CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Gata gótica três

Gata gótica três

 

 

 

 

Liso, leve e longos cabelos negros que cobre sua
suntuosa e sedutora costa.
Como anda com o corpo esquerdo aéreo, com
jeito e com várias rotas.

Preciso dos seus zelos, do ar sinistro e nobre que
permeia seu olhar de morta.
Hoje depois da meia noite quero que me possua
esconda-me da lua torta.

Venha com sua calça preta de couro mais prata
do que ouro.
Beije-me com sua boca fria e seus lábios cianóticos, 
torture-me todo.

Com suas unhas longas e vermelhas em tom forte
com cheiro de sangue de morte.
Hum!!! Que gostoso é só de pensar nas lindas siluetas
que me faz viril feliz e mais forte.

Esse seu olhar arroxeado sem dó ou piedade quer
levar-me pra outra velha veracidade.
Venha me dar prazer da carne morta com a viva,
una o bem com a macabrosidade.

Volte com aroma já extenuado do passado, vem
seduza esse homem atordoado e louco.
Coma-me com um jeito assombroso e sutil
mate-me de prazer e de frio aos poucos.

Estou na entrada da casa dos seus amigos cheios
de mistérios, estou na porta do cemitério.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

http://poetadefranca.blogspot.com/
O NOVO POETA. (W.Marques).

Submited by

quarta-feira, novembro 23, 2011 - 11:59

Poesia :

Your rating: None (1 vote)

onovopoeta

imagem de onovopoeta
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 1 ano 28 semanas
Membro desde: 04/19/2009
Conteúdos:
Pontos: 1469

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of onovopoeta

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Pensamentos Santo do pau oco 0 950 11/03/2018 - 21:51 Português
Poesia/Geral Gemas acabrunhadas 0 751 10/19/2018 - 14:06 Português
Poesia/Geral Receio do remate 1 1.698 10/15/2018 - 16:47 Português
Poesia/Meditação Talvez um anjo 1 1.068 10/15/2018 - 16:46 Português
Poesia/Meditação Oscilação 1 1.681 10/15/2018 - 16:45 Português
Poesia/Geral Dito-cujo 2 1.076 10/15/2018 - 16:43 Português
Poesia/Geral Abstrato 2 1.430 03/15/2018 - 09:42 Português
Poesia/Amor Sobejar de paixão 2 689 03/15/2018 - 09:41 Português
Poesia/Geral Beiços de homens 1 726 02/27/2018 - 11:37 Português
Poesia/Meditação Morte e vida 1 1.579 02/27/2018 - 11:36 Português
Poesia/Amor Pétalas do amor 1 967 01/22/2018 - 14:58 Português
Poesia/Meditação 10 graças 1 1.042 05/29/2016 - 13:03 Português
Poesia/Geral Sinfônica saúde 0 863 04/22/2016 - 15:02 Português
Poesia/Geral Santas descabidas 0 904 02/21/2016 - 20:22 Português
Poesia/Amor Vinho triste 0 1.219 02/21/2016 - 20:20 Português
Poesia/Amor Lucidez abstrusa 0 1.675 12/24/2015 - 12:19 Português
Poesia/Geral Oportunista 0 946 11/07/2015 - 22:42 Português
Poesia/Geral Fluidos mínimos 0 1.058 09/23/2015 - 11:55 Português
Poesia/Geral Mortos odoríferos 0 1.303 07/21/2015 - 11:30 Português
Poesia/Amor Princesa do gueto (A morte da princesa). 0 1.421 06/13/2015 - 19:21 Português
Poesia/Meditação Dias encafifados 0 1.281 04/29/2015 - 12:07 Português
Poesia/Amor Amor de seis rimas 0 1.401 03/27/2015 - 12:29 Português
Poesia/Geral Mortos do vaso 0 1.245 02/15/2015 - 13:26 Português
Poesia/Amor Memórias de girasol 0 1.084 01/15/2015 - 11:12 Português
Poesia/Fantasia Luzes dos lampiros 0 1.165 12/23/2014 - 14:55 Português