CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Uma deusa que habita entre os humanos

Venho aqui abrir o meu coração
Dizer-te as palavras que não consigo mais guardar em meu peito.
Eu fiquei encantado com a sua beleza
Fiquei deslumbrado com sua simplicidade.
Uma deusa que habita entre os humanos.
Você é a coisa mais linda que meus olhos já viram.
Eu só sei que meu coração está batendo mais forte
Por causa de você.
Eu quero dizer o quanto é bom estar perto de você
O quanto você me faz bem
E, por isso, eu não consigo mais guardar este segredo:
Você é o amor que tanto procurei
A felicidade que um dia eu desejei.
Seu sorriso é o mais encantador que já contemplei
Seus olhos misteriosos
Guardam segredos milenares
Eles seduzem-me como o brilho do sol.
Seus cabelos realçam a figura de seu rosto meigo
E encanta-me com a sua magia de menina-mulher.
Venho aqui falar de amor
Dizer-te o quanto sua beleza é fulgurante
Seu olhar radiante
E sua sensualidade está patente aos nossos olhos.
Seu corpo qual pintura de arte
Esculpido pelas mãos perfeitas do criador.
Corpo perfeito e sensual
Desfila pelos meus pensamentos o tempo todo.
Ah! O que dizer mais de você?
Faltar-me-ia as palavras que pudessem te descrever
Por isso, essa canção é só para lembrar-te
O quanto tu és formosa e encantadora.
O quanto provocas em mim o desejo intenso de seus beijos
E o calor de seu corpo.
Oh, minha deusa!
Amor da minha vida!
A mulher mais linda que meus olhos puderam contemplar.

Poema: Odair José, POeta Cacerense

www.odairpoetacacerense.blogspot.com

Submited by

segunda-feira, abril 8, 2019 - 23:03

Poesia :

No votes yet

Odairjsilva

imagem de Odairjsilva
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 3 dias 6 horas
Membro desde: 04/07/2009
Conteúdos:
Pontos: 3788

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Odairjsilva

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Desilusão Ter e não ter 0 10 09/13/2019 - 01:14 Português
Poesia/Paixão Insensato coração 0 24 09/10/2019 - 00:41 Português
Poesia/Meditação Se quero crescer 0 20 09/08/2019 - 18:50 Português
Poesia/Paixão Loucura e ternura 0 21 09/05/2019 - 23:30 Português
Poesia/Meditação Não diga nada 0 24 09/03/2019 - 23:25 Português
Poesia/Amor Eu penso em você 0 45 09/02/2019 - 23:09 Português
Poesia/Desilusão Máscaras 0 49 08/30/2019 - 22:06 Português
Poesia/Meditação Sonhos revisitados 0 38 08/28/2019 - 22:21 Português
Poesia/Intervenção Mato Grosso em chamas 0 37 08/27/2019 - 01:39 Português
Poesia/Meditação Mauvaiseté 0 179 08/24/2019 - 00:18 Português
Poesia/Meditação Pássaros feridos 0 77 08/22/2019 - 21:04 Português
Poesia/Amor Nem tudo que penso agora 0 37 08/20/2019 - 23:19 Português
Poesia/Meditação Anjos e demônios 0 93 08/18/2019 - 17:47 Português
Poesia/Desilusão Este amor vai ser o meu fim 0 39 08/16/2019 - 01:15 Português
Poesia/Paixão Minha forma de amar 0 75 08/15/2019 - 23:09 Português
Poesia/Meditação Os tentáculos do sistema 0 38 08/15/2019 - 22:48 Português
Poesia/Amor A bailar em minha mente 0 71 08/13/2019 - 02:39 Português
Poesia/Meditação Onde estão às poesias dos que são mortos? 0 46 08/10/2019 - 20:10 Português
Poesia/Pensamentos Tudo 0 58 08/07/2019 - 20:08 Português
Poesia/Amor O amor que procurei a vida toda 0 55 08/06/2019 - 21:40 Português
Poesia/Paixão Vejo seu sorriso e fico a contemplar-te 0 82 08/05/2019 - 23:02 Português
Poesia/Meditação Medo primitivo 0 59 08/02/2019 - 19:59 Português
Poesia/Amor O Sorriso e a Lágrima 0 43 08/01/2019 - 23:19 Português
Poesia/Fantasia Jardim exótico 0 53 07/31/2019 - 20:50 Português
Poesia/Pensamentos O flanelinha e a puta (parte 2) - A puta 0 94 07/30/2019 - 20:28 Português