CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Inexistência


Tênue como o sol no fim das horas,
tua imagem delirante por mim passa.
Tu me olhas, ris, me acenas e choras.
Pra te tornar real nada há que eu faça.


Em teus lábios já não há sons nem movimentos.
Tua forma é nevoenta e desregrada.
Teus cabelos desgrenhados com os ventos
são loucos fios desenhando nas estradas.


Nas desoras os meus olhos também choram...
Tão diversos, temos o mesmo penar:
se teus lábios - sendo vultos - já descoram,
os meus lábios - tão reais - não têm par.

Submited by

segunda-feira, maio 30, 2011 - 14:52

Ministério da Poesia :

No votes yet

Remisson

imagem de Remisson
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 9 anos 8 semanas
Membro desde: 08/21/2008
Conteúdos:
Pontos: 417

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Remisson

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Ministério da Poesia/Geral O mais é resto... 0 462 05/30/2011 - 15:29 Português
Ministério da Poesia/Tristeza Entrega 0 871 05/30/2011 - 15:24 Português
Ministério da Poesia/Soneto O mendigo 0 800 05/30/2011 - 15:22 Português
Ministério da Poesia/Tristeza Partida 0 461 05/30/2011 - 15:20 Português
Ministério da Poesia/Geral Convite 0 634 05/30/2011 - 15:19 Português
Ministério da Poesia/Geral Reles 0 750 05/30/2011 - 15:17 Português
Ministério da Poesia/Geral Graças 0 763 05/30/2011 - 15:16 Português
Ministério da Poesia/Geral Inapto 0 665 05/30/2011 - 15:14 Português
Ministério da Poesia/Dedicado Cherry 0 636 05/30/2011 - 15:07 Português
Ministério da Poesia/Dedicado Nova Era 0 704 05/30/2011 - 15:04 Português
Ministério da Poesia/Soneto Mente insana 0 821 05/30/2011 - 15:01 Português
Ministério da Poesia/Geral Cara-de-pau 0 756 05/30/2011 - 15:00 Português
Ministério da Poesia/Geral Aborto 0 831 05/30/2011 - 14:58 Português
Ministério da Poesia/Desilusão Transe 0 951 05/30/2011 - 14:55 Português
Ministério da Poesia/Desilusão Inexistência 0 722 05/30/2011 - 14:52 Português
Ministério da Poesia/Geral O amante 0 774 05/25/2011 - 17:49 Português
Ministério da Poesia/Geral Canção final 0 650 05/25/2011 - 17:46 Português
Ministério da Poesia/Soneto O teatro 0 908 05/25/2011 - 17:41 Português
Ministério da Poesia/Soneto Desvario 0 764 05/25/2011 - 17:37 Português
Ministério da Poesia/Geral Os dançarinos 0 672 05/25/2011 - 17:36 Português
Ministério da Poesia/Soneto Terapia do riso absurdo 0 962 05/25/2011 - 17:35 Português
Ministério da Poesia/Soneto A Rosa dos Anjos 0 860 05/25/2011 - 17:32 Português
Ministério da Poesia/Soneto Fantasia 0 892 05/25/2011 - 17:31 Português
Ministério da Poesia/Geral Poeminha prático 0 525 05/25/2011 - 17:29 Português
Ministério da Poesia/Soneto Realeza 0 804 05/25/2011 - 17:28 Português