CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

"Tempestade!"

Hoje novamente a chuva vem nos repreender.
Vem mansamente na surdina nos malhando.
Lavando o corpo tirando as impurezas.
Queria mesmo correr, achar em meio da tempestade um lugar.
E com ela vem o frio que nos abraça.
Nem mesmo todo agasalho que nos reveste consegue nos aquecer.
Tão belo ser aquilo tudo que nunca foi.
Suportar a vida que sempre foi uma merda,hoje é normal.
Sou suportável para quem nunca fui.
Não me suporto mais, não me aguento.
Qualquer dia desses me afogo na escuridão que outrora me abraçava.
Caminho em silêncio, pois minha voz não é mais a mesma.
Volto a gritar em silêncio.
Sou substituível.
Na minha morte não farei falta.
Mesmo na minha presença nada sou.
Volto à imagem que outrora fui.
Incerto.
Anormal.
Tudo que tentei foi ser alguém para eles.
Me afasto de mim para não lembrar coisas que não suporto.
Coisas que sei, não faz parte.
Viver nesse caos me deixa mais louco.
Mais uma vez fecho meus olhos para o mundo.
Volto a minha bela e negra escuridão, para chegar ao meu início do fim.
Autor:Verton Brandino Da Silva
(23/03/2012)
Colatina ES

Submited by

quinta-feira, agosto 13, 2020 - 18:21

Poesia :

No votes yet

Verton Brandino da Silva

imagem de Verton Brandino da Silva
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 4 dias 22 horas
Membro desde: 04/13/2011
Conteúdos:
Pontos: 856

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Verton Brandino da Silva

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Geral "Não conto contos!" 0 18 10/26/2020 - 10:00 Português
Poesia/Meditação "Em um domingo qualquer!" 0 84 10/16/2020 - 22:04 Português
Poesia/Geral "Imperfeito!" 0 40 09/26/2020 - 00:59 Português
Poesia/Meditação "Viva negritude!" 0 128 09/13/2020 - 13:56 Português
Poesia/Geral "Abortando a missão!" 0 77 09/12/2020 - 09:34 Português
Poesia/Desilusão "Ainda sim,chorei!" 0 113 09/05/2020 - 16:38 Português
Poesia/Geral "De repente!" 0 64 08/29/2020 - 09:32 Português
Poesia/Meditação "Tempestade!" 0 83 08/13/2020 - 18:21 Português
Poesia/Geral "Poeta da Vida Real! 0 91 07/31/2020 - 10:54 Português
Poesia/Pensamentos "Coisas de Preto!" 0 150 07/31/2020 - 05:58 Português
Poesia/Pensamentos "Em que mundo estamos vivendo?" 0 232 07/16/2020 - 15:53 Português
Poesia/Pensamentos "Medo do Futuro!" 0 286 05/31/2020 - 16:26 Português
Poesia/Geral "O pombo!" 0 3.520 05/02/2020 - 15:52 Português
Poesia/Meditação "Quando,ainda estou aqui! ? 0 341 04/30/2020 - 12:57 Português
Poesia/Pensamentos "Só eu sei!" 0 319 04/24/2020 - 09:46 Português
Poesia/Geral "Bom dia" 0 549 04/12/2020 - 12:03 Português
Poesia/Geral "Verso e poemas!" 0 247 04/11/2020 - 15:31 Português
Poesia/Amizade "Faz tempo!" 0 373 04/11/2020 - 15:25 Português
Poesia/Pensamentos "Só por hoje,um amanhã!" 0 233 04/04/2020 - 21:39 Português
Poesia/Dedicado "Flor de melanina!" 0 526 04/04/2020 - 21:34 Português
Poesia/Meditação "Meu coração árido!" 0 251 04/03/2020 - 21:39 Português
Poesia/Geral "Sentido" 0 235 04/03/2020 - 21:33 Português
Poesia/Geral "Que tiro foi esse?" 1 273 03/20/2020 - 19:26 Português
Poesia/Pensamentos "O que seria?" 1 370 12/14/2019 - 22:25 Português
Poesia/Pensamentos "Meu Natal!" 0 354 12/12/2019 - 13:58 Português