CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Seu prisioneiro

Não conseguiu olhar em meus olhos
E descobri a razão
Não há no seu coração
O desejo que sinto por ti
E sem essa reciprocidade
O que resta é ilusão.

Eu deixo-me ser levado além
Vou para um outro caminho
Deixo você caminhar livremente
Para o lugar que deseja
O amor deve ter essa liberdade.

Não posso negar o meu sentimento
Mas, também, não posso ser seu prisioneiro
Se não há como ficar ao seu lado
Prefiro deixar que se vá
Como o sol se despede de mais um dia.

Nas minhas lembranças você estará
Com a singeleza de seu ser
Com seu sorriso tão meigo
Seu olhar tão sedutor
Que fez nascer em mim esse amor.

Tal como uma borboleta no amanhecer
Voe para o seu destino
Escolha a flor que quiser
E sinta-se feliz nesse jardim
Que tem inúmeras possibilidades.

E se acaso algum dia
Sentir vontade voltar
Porque descobriu que aqui é seu lugar
Quem sabe eu ainda esteja aqui
Com o coração aberto para você.

Poema: Odair José, Poeta Cacerense

www.odairpoetacacerense.blogspot.com

Submited by

terça-feira, abril 2, 2024 - 11:48

Poesia :

No votes yet

Odairjsilva

imagem de Odairjsilva
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 12 horas 29 minutos
Membro desde: 04/07/2009
Conteúdos:
Pontos: 15287

Comentários

imagem de Odairjsilva

Visitem os

imagem de Odairjsilva

Visitem os

imagem de Odairjsilva

Visitem os

imagem de Odairjsilva

Visitem os

imagem de Odairjsilva

Visitem os

imagem de Odairjsilva

Visitem os

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Odairjsilva

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Meditação A trágica paixão de Sansão 6 125 04/18/2024 - 20:34 Português
Poesia/Desilusão A parte fraca do coração 6 146 04/17/2024 - 00:43 Português
Poesia/Desilusão O lamento do sofrer 6 135 04/16/2024 - 11:40 Português
Poesia/Meditação O fim do mundo bate à porta 6 154 04/15/2024 - 23:38 Português
Poesia/Meditação Eu posso dizer não! 6 150 04/15/2024 - 11:29 Português
Poesia/Meditação A angústia de Caim 7 258 04/15/2024 - 00:52 Português
Poesia/Amor Não era brincadeira 6 161 04/13/2024 - 14:09 Português
Poesia/Amor Fascinante 6 574 04/10/2024 - 20:11 Português
Poesia/Amor Em cada pétala de rosa 7 376 04/10/2024 - 02:31 Português
Poesia/Meditação A Mulher Samaritana 6 943 04/08/2024 - 23:06 Português
Poesia/Intervenção Contra o racismo 6 290 04/07/2024 - 14:06 Português
Poesia/Desilusão Do amor não correspondido 6 515 04/06/2024 - 14:18 Português
Poesia/Intervenção Contra o bullying 6 461 04/05/2024 - 22:58 Português
Poesia/Amor Impossível ignorar 6 559 04/05/2024 - 02:43 Português
Poesia/Desilusão Não posso te esquecer 6 825 04/04/2024 - 02:54 Português
Poesia/Desilusão Seu prisioneiro 6 427 04/02/2024 - 11:51 Português
Poesia/Amor Um poema sem palavras 6 497 04/01/2024 - 19:33 Português
Poesia/Desilusão Quando não se pode evitar 6 444 03/30/2024 - 13:27 Português
Poesia/Pensamentos Observação 6 975 03/27/2024 - 22:12 Português
Poesia/Desilusão Agora o coração reclama 6 416 03/26/2024 - 20:13 Português
Poesia/Intervenção A insensatez da guerra 6 448 03/25/2024 - 19:49 Português
Poesia/Intervenção Senso crítico nebuloso 6 504 03/24/2024 - 13:39 Português
Poesia/Desilusão Entre as sombras da noite 6 770 03/23/2024 - 14:32 Português
Poesia/Intervenção O espelho da realidade 6 473 03/22/2024 - 13:17 Português
Poesia/Dedicado À beleza do verso 6 1.045 03/21/2024 - 20:00 Português