CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

"Eu"

 

É aqui que eu me enforco.
Entre as linhas do que escrevo.
Desisto da vida exclamando
O mais alto que uma palavra
Escrita pode gritar.
É aqui que eu mesmo me reanimo
E me trago de volta à vida.
Com disfribriladores transformados em frases
Que me fazem sentido para voltar.
É aqui que o tempo espera por mim
Para que eu viva o suficiente
Para me querer enforcar novamente.
E volto.
E acabo sempre por voltar.
E acabo sempre por me trazer de volta.
Mas é durante o tempo em que não estou cá
Que tudo acontece.
Intimidade intransmissivel.
Humores
Extremos
A interpretação do real.
Tudo é sintetisado.
E escrito em forma do mistério que sou.
O mistério que sou para quem me lê
E para mim mesmo.
Ser é dos verbos mais elásticos.
Tanto tem de muito fácil, como de muito dificil.
 

Submited by

sexta-feira, março 11, 2011 - 00:11

Poesia :

No votes yet

Outro

imagem de Outro
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 2 anos 37 semanas
Membro desde: 03/02/2010
Conteúdos:
Pontos: 884

Comentários

imagem de MarneDulinski

"Eu"

Lindo texto, gostei muito!

Meus parabéns,

MarneDulinski

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Outro

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Fotos/ - Escarafunchamento Encefalico 0 1.919 11/24/2010 - 00:52 Português
Ministério da Poesia/Haikai Mataram O Poema 0 2.540 11/19/2010 - 19:25 Português
Ministério da Poesia/Fantasia A Lei do Menor Esforço 0 999 11/19/2010 - 19:25 Português
Ministério da Poesia/Intervenção Privacidade 0 1.351 11/19/2010 - 19:25 Português
Ministério da Poesia/Aforismo Longitude de Laranjas 0 1.138 11/19/2010 - 19:25 Português
Ministério da Poesia/Aforismo A Sandrine Sabe o Teu Nome 0 1.376 11/19/2010 - 19:25 Português
Ministério da Poesia/Gótico Temporal 0 1.531 11/19/2010 - 19:25 Português
Ministério da Poesia/Geral Quem Persegue o que Escrevo? 0 947 11/19/2010 - 19:25 Português
Ministério da Poesia/Aforismo Bem Vindos 0 1.189 11/19/2010 - 19:25 Português
Ministério da Poesia/Haikai Mataram O Poema 0 2.458 11/19/2010 - 19:25 Português
Prosas/Saudade Como é Veiga? 0 1.377 11/19/2010 - 00:05 Português
Prosas/Outros Palavras Dificeis 0 1.434 11/19/2010 - 00:03 Português
Prosas/Contos Meia Sola de Liberdade 0 1.126 11/19/2010 - 00:03 Português
Prosas/Saudade A Bengala que Doía ao Homem Coxo 0 856 11/19/2010 - 00:03 Português
Poesia/Geral Quase Agosto de 20010 0 553 11/18/2010 - 16:28 Português
Poesia/Aforismo instinto 0 452 11/18/2010 - 16:20 Português
Poesia/Amor Viagem ao Desconhecido 0 489 11/18/2010 - 16:09 Português
Poesia/Geral A Importancia de Cada Qual 0 649 11/18/2010 - 16:08 Português
Poesia/Geral Outro Tipo de Texto 1 370 08/02/2010 - 01:54 Português
Poesia/Geral Vistam-me as Palavras 1 372 07/30/2010 - 01:51 Português
Poesia/Geral XR2044 5 585 07/29/2010 - 11:18 Português
Poesia/Geral Amor a Mais que Dois 4 395 07/29/2010 - 10:10 Português
Poesia/Dedicado O vosso Tamanho 4 431 07/19/2010 - 21:35 Português
Poesia/Geral A Escolha 2 530 07/19/2010 - 01:51 Português
Poesia/Geral O Blá Blá Blá 2 412 07/18/2010 - 21:56 Português