CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Fragmentos de uma mensagem de amor II

Ao caminhar e sentir-se sozinho no caminho
Acreditava em todas as palavras que um dia ouvira
Promessas de um amor eterno
Apesar de saber que nada pode ser eterno nesta vida
Tudo se vai como a brisa da manhã
Como o vento que leva as folhas secas das árvores.
Sempre quis acreditar que pudesse ser feliz
Que pudesse viver o amor dos contos de fadas
Mas, no fundo da alma, sabia que isso só acontece nas histórias
Nas cantigas de ninar lidas antes de pegar no sono.
A vida real é mais perturbadora do que qualquer possa imaginar
E os monstros sempre estão escondidos no escuro
No sombrio do silêncio mais tenebroso.
Amar não é uma tarefa fácil neste mundo egoísta
Onde o coração não tem o domínio sobre suas emoções
E nem os olhos conseguem desviar dos perigos.
Há de se viver o hoje como se fosse o último dia
De um amor que só existiu nos sonhos mais íntimos
De quem viu o olhar promissor
Em uma tarde distante de um verão qualquer.

Poema: Odair José, Poeta Cacerense

www.odairpoetacacerense.blogspot.com

Submited by

terça-feira, junho 15, 2021 - 19:31

Poesia :

Your rating: None (1 vote)

Odairjsilva

imagem de Odairjsilva
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 17 horas 11 minutos
Membro desde: 04/07/2009
Conteúdos:
Pontos: 8608

Comentários

imagem de Odairjsilva

Caminhos.

Então, meu nobre amigo, eu sigo caminhando de leve e sempre. Tento evitar os comentários subversivos de todas as áreas, acho melhor. Que bom que está por aqui também. Sinto-me inspirado todas as vezes que te leio. Abraços poéticos!!!

imagem de Joel

Bom seria ser beterraba

Bom seria eu ser outro se soubesse quem sou,
Por baixo do ranger dos dentes sou-o todavia
Sempre uma outra camada, outra e outra ainda
Tal como cebola, tenho sabor se mal cozinhado

Faço chorar e curo mas sou também o cancro o sal
O que se põe nas feridas para fazer fumo, arder
Quem dera ser beterraba roxa, não cebola branca
Fragmentada cortada aos cubos, colado à gordura

De cebolada, da bem ácida

(um gástrico abraço deste Tuga)

imagem de Odairjsilva

Sensacional

É o que posso dizer afinal. Abraços poéticos!!

imagem de Joel

bom te ver aqui

longe do diz e faz que diz e da maledicência de outros caminhos menos sagrados que este aqui , bom te ver aqui pois que por lá não volto mais (a bem da decência minha) um abraço e continuação de boa poesia

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Odairjsilva

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Intervenção O que tu tens contra os nordestinos? 3 46 10/05/2022 - 21:13 Português
Poesia/Intervenção Desequilíbrio 3 30 10/05/2022 - 21:07 Português
Poesia/Amor O que está preso no coração 3 50 10/04/2022 - 23:02 Português
Poesia/Meditação Virtudes do sangue de Cristo 3 73 10/03/2022 - 12:56 Português
Poesia/Intervenção Praga daninha 3 105 10/02/2022 - 14:02 Português
Poesia/Meditação Nada termina para sempre 3 118 10/01/2022 - 14:38 Português
Poesia/Intervenção Hipocrisia 3 304 09/26/2022 - 12:45 Português
Poesia/Desilusão Desejos mal resolvidos 3 147 09/24/2022 - 13:52 Português
Poesia/Desilusão Tudo o que não sei 3 54 09/22/2022 - 20:21 Português
Poesia/Amor No olhar de quem ama 3 43 09/20/2022 - 20:00 Português
Poesia/Desilusão A canção do esquecimento 3 91 09/19/2022 - 13:59 Português
Poesia/Fantasia Perigo 3 77 09/16/2022 - 12:51 Português
Poesia/Pensamentos Memórias impertinentes em uma caverna 3 133 09/14/2022 - 14:08 Português
Poesia/Desilusão Na tarde quente de verão 3 61 09/13/2022 - 19:12 Português
Poesia/Amor Seus olhos na manhã do tempo 3 183 09/12/2022 - 13:28 Português
Poesia/Meditação O menino que não sonhava em ser poeta 3 229 09/10/2022 - 02:35 Português
Poesia/Meditação Aqui não é aqui 3 93 09/09/2022 - 15:54 Português
Poesia/Meditação A estrada a seguir 3 110 09/08/2022 - 20:35 Português
Poesia/Meditação Em uma estúpida curva fechada 3 113 09/07/2022 - 13:44 Português
Poesia/Intervenção Velhos conhecidos já estão mortos 3 191 09/05/2022 - 13:16 Português
Poesia/Amor Eu e esse meu coração 3 127 08/31/2022 - 19:51 Português
Poesia/Meditação Amnésia 3 117 08/30/2022 - 19:39 Português
Poesia/Amor O mar é grande 3 84 08/29/2022 - 20:12 Português
Poesia/Amor O voo das borboletas 3 163 08/19/2022 - 19:53 Português
Poesia/Meditação O Deus que espera 3 115 08/17/2022 - 21:12 Português