CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Aventura infernal

Aventura infernal

 

 

 

Lutei com morte a noite toda, uma briga

desleal e ferrenha.
Lutei pra pegar seu cajado de prata que
era a sua senha.

Empunhava com cede no olhar cruel de uma
certeira morte.
mas num golpe preciso e de sorte tirei seu
cajado e rasguei sua roupa preta e a retorci
firme e forte.

Pisei no inferno maldito ardendo em brasa
e vermelho em chamas.
Prendi outras criaturas e monstro diabólicos
e gigantes da lama.

Até Lúcifer correu para o colo do diabo maior.
Marquei meus passos com luz santa e os
destruí sem dó.

Mudei a regra negra e pus pra correr os titulados
e desviado anjos perdidos e decaídos.
Resgatei a alma sofrida e endiabrada que havia
sido roubada quando eu distraído.

Trouxe-a sã e curada, dessa vez não foi o diabo
que deu risada.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

http://poetadefranca.blogspot.com/
O NOVO POETA. (W.Marques).

Submited by

terça-feira, dezembro 20, 2011 - 12:58

Poesia :

Your rating: None (1 vote)

onovopoeta

imagem de onovopoeta
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 1 ano 39 semanas
Membro desde: 04/19/2009
Conteúdos:
Pontos: 1469

Comentários

imagem de marialds

Comentário

Um poema muito bom esta intensa luta contra a morte.
Parabens.

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of onovopoeta

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Pensamentos Santo do pau oco 0 1.049 11/03/2018 - 21:51 Português
Poesia/Geral Gemas acabrunhadas 0 822 10/19/2018 - 14:06 Português
Poesia/Geral Receio do remate 1 1.756 10/15/2018 - 16:47 Português
Poesia/Meditação Talvez um anjo 1 1.175 10/15/2018 - 16:46 Português
Poesia/Meditação Oscilação 1 1.769 10/15/2018 - 16:45 Português
Poesia/Geral Dito-cujo 2 1.188 10/15/2018 - 16:43 Português
Poesia/Geral Abstrato 2 1.550 03/15/2018 - 09:42 Português
Poesia/Amor Sobejar de paixão 2 761 03/15/2018 - 09:41 Português
Poesia/Geral Beiços de homens 1 830 02/27/2018 - 11:37 Português
Poesia/Meditação Morte e vida 1 1.669 02/27/2018 - 11:36 Português
Poesia/Amor Pétalas do amor 1 1.046 01/22/2018 - 14:58 Português
Poesia/Meditação 10 graças 1 1.200 05/29/2016 - 13:03 Português
Poesia/Geral Sinfônica saúde 0 935 04/22/2016 - 15:02 Português
Poesia/Geral Santas descabidas 0 1.002 02/21/2016 - 20:22 Português
Poesia/Amor Vinho triste 0 1.323 02/21/2016 - 20:20 Português
Poesia/Amor Lucidez abstrusa 0 1.834 12/24/2015 - 12:19 Português
Poesia/Geral Oportunista 0 1.039 11/07/2015 - 22:42 Português
Poesia/Geral Fluidos mínimos 0 1.189 09/23/2015 - 11:55 Português
Poesia/Geral Mortos odoríferos 0 1.380 07/21/2015 - 11:30 Português
Poesia/Amor Princesa do gueto (A morte da princesa). 0 1.585 06/13/2015 - 19:21 Português
Poesia/Meditação Dias encafifados 0 1.422 04/29/2015 - 12:07 Português
Poesia/Amor Amor de seis rimas 0 1.541 03/27/2015 - 12:29 Português
Poesia/Geral Mortos do vaso 0 1.318 02/15/2015 - 13:26 Português
Poesia/Amor Memórias de girasol 0 1.171 01/15/2015 - 11:12 Português
Poesia/Fantasia Luzes dos lampiros 0 1.225 12/23/2014 - 14:55 Português