Porque é Natal, sejamos Quixotes


Sejamos Quixotes.
Ousemos desafiar as convenções, os hábitos, as rotinas
e exerçamos o sagrado direito de cavalgar as nossas utopias
até a última estrela da madrugada.

Vençamos os tiranos do Mundo, amemos as nossas Musas,
brindemos as conquistas, choremos as derrotas,
sejamos atentos ao exercício da generosidade e do carinho
e, principalmente, não nos esqueçamos
que os Sanchos de nossas vidas são os alicerces
que nos permitem desafiar
os gigantes fantasiados de moinhos.

E não nos furtemos à poesia,
às gargalhadas e às esperanças
que o Novo Ano haverá de trazer;
e saudemos, de peito aberto, a mágica do Natal,
pois é nessa trilha
que andam os sonhos que nos iluminam.
 

Com os melhores votos de Feliz Natal e venturoso Ano de 2016.

Produção e divulgação de Vera Lucia M. Teragosa.

Submited by

Miércoles, Diciembre 23, 2015 - 18:07

Poesia :

Sin votos aún

fabiovillela

Imagen de fabiovillela
Desconectado
Título: Moderador Poesia
Last seen: Hace 2 años 33 semanas
Integró: 05/07/2009
Posts:
Points: 6158

Add comment

Inicie sesión para enviar comentarios

other contents of fabiovillela

Tema Título Respuestas Lecturas Último envíoordenar por icono Idioma
Poesia/Tristeza A Canção de Alepo 0 1.392 10/01/2016 - 22:17 Portuguese
Poesia/Meditación Nada 0 934 07/07/2016 - 16:34 Portuguese
Poesia/Amor As Manhãs 0 900 07/02/2016 - 14:49 Portuguese
Poesia/General A Ave de Arribação 0 902 06/20/2016 - 18:10 Portuguese
Poesia/Amor BETH e a REVOLUÇÃO DE VERDADE 0 976 06/06/2016 - 19:30 Portuguese
Prosas/Otros A Dialética 0 950 04/19/2016 - 21:44 Portuguese
Poesia/Desilusión OS FINS 0 1.338 04/17/2016 - 12:28 Portuguese
Poesia/Dedicada O Camareiro 0 1.273 03/16/2016 - 22:28 Portuguese
Poesia/Amor O Fim 1 1.099 03/04/2016 - 22:54 Portuguese
Poesia/Amor Rio, de 451 Janeiros 1 1.023 03/04/2016 - 22:19 Portuguese
Prosas/Otros Rostos e Livros 0 968 02/18/2016 - 20:14 Portuguese
Poesia/Amor A Nova Enseada 0 751 02/17/2016 - 15:52 Portuguese
Poesia/Amor O Voo de Papillon 0 843 02/02/2016 - 18:43 Portuguese
Poesia/Meditación O Avião 0 638 01/24/2016 - 16:25 Portuguese
Poesia/Amor Amores e Realejos 0 907 01/23/2016 - 16:38 Portuguese
Poesia/Dedicada Os Lusos Poetas 0 1.025 01/17/2016 - 21:16 Portuguese
Poesia/Amor O Voo 0 832 01/08/2016 - 18:53 Portuguese
Prosas/Otros Schopenhauer e o Pessimismo Filosófico 0 1.333 01/07/2016 - 20:31 Portuguese
Poesia/Amor Revellion em Copacabana 0 894 12/31/2015 - 15:19 Portuguese
Poesia/General Porque é Natal, sejamos Quixotes 0 827 12/23/2015 - 18:07 Portuguese
Poesia/General A Cena 0 1.061 12/21/2015 - 13:55 Portuguese
Prosas/Otros Jihadismo: contra os Muçulmanos e contra o Ocidente. 0 853 12/20/2015 - 19:17 Portuguese
Poesia/Amor Os Vazios 0 1.053 12/18/2015 - 20:59 Portuguese
Prosas/Otros O impeachment e a Impopularidade Carta aberta ao Senhor Deputado Ivan Valente – Psol. 0 490 12/15/2015 - 14:59 Portuguese
Poesia/Amor A Hora 0 1.419 12/12/2015 - 16:54 Portuguese