajou os espaços infinitos
De galáxias distantes e inabitadas
Ouvindo o rufar das longas asas brilhantes
Como a luz mais forte do sol.

Seis asas em cada um deles
Tão magníficas que não podia contemplá-las
Não por muito tempo como gostaria
E até poderia imaginar o sorriso
No rosto de seres tão celestial.

Nada no mundo poderia apagar a sua felicidade
O prazer indescritível de voar com eles
Os serafins
Na mais linda e comovente viagem
Ao mundo invisível da existência do Criador.

Poema: Odair José, Poeta Cacerense

www.odairpoetacacerense.blogspot.com

Submited by

segunda-feira, novembro 15, 2021 - 15:13

Poesia :

No votes yet

Odairjsilva

imagem de Odairjsilva
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 2 dias 1 hora
Membro desde: 04/07/2009
Conteúdos:
Pontos: 6522

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Odairjsilva

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Desilusão Esquecer não vai mudar nada 0 38 12/03/2021 - 18:17 Português
Poesia/Paixão Na doçura do teu sorriso 0 51 12/02/2021 - 15:12 Português
Poesia/Intervenção O vale dos esquecidos 0 37 12/01/2021 - 18:51 Português
Poesia/Meditação Que eu saiba 0 40 12/01/2021 - 18:50 Português
Poesia/Pensamentos Sozinho 0 82 11/30/2021 - 18:01 Português
Poesia/Pensamentos Invisibilidade 0 67 11/30/2021 - 17:58 Português
Poesia/Meditação O cavaleiro, a morte e o demônio 0 71 11/27/2021 - 11:26 Português
Poesia/Desilusão Horas silenciosas 0 72 11/26/2021 - 18:42 Português
Poesia/Intervenção Não se pode matar as palavras 0 104 11/24/2021 - 18:18 Português
Poesia/Intervenção Você ainda acredita no amor? 0 275 11/23/2021 - 19:21 Português
Poesia/Desilusão Depois dos corações, as pedras 0 124 11/22/2021 - 19:13 Português
Poesia/Paixão Faz de conta... 0 84 11/22/2021 - 19:11 Português
Poesia/Intervenção Ser negro 0 130 11/20/2021 - 11:13 Português
Poesia/Desilusão Feche a porta ao sair 0 86 11/19/2021 - 21:02 Português
Poesia/Desilusão Não sei andar sozinho 0 229 11/17/2021 - 23:04 Português
Poesia/Meditação Anjos 0 63 11/17/2021 - 22:23 Português
Poesia/Pensamentos Prefiro não escrever 0 76 11/15/2021 - 15:15 Português
Poesia/Meditação Serafins 0 72 11/15/2021 - 15:13 Português
Poesia/Meditação Querubim 0 53 11/15/2021 - 15:11 Português
Poesia/Alegria 48 0 69 11/13/2021 - 11:24 Português
Poesia/Alegria O epílogo dos 47 0 90 11/12/2021 - 18:10 Português
Poesia/Amor A última lua escondida nas montanhas 0 204 11/11/2021 - 20:17 Português
Poesia/Desilusão Quarto vazio 0 77 11/10/2021 - 18:55 Português
Poesia/Intervenção Preconceito social 0 110 11/09/2021 - 22:27 Português
Poesia/Desilusão Não espero que volte 0 73 11/08/2021 - 21:13 Português