CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

A Escolha

Mãos e lábios roxos
O silêncio envolve o fim.
Quantas vezes terá dito não?
Quantas vezes terá sorrido gratuitamente
Entregue ao momento que lhe subiu o espirito?
Há certamente quem se lembre de atitudes suas,
boas, más, reacções de acções em que se viu envolvido.
Regista agora uma sobriedade de explicar.
Aquela sobriedade que só as coisas sem vida enalam.
Estático,
Desenhado no seu destino
Como aquela pintura do Esher
Em que uma mão pinta outra que por sua vez também a pinta.
Fechando o ciclo da
tipica pescadinha de rabo da boca
do Catch 22.
Não é uma imagem suja.
E como imagem nem triste sequer é.
È inodor
E imperativamente perguntamo-nos
também se terá sido indolor.
Não se vêem lamelas vazias.
Nem caixas desta ou daquela medicação.
Fê-lo pensado.
Com a vontade a que o verbo obriga.
Mas acima de tudo sempre sentido.

Submited by

domingo, julho 18, 2010 - 22:56

Poesia :

No votes yet

Outro

imagem de Outro
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 1 ano 29 semanas
Membro desde: 03/02/2010
Conteúdos:
Pontos: 890

Comentários

imagem de Henrique

Re: A Escolha

Mas acima de tudo sempre sentido.

Mesmo que errada, cada escolha é a certa antes de ser escolhida!!!

Poema forte!!!

:-)

imagem de Librisscriptaest

Re: A Escolha

Porque a vida é sobretudo uma questão de escolha...
A morte tb acaba por o ser, real, virtual, ou apenas mortal... Tantas vezes escolhemos um dos caminhos pq o outro parece ser pior...
Sera mais facil viver ou morrer?
A coragem é uma ilusão optica.
Beijinho grande em ti
Inês

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Outro

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Geral Ao volante do Chevrolet pela estrada de Sintra- Álvaro de Campos -Poema Pintado- Paint sobre Paint 0 642 01/17/2018 - 22:11 Português
Poesia/Geral O Astro Rei 0 833 01/14/2018 - 17:14 Português
Poesia/Geral Imagina lá tu... 0 1.520 01/14/2018 - 16:54 Português
Poesia/Geral Alfanumérico 0 1.005 01/13/2018 - 13:56 Português
Poesia/Geral Raízes 0 570 01/11/2018 - 18:45 Português
Poesia/Geral Inteligência Artificial 0 793 01/07/2018 - 19:32 Português
Poesia/Geral Canção ás Minhas 3 Meninas 0 591 01/02/2018 - 11:13 Português
Poesia/Geral contemplamento 0 537 01/01/2018 - 17:27 Português
Poesia/Amor Livros 0 867 12/15/2017 - 16:06 Português
Poesia/Geral As Grandes Guerras 2 1.374 07/27/2011 - 14:36 Português
Poesia/Geral Patetice 4 1.394 07/27/2011 - 14:17 Português
Poesia/Geral Palavras Caídas 0 1.416 07/27/2011 - 13:45 Português
Poesia/Geral Palavreados 0 1.229 07/05/2011 - 13:23 Português
Poesia/Geral Hermético 0 2.707 06/19/2011 - 22:54 Português
Poesia/Geral Sinapse em Tilt 0 2.476 06/05/2011 - 11:57 Português
Poesia/Geral Convite Para Lançamento de Livro 0 2.571 05/18/2011 - 18:38 Português
Poesia/Geral Não Tenho Titulo Para Isto 13 1.936 04/27/2011 - 15:23 Português
Poesia/Geral Os Encalhados 4 2.264 04/27/2011 - 09:17 Português
Poesia/Geral Silêncios 4 1.513 04/17/2011 - 23:44 Português
Poesia/Geral Escrito Por Todos Nós 0 1.810 03/17/2011 - 16:45 Português
Poesia/Geral In Perfeição 3 1.073 03/15/2011 - 22:50 Português
Poesia/Geral Valium 1 2.191 03/13/2011 - 00:44 Português
Poesia/Geral "Tu" 0 1.726 03/12/2011 - 16:37 Português
Poesia/Geral "Porque a Galinha Atravessa a Estrada?" 0 1.539 03/12/2011 - 15:53 Português
Poesia/Geral "Eu" 1 1.339 03/11/2011 - 00:51 Português