CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

EMBALOS

Dentre os folguedos caipiras,
O povo animado se entretém,
Mesmo sem haver nenhum vintém
O que vale é a alegria que se respira.

Ritmos alucinógenos contrários à ioga
Trazem rituais espontâneos e livres,
É o ensejo da dança e seus alvitres
Como quem adora comer, deglute tapioca.

O gingado é a expressão que faz sorrir,
Cantar é apontar o dedo para o porvir,
Porque no remelexo se tem assaz energia...

E num utopismo que desbanca devaneios,
Tudo se compactua com o que vem e veio
E lembrar que do mundo nada se consumia!

DE  Ivan de Oliveira Melo

Submited by

segunda-feira, outubro 12, 2020 - 00:36

Poesia :

No votes yet

imelo

imagem de imelo
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 1 ano 15 semanas
Membro desde: 09/09/2009
Conteúdos:
Pontos: 1659

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of imelo

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Amor Amor Delinquente 2 1.035 09/16/2009 - 02:04 Português
Poesia/Amor Desejos os desejos 1 779 09/14/2009 - 19:43 Português
Poesia/Geral Ansiedade 1 740 09/14/2009 - 19:28 Português
Poesia/Amor Pontos Estratégicos ( Alicerces do Amor ) 1 1.175 09/14/2009 - 19:19 Português
Poesia/Aforismo Sentença Inevitável 1 775 09/12/2009 - 20:40 Português
Poesia/Geral Alegorias Letais 1 1.035 09/09/2009 - 21:55 Português