CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

ARARA AZUL

ARARA AZUL

Um azul santo no céu, suas penas em forma
de manto.

Na imensidão desponta, em tom sobre tom
se afronta.

Essa ave rara que no ar ara é a coisa mais
linda que já se viu.

Essa ave rara que no ar ara é a Arara nativa
azul do Brasil.

Na vastidão aponta essa ave de uma cor só
o mais lindo azul.

Voando e pousando na nossa querida Amazônia
ou nas matas de Mato Grosso do Sul.

Suas asas estendidas e bonitas por natureza, dá
arte final no quadro real, a mais pura beleza.

Só tenho a agradecer a DEUS por te sido gentil,
por escolher sua morada, nosso lindo Brasil.

O NOVO POETA. (W.Marques).

O NOVO POETA. (W.Marques).

Submited by

terça-feira, abril 6, 2010 - 20:37

Poesia :

No votes yet

onovopoeta

imagem de onovopoeta
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 27 semanas 4 dias
Membro desde: 04/19/2009
Conteúdos:
Pontos: 1469

Comentários

imagem de mariamateus

Re: ARARA AZUL

W :-D

Lindo teu poema.......

Gosto bastante da cor linda das araras e também
do teu Brasil!

Beijooooooo....................................

mm

imagem de Henrique

Re: ARARA AZUL

Bom poema!!!

:-)

imagem de marialds

Re: ARARA AZUL

Adorei o poema, principal a relevância deste; já que quase esta espécie se estinguiu no Brasil e no mundo, pois esta só vive em nosso pais.
Adorei te-las trazidas cantas em verso para nós.
Parabens!

imagem de Hisalena

Re: ARARA AZUL

Um poema interessante pelos ensinamentos que trás. A arara azul parece ser uma ave magnifica que infelizmente não existe por terras Lusas.
Deus foi gentil em ter escolhido o Brasil para lar da arara azul...oxalá os homens sejam gentis de a deixar viver em paz.

imagem de LiceSoares

Re: ARARA AZUL

Parabéns, poeta. Belo texto.
Que Deus proteja, também, a nossa arara azul. Ela precisa.
Bjs no coração.

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of onovopoeta

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Pensamentos Santo do pau oco 0 563 11/03/2018 - 21:51 Português
Poesia/Geral Gemas acabrunhadas 0 203 10/19/2018 - 14:06 Português
Poesia/Geral Receio do remate 1 1.132 10/15/2018 - 16:47 Português
Poesia/Meditação Talvez um anjo 1 649 10/15/2018 - 16:46 Português
Poesia/Meditação Oscilação 1 1.288 10/15/2018 - 16:45 Português
Poesia/Geral Dito-cujo 2 426 10/15/2018 - 16:43 Português
Poesia/Geral Abstrato 2 1.084 03/15/2018 - 09:42 Português
Poesia/Amor Sobejar de paixão 2 306 03/15/2018 - 09:41 Português
Poesia/Geral Beiços de homens 1 429 02/27/2018 - 11:37 Português
Poesia/Meditação Morte e vida 1 680 02/27/2018 - 11:36 Português
Poesia/Amor Pétalas do amor 1 410 01/22/2018 - 14:58 Português
Poesia/Meditação 10 graças 1 585 05/29/2016 - 13:03 Português
Poesia/Geral Sinfônica saúde 0 629 04/22/2016 - 15:02 Português
Poesia/Geral Santas descabidas 0 685 02/21/2016 - 20:22 Português
Poesia/Amor Vinho triste 0 838 02/21/2016 - 20:20 Português
Poesia/Amor Lucidez abstrusa 0 1.330 12/24/2015 - 12:19 Português
Poesia/Geral Oportunista 0 632 11/07/2015 - 22:42 Português
Poesia/Geral Fluidos mínimos 0 638 09/23/2015 - 11:55 Português
Poesia/Geral Mortos odoríferos 0 1.091 07/21/2015 - 11:30 Português
Poesia/Amor Princesa do gueto (A morte da princesa). 0 961 06/13/2015 - 19:21 Português
Poesia/Meditação Dias encafifados 0 804 04/29/2015 - 12:07 Português
Poesia/Amor Amor de seis rimas 0 1.075 03/27/2015 - 12:29 Português
Poesia/Geral Mortos do vaso 0 929 02/15/2015 - 13:26 Português
Poesia/Amor Memórias de girasol 0 769 01/15/2015 - 11:12 Português
Poesia/Fantasia Luzes dos lampiros 0 912 12/23/2014 - 14:55 Português