CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Aventura de Menino

Eu era garotinho...
Fugi de casa
Com um guarda-chuva rasgado
E meias trocadas,
De cores diferentes.
Uma calça
Que não cabia em mim
E um rosto de querubim.
Fui de porta em porta
Suplicando uma esmola
Pelo amor de Deus.
Levei uma manhã inteira
Subindo e descendo ladeiras
Daquela bairro distante.
Um sorriso à toa
Mostrando os dentes a cada instante.
Esse fato não me sai da lembrança,
Eu era uma inocente criança
E não entendia o que estava fazendo...
Meus pais em polvorosa
Mandaram meu irmão mais velho
A procurar-me em cada esquina,
E eu, ingênuo, seguia minha sina
Sem saber por onde ía.
Lá pelos confins da tarde
Meu irmão me encontrava suado,
Agradecendo ao Deus amado
Por haver me encontrado.
Saliente, eu entrei em casa,
Não levei qualquer palmada
E a vizinhança toda na calçada,
Procurava compreender
O que estava acontecendo.
Coloquei o resultado da aventura
Sobre a mesa:
Era uma banana e alguns trocados.
Perguntei a meu pai muito sério:
"Foi só o que consegui,
Dá pra ajudar nas despesas?"
Apesar da forte preocupação
Com o meu sumiço repentino,
Todos se espantaram com o meu tino.
Eu tinha apenas dois anos
E nesta vida cheia de desenganos,
Provoquei sorrisos com minha aventura de menino!

Submited by

domingo, janeiro 24, 2010 - 23:59

Poesia :

No votes yet

imelo

imagem de imelo
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 19 horas 41 minutos
Membro desde: 09/09/2009
Conteúdos:
Pontos: 1165

Comentários

imagem de RobertoEstevesdaFonseca

Re: Aventura de Menino

Que lindo poema.

Gostei grandemente.

Um abraço,
REF

imagem de Gisa

Re: Aventura de Menino

Imagino o desespero de seus pais e seu alívio ao encontrar os braços da família...Seu levado! Abraços

imagem de MarneDulinski

Re: Aventura de Menino

LINDO SEU TEXTO!
UM RELATO SUI GENERIS, MEUS PARABÉNS,
Marne

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of imelo

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Geral ALMA DESNUDA 0 17 03/31/2020 - 23:56 Português
Poesia/Geral SUBJETIVISMO 0 13 03/31/2020 - 00:57 Português
Poesia/Soneto CIÚME 0 19 03/30/2020 - 03:28 Português
Poesia/Geral O PENSAMENTO 0 23 03/27/2020 - 00:10 Português
Poesia/Geral VETORIAIS 0 43 03/25/2020 - 05:00 Português
Poesia/Soneto VIÇO 0 33 03/24/2020 - 05:13 Português
Poesia/Soneto DIA FESTIVO 0 34 03/24/2020 - 02:51 Português
Poesia/Soneto BILATERAL 0 22 03/23/2020 - 04:17 Português
Poesia/Soneto SINTOMAS 0 47 03/21/2020 - 22:26 Português
Poesia/Soneto VESTÍGIOS 0 25 03/21/2020 - 21:51 Português
Poesia/Soneto PRINCÍPIOS 0 40 03/21/2020 - 02:29 Português
Poesia/Soneto INSTANTES ÚLTIMOS 0 21 03/20/2020 - 02:58 Português
Poesia/Geral DÚVIDAS 0 33 03/17/2020 - 03:26 Português
Poesia/Geral VÍRUS 0 63 03/14/2020 - 02:17 Português
Poesia/Soneto VEREDAS ÍNTIMAS 0 36 03/12/2020 - 02:46 Português
Poesia/Soneto MUNDO CÃO 0 99 03/11/2020 - 05:18 Português
Poesia/Amor SONATA DE AMOR 0 32 03/09/2020 - 01:56 Português
Poesia/Soneto O MUNDO 0 31 03/09/2020 - 00:02 Português
Poesia/Geral AUTOCÍDIO 0 85 03/08/2020 - 18:43 Português
Poesia/Soneto SAUDOSISMO 0 33 03/07/2020 - 04:02 Português
Poesia/Soneto MAR DE TERRA 0 49 03/06/2020 - 03:42 Português
Poesia/Soneto JUÍZO 0 77 03/01/2020 - 03:47 Português
Poesia/Geral INEXORÁVEIS 0 82 02/29/2020 - 01:40 Português
Poesia/Soneto AXIOMA 0 65 02/27/2020 - 02:33 Português
Poesia/Intervenção AJUDA 0 94 02/25/2020 - 01:11 Português