CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Caminho da Memória

" memória vem do Latim* . . .

Em que bueiro cairá,
essa grossa torrente
de água de enchente,
que arrasta coisa, bicho e gente?

Arrasta até o que se sente . . .

Onde parou aquele desejo premente
que se sentiu pelo corpo na lingerie transparente?
Que fim terá levado aquele amor, agora ausente
(e pensar que já foi tão ardente . . .)

Nem gerânios sobraram. Tampouco outra semente.

. . . e para onde irá?"

Inspirado na poética de Cesar Cardoso.

Submited by

quarta-feira, julho 22, 2009 - 02:39

Poesia :

No votes yet

fabiovillela

imagem de fabiovillela
Offline
Título: Moderador Poesia
Última vez online: há 4 anos 8 semanas
Membro desde: 05/07/2009
Conteúdos:
Pontos: 6158

Comentários

imagem de MarneDulinski

Re: Caminho da Memória

fabiovillela!

Gostei,meus parabéns!

Arrasta até o que se sente . . .

Onde parou aquele desejo premente
que se sentiu pelo corpo na lingerie transparente?
Que fim terá levado aquele amor, agora ausente
(e pensar que já foi tão ardente . . .)

Nem gerânios sobraram. Tampouco outra semente.

. . . e para onde irá?"

imagem de IsabelPinto

Re: Caminho da Memória

Boa inspiração
Boa poesia
Bjs
IC

imagem de Mpiosso-ye-kongo

Re: Caminho da Memória

lindo poema.

Adorei

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of fabiovillela

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Tristeza A Canção de Alepo 0 2.513 10/01/2016 - 21:17 Português
Poesia/Meditação Nada 0 2.094 07/07/2016 - 15:34 Português
Poesia/Amor As Manhãs 0 1.726 07/02/2016 - 13:49 Português
Poesia/Geral A Ave de Arribação 0 1.785 06/20/2016 - 17:10 Português
Poesia/Amor BETH e a REVOLUÇÃO DE VERDADE 0 1.888 06/06/2016 - 18:30 Português
Prosas/Outros A Dialética 0 2.611 04/19/2016 - 20:44 Português
Poesia/Desilusão OS FINS 0 2.154 04/17/2016 - 11:28 Português
Poesia/Dedicado O Camareiro 0 3.095 03/16/2016 - 21:28 Português
Poesia/Amor O Fim 1 1.845 03/04/2016 - 21:54 Português
Poesia/Amor Rio, de 451 Janeiros 1 1.826 03/04/2016 - 21:19 Português
Prosas/Outros Rostos e Livros 0 1.949 02/18/2016 - 19:14 Português
Poesia/Amor A Nova Enseada 0 2.298 02/17/2016 - 14:52 Português
Poesia/Amor O Voo de Papillon 0 1.447 02/02/2016 - 17:43 Português
Poesia/Meditação O Avião 0 1.509 01/24/2016 - 15:25 Português
Poesia/Amor Amores e Realejos 0 2.546 01/23/2016 - 15:38 Português
Poesia/Dedicado Os Lusos Poetas 0 1.814 01/17/2016 - 20:16 Português
Poesia/Amor O Voo 0 1.756 01/08/2016 - 17:53 Português
Prosas/Outros Schopenhauer e o Pessimismo Filosófico 0 2.638 01/07/2016 - 19:31 Português
Poesia/Amor Revellion em Copacabana 0 2.008 12/31/2015 - 14:19 Português
Poesia/Geral Porque é Natal, sejamos Quixotes 0 1.773 12/23/2015 - 17:07 Português
Poesia/Geral A Cena 0 2.058 12/21/2015 - 12:55 Português
Prosas/Outros Jihadismo: contra os Muçulmanos e contra o Ocidente. 0 1.887 12/20/2015 - 18:17 Português
Poesia/Amor Os Vazios 0 3.101 12/18/2015 - 19:59 Português
Prosas/Outros O impeachment e a Impopularidade Carta aberta ao Senhor Deputado Ivan Valente – Psol. 0 1.306 12/15/2015 - 13:59 Português
Poesia/Amor A Hora 0 2.731 12/12/2015 - 15:54 Português