CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Cherry

Homenagem à Cherry, minha cadela de estimação, pela fidelidade do carinho doado a
toda a minha família durante treze anos, sem fazer qualquer reivindicação além de...
carinho.


Não deixe para amanhã o carinho que pode dar hoje.
Não deixe para amanhã.
Não adie o afago, o aperto de mão,
o abraço, o beijo.
Não transfira para depois o que pode ser doado agora,
o que pode ser retribuído hoje.
Não deixe para mais tarde o que tem vontade de fazer já.
Não economize carinho; acrescente-lhe juros
para receber dividendos.
Não espere e não suplique retorno.
O afeto atrai afeto.
A um sorriso, retribua outro sorriso.
Não emudeça, fale já aquela frase de carinho,
aquela palavra que reconforta
ou mesmo aquela verdade que é, antes de dura,
necessária.
Ria hoje, chore hoje, abrace hoje, ame hoje,
dê carinho hoje, reze hoje, peça perdão hoje,
perdoe hoje, trabalhe hoje, brinque hoje.
Não deixe para amanhã as lágrimas que devem cair hoje,
pois elas podem secar como seca o leito dos rios.
Não adie para daqui a pouco o que é preciso
ser feito agora.
Respeite as crianças, os velhinhos,
os animais, toda a natureza.
Seja você hoje melhor do que ontem.
Amanhã poderá ser tarde.
Depois, só haverá o que poderia ter sido...


10/04/2008 (um dia depois)

Submited by

segunda-feira, maio 30, 2011 - 15:07

Ministério da Poesia :

No votes yet

Remisson

imagem de Remisson
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 9 anos 2 semanas
Membro desde: 08/21/2008
Conteúdos:
Pontos: 417

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Remisson

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Ministério da Poesia/Geral O mais é resto... 0 447 05/30/2011 - 15:29 Português
Ministério da Poesia/Tristeza Entrega 0 861 05/30/2011 - 15:24 Português
Ministério da Poesia/Soneto O mendigo 0 787 05/30/2011 - 15:22 Português
Ministério da Poesia/Tristeza Partida 0 449 05/30/2011 - 15:20 Português
Ministério da Poesia/Geral Convite 0 622 05/30/2011 - 15:19 Português
Ministério da Poesia/Geral Reles 0 741 05/30/2011 - 15:17 Português
Ministério da Poesia/Geral Graças 0 749 05/30/2011 - 15:16 Português
Ministério da Poesia/Geral Inapto 0 656 05/30/2011 - 15:14 Português
Ministério da Poesia/Dedicado Cherry 0 621 05/30/2011 - 15:07 Português
Ministério da Poesia/Dedicado Nova Era 0 698 05/30/2011 - 15:04 Português
Ministério da Poesia/Soneto Mente insana 0 815 05/30/2011 - 15:01 Português
Ministério da Poesia/Geral Cara-de-pau 0 710 05/30/2011 - 15:00 Português
Ministério da Poesia/Geral Aborto 0 819 05/30/2011 - 14:58 Português
Ministério da Poesia/Desilusão Transe 0 929 05/30/2011 - 14:55 Português
Ministério da Poesia/Desilusão Inexistência 0 713 05/30/2011 - 14:52 Português
Ministério da Poesia/Geral O amante 0 763 05/25/2011 - 17:49 Português
Ministério da Poesia/Geral Canção final 0 638 05/25/2011 - 17:46 Português
Ministério da Poesia/Soneto O teatro 0 897 05/25/2011 - 17:41 Português
Ministério da Poesia/Soneto Desvario 0 754 05/25/2011 - 17:37 Português
Ministério da Poesia/Geral Os dançarinos 0 660 05/25/2011 - 17:36 Português
Ministério da Poesia/Soneto Terapia do riso absurdo 0 953 05/25/2011 - 17:35 Português
Ministério da Poesia/Soneto A Rosa dos Anjos 0 853 05/25/2011 - 17:32 Português
Ministério da Poesia/Soneto Fantasia 0 881 05/25/2011 - 17:31 Português
Ministério da Poesia/Geral Poeminha prático 0 515 05/25/2011 - 17:29 Português
Ministério da Poesia/Soneto Realeza 0 793 05/25/2011 - 17:28 Português