CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

[Vida]

Quantos sonhos,
São perdidos no sofá?
Quantos motivos,
São necessários para sair da cama?
Qual programa de tv,
Da sentido a sua vida?
Qual a pílula,
Que você toma...
Para ser feliz?
Você pode tirar
As pilhas do relógio,
Fechar as cortinas do quarto,
Piscar, pra ver se a vida passa...
Mas não consegue evitar,
Que o tempo corroa as lembranças.
Não consegue fugir
Do encontro das dúvidas,
Com o vazio da mente.
Quantos desejos são necessários,
Pra fazer o dia nascer?
É sorte ou azar...
Estar do lado errado da corrente?
E quando não restar à quem culpar?
Quando a desculpa se tornar verdade,
A mentira perde o sentido?
E quando restar apenas você
Despido, vestido apenas de instintos...
Irá sobreviver ou sucumbir,
Ao amanhecer?

Submited by

segunda-feira, junho 4, 2018 - 14:31

Poesia :

No votes yet

Pablo Gabriel

imagem de Pablo Gabriel
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 2 anos 39 semanas
Membro desde: 05/02/2011
Conteúdos:
Pontos: 2944

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Pablo Gabriel

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Meditação Tempo, laços e amores. 0 738 06/01/2015 - 19:25 Português
Poesia/Amor Boca 0 767 05/29/2015 - 12:38 Português
Poesia/Meditação Múrmuros 0 1.140 05/08/2015 - 14:19 Português
Poesia/Meditação Casa sem morada 0 658 04/27/2015 - 17:56 Português
Poesia/Amor Armas e poesias 0 923 04/10/2015 - 13:38 Português
Poesia/Meditação Engrenagem 0 947 03/24/2015 - 17:20 Português
Poesia/Meditação Margens 0 891 03/17/2015 - 14:43 Português
Críticas/Outros Apaixone-se pelo gesto e não pelo objeto! 0 1.170 03/06/2015 - 17:44 Português
Poesia/Meditação Possuir 0 1.172 03/04/2015 - 14:28 Português
Poesia/Meditação Pálida Noite 0 869 02/27/2015 - 14:52 Português
Críticas/Outros Sobre a educação, porcos e diamantes. 0 978 02/20/2015 - 13:21 Português
Poesia/Meditação Entretempo 0 1.302 02/19/2015 - 16:46 Português
Críticas/Outros Tempo 0 1.905 02/06/2015 - 12:38 Português
Críticas/Outros Boca seca 0 1.675 01/31/2015 - 12:08 Português
Críticas/Outros Coito interrompido 0 1.002 01/31/2015 - 12:05 Português
Poesia/Meditação Falência programada 0 1.041 09/19/2014 - 18:43 Português
Fotos/Outros Silencio, inocente. 0 1.543 09/18/2014 - 12:57 Português
Poesia/Geral Ao acaso 0 2.041 09/04/2014 - 13:10 Português
Críticas/Outros anacrônico 0 1.468 09/02/2014 - 01:25 Português
Críticas/Outros Sobre a eleição, sujeiras e confiança. 0 886 08/28/2014 - 15:20 Português
Poesia/Geral Tempo? 0 1.369 08/27/2014 - 14:01 Português
Críticas/Outros Desbotar 0 1.654 08/25/2014 - 21:35 Português
Poesia/Geral Morro 0 1.001 08/19/2014 - 18:18 Português
Poesia/Amor Gatuno 0 822 08/18/2014 - 14:23 Português
Poesia/Meditação Pulsar 0 961 08/14/2014 - 12:27 Português