CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Sensibilidade de Criança

 


 

Sempre ouvi dizer que as crianças e os animais tem uma sensibilidade que nós, adultos, não temos. Quando a minha filha nasceu, meu pai nos visitava uma vez por mês, porque morava em outra cidade. Quando ele chegava, era uma festa só. Ele disse, a última vez que esteve lá em casa, que queria comprar uma bicicleta para a minha filha Larissa. Não teve tempo para isso, porque pouco tempo depois, descobrimos que ele tinha um tumor maligno no cérebro e pouco tempo de vida. Nessa época, ele foi morar com o filho no Paraná, pois lá teria melhores chances de ser acompanhado por bons médicos. Quando veio a notícia de que ele teria só 30 dias de vida, eu e minha irmã fomos nos despedir dele. Foi um triste adeus, porque ele já não falava mais. Morávamos em outro estado, bem longe de onde ele estava e só tivemos a chance de vê-lo uma última vez, quando ele se despediu para sempre.
Algum tempo depois, meu marido e eu fomos a um supermercado e vimos uma bicicleta, exatamente como meu pai gostaria de ter dado à Larissa. Compramos a bicicleta , bem empolgados e voltamos para casa. Meu marido subiu no elevador do edifício onde morávamos, primeiro levando a bicicleta, deixando as compras para levar depois. Quando voltou ao apartamento, ao abrir a porta, ele enxergou o meu pai, sorrindo, ao lado da bicicleta que havíamos comprado. Meu marido desceu e me contou. Por um lado, ficamos felizes, pois ele quis nos dizer que estava contente, por termos dado à Larissa o presente que ele tanto queria dar.
Um outro dia, estávamos passeando de carro e a nossa filha Larissa, que já tinha um ano e meio, estava no banco de trás. De repente, ela se levantou, olhou no espelho do carro e disse assim: tchau, vovô e abanou várias vezes.
Outra coisa que a Larissa fez e que me deixou sem saber o que responder ou como explicar melhor, foi quando eu a levei pela primeira vez à igreja católica, que ficava bem perto da nossa casa.
Achei que ela já tinha idade suficiente para conhecer a casa de Deus. Disse a ela, que quando nós estivéssemos ajoelhadas para falar com o Papai do Céu, era para ela falar com Ele também. Depois de vários minutos, perguntamos a ela se já havia falado e se já poderíamos ir embora. Então ela me respondeu: espera só um pouquinho, mamãe, o Papai do Céu não chegou ainda!
Quando voltamos para casa, expliquei para ela que a igreja era a casa de Deus, mas que não podíamos vê-lo a hora que quiséssemos, mas que Ele estava em todos os lugares, bastava só acreditar.

Débora Benvenuti

http://colchaderetalhos13.blogspot.com.br

Submited by

terça-feira, julho 15, 2014 - 16:04

Prosas :

No votes yet

deborabenvenuti

imagem de deborabenvenuti
Offline
Título: Moderador Poesia
Última vez online: há 3 semanas 6 dias
Membro desde: 05/10/2010
Conteúdos:
Pontos: 2577

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of deborabenvenuti

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Prosas/Contos O Psiquiatra e o Comentarista 0 29 12/25/2019 - 13:07 Português
Poesia/Tristeza A Ilha 0 1.742 01/07/2019 - 20:35 Português
Prosas/Contos A Obsessão e o Psiquiatra 0 580 01/07/2019 - 20:27 Português
Prosas/Contos A Palavra e a Escrita 0 438 01/07/2019 - 20:23 Português
Prosas/Contos O Ensinamento, a Interpretação e a Conseqüência 0 377 01/07/2019 - 20:07 Português
Prosas/Contos O Gigante Adormecido 0 1.998 01/07/2019 - 20:01 Português
Prosas/Contos O Sol também se levanta 0 1.911 01/07/2019 - 19:57 Português
Prosas/Contos O Ponto Final e a Criatividade 0 951 01/07/2019 - 19:53 Português
Prosas/Contos A Sombra e a Solidão 0 552 12/01/2018 - 21:51 Português
Prosas/Contos A Fotografia, a Curiosidade e a Imaginação 0 911 05/05/2018 - 00:18 Português
Poesia/Fantasia As Lágrimas do Silêncio 4 1.498 03/17/2018 - 16:11 Português
Poesia/Geral Sentir ou não Sentir 0 1.351 10/05/2015 - 02:41 Português
Fotos/Gentes e Locais Ramon 0 1.573 10/05/2015 - 02:25 Português
Fotos/Gentes e Locais Ramon,meu neto 0 1.631 10/05/2015 - 02:19 Português
Poesia/Geral Caminhantes 0 1.354 07/11/2015 - 22:23 Português
Poesia/Fantasia Vida que segue 0 1.644 07/11/2015 - 22:10 Português
Fotos/Gentes e Locais Larissa e eu 0 2.595 04/09/2015 - 17:27 Português
Fotos/Gentes e Locais Minha filha esperando meu neto 0 2.964 04/09/2015 - 17:24 Português
Fotos/Gentes e Locais Chá de Bebê do meu neto,Ramon 1 9.277 04/09/2015 - 17:19 Português
Fotos/Gentes e Locais Ramon aos dois meses 0 1.813 04/09/2015 - 16:56 Português
Fotos/Gentes e Locais Meu neto 0 3.021 04/09/2015 - 16:53 Português
Fotos/Gentes e Locais Quase Avó! 0 2.852 02/01/2015 - 14:24 Português
Prosas/Contos A Imaginação vai ser Avó 0 1.338 02/01/2015 - 14:15 Português
Fotos/Artes Motocicleta de Fraldas com Urso Luminoso 0 3.694 11/19/2014 - 21:05 Português
Prosas/Contos A Imaginação e o Tempo 0 1.367 11/19/2014 - 18:55 Português