"belém" ou pra lá de "belém"?

 

Não importa. Jesus verdadeiramente nasceu em Belém. O profeta falou, a fé consagrou e a tradição ratificou. Nenhuma dúvida, mas cada um tem o seu “belém”, e não importa onde esteja. Não importa quando seja. Nem importa se passamos direto e não percebemos “belém”.

O deserto que nos conduz ao nosso “belém” é árido, causticante, perigoso, cheio de emboscadas. Muitas vezes não vemos a estrela que deveria nos conduzir. Não que ela não exista. Não que ela não esteja lá. Na verdade, ela é teológica e sem perceber, nos afastamos muito dela. Muitas vezes nós seguimos sem norte, e quando olhamos ao nosso redor, sentimos que estamos sozinhos, apesar, de termos encontrado muita gente pelo caminho. É,  encontramos muita gente. Porém não olhamos em seus rostos. Não percebemos suas lágrimas. Não notamos seus sorrisos.

E nossa alma, por algum motivo, tem um sorriso triste.
Olhamos para nossas mãos, e vemos que elas estão floridas, perfumadas e cheias de presentes. Até nos alegramos um pouco, mas a alegria se torna efêmera, quando vemos o caminho percorrido e começamos a entender “belém”.

Este “belém” não é uma cidade ou um vilarejo.
Este “belém”, com certeza, é ao norte. Mais que isso, “belém” é o próprio norte. É para lá que devemos ir: p’ra lá de “belém”. Isto porque “belém” não é apenas para se chegar; é para ficar. Devemos ter “belém”. Devemos permanecer em “belém”. Este “belém” pode nem estar lá na frente, porque “belém” é um encontro que o mestre, em seu plano de salvação, já marcou conosco, mas nós insistimos em não comparecer.

Este “belém” pode ser agora. Pode ser neste exato momento, dentro de nós. Temos que vivenciar “belém”, respirar “belém” iniciar nossa restauração. Este “belém” é um momento único. É um momento de fé, de aprendizado, de conversão. 

O entendimento nos dirá que nunca podemos chegar a “belém” com as mãos cheias de presentes, floridas, perfumadas. Só podemos chegar à Belém e a “belém”, lavados, puros, de mãos vazias... Os presentes, as flores, os perfumes devemos ter espalhados pelo deserto, distribuídos pelo caminho.

Este “belém” não é aquele Belém; é o momento em que, verdadeiramente, encontramos o Menino Jesus. Este “belém” é pessoal, particular, apenas nosso. É o nosso encontro com o Menino Jesus. Basta dobrar os joelhos, juntar as mãos, e dizer: “Eu estou aqui”.  -  J. Thamiel

Submited by

Viernes, Diciembre 2, 2016 - 14:22

Prosas :

Sin votos aún

J. Thamiel

Imagen de J. Thamiel
Desconectado
Título: Membro
Last seen: Hace 20 horas 55 mins
Integró: 05/02/2016
Posts:
Points: 2996

Add comment

Inicie sesión para enviar comentarios

other contents of J. Thamiel

Tema Título Respuestas Lecturas Último envíoordenar por icono Idioma
Poesia/Fantasía ÊXTASE 0 83 03/23/2020 - 16:58 Portuguese
Poesia/General A TI SENHOR, TE PEÇO 0 62 03/22/2020 - 20:18 Portuguese
Poesia/General Caros poetas 0 113 03/21/2020 - 23:29 Portuguese
Poesia/Desilusión AS RUÍNAS DA CAPELINHA 0 276 03/20/2020 - 18:54 Portuguese
Poesia/Fantasía VALSA AO LUAR 0 185 03/14/2020 - 13:26 Portuguese
Poesia/General E NO SÉTIMO DIA DESCANSOU... 0 178 03/09/2020 - 14:48 Portuguese
Poesia/General CABOCLO 0 232 03/03/2020 - 19:40 Portuguese
Poesia/Meditación QUO VADIS? 0 233 02/27/2020 - 16:05 Portuguese
Poesia/Fantasía OS DRACONIANOS 0 341 02/15/2020 - 15:32 Portuguese
Poesia/Amor ¿Quien soy yo? 0 336 01/25/2020 - 13:04 Portuguese
Poesia/Amor ¿Quien soy yo? 0 336 01/25/2020 - 13:00 Español
Poesia/Desilusión DIABÉTICOS 0 293 01/20/2020 - 18:27 Portuguese
Poesia/Meditación INTROSPECTO 0 277 01/19/2020 - 14:48 Portuguese
Poesia/Pensamientos VADE RETRO 0 189 01/17/2020 - 13:49 Portuguese
Poesia/Meditación INTROSPECTO 0 521 01/09/2020 - 14:43 Español
Poesia/Meditación INTROSPECTO 0 314 01/08/2020 - 22:57 Portuguese
Poesia/Fantasía ANO NOVO, NOVA ERA? 0 436 01/03/2020 - 19:09 Portuguese
Poesia/Dedicada ODE À NATUREZA (dedicado a todos os poetas do WAF) 1 444 12/24/2019 - 21:16 Portuguese
Poesia/General ESCOLA DE POETAS 0 341 12/21/2019 - 13:39 Portuguese
Poesia/General FILOSOFIA DE UM BÊBADO 0 637 12/17/2019 - 14:15 Portuguese
Poesia/General UM DIA EU TAMBÉM ERREI 0 639 12/10/2019 - 12:59 Portuguese
Poesia/Tristeza NOSSA LÍNGUA PORTUGUESA 0 616 12/04/2019 - 14:02 Portuguese
Poesia/General A VIDA É APENAS UMA TARDE. 0 659 11/25/2019 - 17:42 Portuguese
Poesia/General MÁ X I M A S 0 451 10/28/2019 - 13:31 Portuguese
Poesia/General É A VIDA... 0 540 10/26/2019 - 16:49 Portuguese