CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Ala 33 sala 7

Ala 33 sala 7

Aqui de fato é triste a tristeza.
Aqui existe mesmo a dureza.

Nos olhos quebrantados e frios.
olhos atidos no crédulo e gentio.

Procuram a esperança já morta.
Perderam a fechadura da porta.

Mesmo antes da chamada que
pode pular a fila desgraçada da
morte.

Procuram loucas lembranças e
tortos e juntos chamam pra si
a sorte.

Uns fogem curados e mais fortes.
outros ficam embrulhados feitos
mortos mortificados.

Aqui de fato é triste a tristeza.

Aqui procuram o diamante da
saúde e da beleza.

Há angústias e freios nas alegrias.
Alegrias sórdidas e de brincadeira.

Chegam e vão sem certezas no
chão.

Aqui tem cheiro de éter e álcool.
Aqui tem cheiro diferente no ar.

Um ar de esperança e desespero.
aqui tem ondas do mar.

http://wilson-marques.blogspot.com/
O NOVO POETA. (W.Marques).

O NOVO POETA. (W.Marques).

Submited by

sexta-feira, agosto 20, 2010 - 17:12

Poesia :

No votes yet

onovopoeta

imagem de onovopoeta
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 28 semanas 1 dia
Membro desde: 04/19/2009
Conteúdos:
Pontos: 1469

Comentários

imagem de apsferreira

Re: Ala 33 sala 7

Uma interessante análise,
num bom poema.
:-)

imagem de Almalusitana

Re: Ala 33 sala 7

Bonito este poema. Parabéns

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of onovopoeta

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Pensamentos Santo do pau oco 0 569 11/03/2018 - 21:51 Português
Poesia/Geral Gemas acabrunhadas 0 205 10/19/2018 - 14:06 Português
Poesia/Geral Receio do remate 1 1.134 10/15/2018 - 16:47 Português
Poesia/Meditação Talvez um anjo 1 649 10/15/2018 - 16:46 Português
Poesia/Meditação Oscilação 1 1.291 10/15/2018 - 16:45 Português
Poesia/Geral Dito-cujo 2 427 10/15/2018 - 16:43 Português
Poesia/Geral Abstrato 2 1.085 03/15/2018 - 09:42 Português
Poesia/Amor Sobejar de paixão 2 312 03/15/2018 - 09:41 Português
Poesia/Geral Beiços de homens 1 430 02/27/2018 - 11:37 Português
Poesia/Meditação Morte e vida 1 680 02/27/2018 - 11:36 Português
Poesia/Amor Pétalas do amor 1 416 01/22/2018 - 14:58 Português
Poesia/Meditação 10 graças 1 590 05/29/2016 - 13:03 Português
Poesia/Geral Sinfônica saúde 0 629 04/22/2016 - 15:02 Português
Poesia/Geral Santas descabidas 0 685 02/21/2016 - 20:22 Português
Poesia/Amor Vinho triste 0 838 02/21/2016 - 20:20 Português
Poesia/Amor Lucidez abstrusa 0 1.332 12/24/2015 - 12:19 Português
Poesia/Geral Oportunista 0 632 11/07/2015 - 22:42 Português
Poesia/Geral Fluidos mínimos 0 640 09/23/2015 - 11:55 Português
Poesia/Geral Mortos odoríferos 0 1.093 07/21/2015 - 11:30 Português
Poesia/Amor Princesa do gueto (A morte da princesa). 0 962 06/13/2015 - 19:21 Português
Poesia/Meditação Dias encafifados 0 804 04/29/2015 - 12:07 Português
Poesia/Amor Amor de seis rimas 0 1.077 03/27/2015 - 12:29 Português
Poesia/Geral Mortos do vaso 0 931 02/15/2015 - 13:26 Português
Poesia/Amor Memórias de girasol 0 769 01/15/2015 - 11:12 Português
Poesia/Fantasia Luzes dos lampiros 0 913 12/23/2014 - 14:55 Português