CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Diamante objeto

Diamante objeto

Por favor, não discuta ela é minha
linda prostituta.

Não é da mesma origem da sua,
mas é rara a fruta.

É gostosa e enxuta "sex appeal"
feroz, fatal e viril.

Delicia paga e prazerosa, fruto do
bem, delicia fogosa.

Fogo jovial sexo devastador, sexo
animal.

Jogo com nexo animador, sexo
normal.

Noite adentro, dentro de seu corpo
na posse do ir e vir.

Surpreendo-me, tendo-te arrepiada
e gemendo no prazer de ser amada.

Se prostrava quieta, enquanto eu
percorria seu mapa completo.

Só sei que és mulher, meu desejo
certo.

Mulher toda exata, meu diamante
objeto.

Objeto direto concreto, flor vulgar e
esplendorosa.

Fogo devastador goso de ternura e
amor.

Flor bela e apaixonante, prostituta
meu hoje inebriante.

Está em alta e eu sigo te amando
minha louca amante.

Esquecendo-me da dor!!!

Afogando-me no prazer delirante.....

O NOVO POETA. (W.Marques).

O NOVO POETA. (W.Marques).

Submited by

domingo, março 7, 2010 - 12:44

Poesia :

No votes yet

onovopoeta

imagem de onovopoeta
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 41 semanas 1 dia
Membro desde: 04/19/2009
Conteúdos:
Pontos: 1469

Comentários

imagem de Henrique

Re: Diamante objeto

Na posse do ir e vir, tem aqui um poema caliente.

:-)

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of onovopoeta

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Pensamentos Santo do pau oco 0 672 11/03/2018 - 21:51 Português
Poesia/Geral Gemas acabrunhadas 0 318 10/19/2018 - 14:06 Português
Poesia/Geral Receio do remate 1 1.257 10/15/2018 - 16:47 Português
Poesia/Meditação Talvez um anjo 1 754 10/15/2018 - 16:46 Português
Poesia/Meditação Oscilação 1 1.362 10/15/2018 - 16:45 Português
Poesia/Geral Dito-cujo 2 497 10/15/2018 - 16:43 Português
Poesia/Geral Abstrato 2 1.151 03/15/2018 - 09:42 Português
Poesia/Amor Sobejar de paixão 2 402 03/15/2018 - 09:41 Português
Poesia/Geral Beiços de homens 1 494 02/27/2018 - 11:37 Português
Poesia/Meditação Morte e vida 1 766 02/27/2018 - 11:36 Português
Poesia/Amor Pétalas do amor 1 509 01/22/2018 - 14:58 Português
Poesia/Meditação 10 graças 1 706 05/29/2016 - 13:03 Português
Poesia/Geral Sinfônica saúde 0 667 04/22/2016 - 15:02 Português
Poesia/Geral Santas descabidas 0 738 02/21/2016 - 20:22 Português
Poesia/Amor Vinho triste 0 912 02/21/2016 - 20:20 Português
Poesia/Amor Lucidez abstrusa 0 1.443 12/24/2015 - 12:19 Português
Poesia/Geral Oportunista 0 683 11/07/2015 - 22:42 Português
Poesia/Geral Fluidos mínimos 0 675 09/23/2015 - 11:55 Português
Poesia/Geral Mortos odoríferos 0 1.154 07/21/2015 - 11:30 Português
Poesia/Amor Princesa do gueto (A morte da princesa). 0 1.069 06/13/2015 - 19:21 Português
Poesia/Meditação Dias encafifados 0 912 04/29/2015 - 12:07 Português
Poesia/Amor Amor de seis rimas 0 1.145 03/27/2015 - 12:29 Português
Poesia/Geral Mortos do vaso 0 980 02/15/2015 - 13:26 Português
Poesia/Amor Memórias de girasol 0 817 01/15/2015 - 11:12 Português
Poesia/Fantasia Luzes dos lampiros 0 958 12/23/2014 - 14:55 Português