CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Homem Alegre

Certa vez um homem alegre
Decidiu sair de seu lar.
Sem rumo o homem alegre
Pelo infinito passou a caminhar
E acabou indo parar no céu.
O homem alegre estavade pé.
De pé ao lado de mil estrelas
E olhova bobo ao seu redor
Se perguntando como poderia ser,
"-Como é possível tantas estrelas
Brilhando somente para mim?"
E o homem alegre caminhava.
E no seu caminhar, sorria para as estrelas.
Achava-se feliz por ter para si
O brilho de mil estrelas.
E o homem alegre
Que sem rumo caminhava
Levava consigo todo o brilho
Que lhe alcançava.
O homem alegre sem rumo e sorrindo
Pelas estrelas feliz caminhava.

Luciana de Sousa

Esse poema é o reflexo no espelho de um segundo chamado Homem Triste.

Para algumas pessoas não é necessário um rumo, basta-lhes caminhar!

Critiquem...

Submited by

sexta-feira, abril 24, 2009 - 20:19

Poesia :

No votes yet

Atena

imagem de Atena
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 8 anos 23 semanas
Membro desde: 04/20/2009
Conteúdos:
Pontos: 159

Comentários

imagem de Henrique

Re: Homem Alegre

Bom poema, gostei de ler! :-)

imagem de Poetaminas

Re: Homem Alegre

A alegria ou a tristeza estão nos olhos de quem vê. Andar sem rumo, sem preocupação, olhando o brilho da lua e das estrelas, dá até vontade de pegar um violão e cantar. Dá a impressão de que a lua vai escutar. É a presença de Deus no nosso coração. beijos

imagem de Danielagomes

Re: Homem Alegre

Talvez não haja nada que nos possa deixar mais felizes do que andar sem rumo contemplando o brilho das estrelas,talvez nada mais belo ou complexo na própia simplicidade,belo poema.gostei,
Bjos!!! :-)

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Atena

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Geral Meninice 2 400 09/09/2011 - 00:16 Português
Poesia/Meditação Carta 0 241 09/07/2011 - 00:20 Português
Poesia/Meditação Sempre é Tempo 0 426 09/07/2011 - 00:13 Português
Poesia/Geral As Coisas Perfeitas 0 314 09/07/2011 - 00:08 Português
Poesia/Geral A Criação dos Homens 0 370 09/07/2011 - 00:01 Português
Poesia/Intervenção O Meu "Pai Nosso" 6 326 09/06/2011 - 23:00 Português
Fotos/ - 1142 0 584 11/23/2010 - 23:37 Português
Fotos/Natureza cachoeira 1 0 467 11/20/2010 - 04:55 Português
Críticas/Outros Apoio a escritores 0 452 11/19/2010 - 01:39 Português
Fotos/Natureza Ilha do Mel 1 453 03/07/2010 - 13:48 Português
Poesia/Geral Homem Alegre 3 338 03/05/2010 - 12:27 Português
Poesia/Intervenção Crianças de Hoje 2 360 03/05/2010 - 12:07 Português
Poesia/Geral Bar de Estrada 2 396 03/05/2010 - 12:06 Português
Poesia/Geral Certas Vezes 2 368 03/05/2010 - 12:05 Português
Poesia/Geral Criança 2 332 03/05/2010 - 12:00 Português
Fotos/Natureza Teresópolis 1 434 05/21/2009 - 18:15 Português
Poesia/Dedicado Vidas Caras 2 265 05/04/2009 - 23:51 Português
Poesia/Soneto Ciúme 2 303 05/02/2009 - 01:33 Português
Fotos/Natureza Angra do Reis 1 491 04/29/2009 - 13:42 Português
Fotos/Natureza Uberlândia - MG 1 535 04/29/2009 - 13:28 Português
Prosas/Pensamentos Minhas Asas 1 474 04/29/2009 - 12:59 Português
Prosas/Pensamentos Como amar? 2 467 04/29/2009 - 00:19 Português
Poesia/Desilusão Um menino 2 267 04/28/2009 - 19:14 Português
Poesia/Geral Castelo de Pedras 4 329 04/28/2009 - 19:12 Português
Poesia/Desilusão Velho Quadro 1 265 04/28/2009 - 00:04 Português