CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

O Meu "Pai Nosso"

Ah, meu Deus
te dizem tão sábio e tão bom
e mesmo assim você permite que minha vida seja assim, como é...
Oh, se fosses mesmo Pai nosso não deixaria as crianças morrerem de fome
Se és Pai e se tem todo esse poder
então responda-me: Por quê?
Por que quando ando na rua
há pessoas jogadas na calçada suja
me pedindo uma moeda?
Uma moeda, Pai? O que é uma moeda?
Me desespero quando penso que é possível
que é verdade que em um mundo deste tamanho
enorme como ele é
ainda há gente que não tem onde morar
Mas como Pai?
Se então falta-nos terra para construir nossas casas
vamos fazê-las no mar!
Oras, e não aceito quando dizem que isto é devido ao livre arbitrio.
Que Pai tão bom és Tu que deixa teus jovens filhos livres
para ter as drogas como amigo?
Não, Pai. Não posso aceitar
E ouvi dizer, Pai, um moço na rua me disse
que todos os que se arrependeis terão o perdão
Todos, Pai? Então, de que me vale ser tão bom?
De que me vale pagar pelo pão ao invés de levá-lo sem permissão?
E aquele cara, Pai? Aquele que eu vi na televisão
que estuprou a namorada, matou a mãe e o irmão
e agora grita em sua cela pedindo perdão.
Aquele cara terá perdão, Pai?
Igual a mim e a outros tantos
que não precisam roubar para ter o dinheiro do pão?
E há diferença, Pai, em quem rouba um banco
ou a moeda pra comprar seu pão?
Oh, Pai nosso...
Por que permites que pessoas como eu pensem nessas coisas?
Não percebes, Pai? Se penso nisso deixo de acreditar em seu poder.
Deixo de lado a fé e a crença de que és tão bom assim...
Porque não aceito, Pai!
E um bebê, lá tem livre arbitrio?
E a vítima de bala perdida escolheu estar ali?
Ou somos culpados, um pelo livre arbitrio de todos os outros?
Oh, Pai, fale comigo!
Diga-me que em muito me engano! Diga-me!
Faça-me acreditar que ninguém morre de tanto apanhar,
nem de bala perdida, nem de fome,
nem de pressa pra atravessar a rua
e nem de demora pra passar!
Vai, Pai, vou facilitar, basta uma única palavra
e novamente passarei a acreditar
Não queres mais um crente em ti, Pai?
Não queres mais um filho teu a orar?
Que seja feita Vossa vontade, Pai!
E que vontade é essa?
Do que é que falamos com tanto louvor?
Pai, todos esses filhos que chamam por Seu nome
acreditam no Senhor?
Ah, meu Pai, se tudo é Vossa vontade
e se ela permanece tanto na terra quanto no céu,
por que nem todos recebeis o pão nosso de cada dia, Pai?
Eles também tem fome e mesmo assim o Senhor escolhe
quais de vossos filhos receberão o pão nosso de cada dia...
de nenhum dia...
O Senhor perdoa todos, Pai?
Me perdoará por todas essas palavras ofensivas
e que a escola não me ensinou a escrever?
Todos terão perdão, Pai?
Ou apenas os mesmos que recebem o pão Vosso de cada dia?
Pai, todo poderoso, Pai, é tu que nos livrará de todo o mal?
E quando começarás? Não percebe que o mal já está aqui?
Mata nossos bebês, estupra nossas mulheres, ou... isso não é mal, Pai?
Ou, não é tão mal assim...
Oh, Pai, lamento não ter-lhe aqui comigo todos os dias,
para me dar alento e proteger-me de todos esses males
que penso que existem, mas acho que já nasci órfã...
de Pai...

Submited by

quarta-feira, abril 29, 2009 - 02:49

Poesia :

No votes yet

Atena

imagem de Atena
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 8 anos 24 semanas
Membro desde: 04/20/2009
Conteúdos:
Pontos: 159

Comentários

imagem de Poetaminas

Re: O Meu "Pai Nosso"

Seu texto mostra um desespero por ver tanta pobreza e tanta maldade, sem conseguir compreender por que Deus permite que tudo isto aconteça.
Nossa mente humana não tem capacidade para entender, mas no Antigo Testamento, após destruir Sodoma e Gomorra por causa da maldade e da permissividade que estava se alastrando, Deus prometeu que não interferiria mais no que os homens fizessem. Daí em diante temos a escolha entre bem ou do mal.
"Se fizerdes a vossa parte, Eu farei a minha"
Mas a humanidade prefere culpar a Deus e se exime de ser melhor. Temos tudo para vivermos como irmãos, mas preferimos passar por cima, uns dos outros, matar, estuprar, condenar, destruir com bombas e guerras. Nós mesmos somos culpados pela miséria, pois nossos governos que se dizem generosos, antes de se elegerem, cuidam de enriquecer a si mesmos, em detrimento dos pobres, oferecendo-lhes cestas e moradias miseráveis, facilitando-lhes a malandragem. "O trabalho dignifica, a esmola humilha".
O Homem sempre faz tudo para destruir a si mesmo. Não podemos culpar a Deus, que nos dá liberdade de escolher entre o bem e o mal.

imagem de Atena

Acredito em Deus como um

Acredito em Deus como um "cara" bom, sim... mas um 'cara' que não pode resolver tudo sozinho tbm... mas nós, em nossa ignorância, re-interpretamos todas as suas lições e às usamos como melhor nos convir. Esse "nós" é principalmente a religião, qualquer uma delas e todas elas... Todas as palavras de "Deus" nos permitem várias interpretações... Esse texto não é uma crítica exatamente à Deus, mas uma reflexão sobre fé.

Obrigada pelo comentário.

:D

imagem de onovopoeta

Re: O Meu "Pai Nosso"

um ótimo texto, que seja feita a vontade de todos e que essa vontade seja a mesma de Deus, ou não.

imagem de Henrique

Re: O Meu "Pai Nosso"

Que seja feita Vossa vontade, Pai!

É o que nos resta, e a daniela disse tudo...

:-)

imagem de Danielagomes

Re: O Meu "Pai Nosso"

Eu não acredito que Deus algum possa resolver nossos problemas,acredito no que podemos fazer uns pelos outros,é claro que não se pode salvar a todos!
mas acredite em si mesma,acredite que o amor pode vencer tudo!
bjo! :-)

imagem de Atena

Eu acredito! E acredito

Eu acredito! E acredito fielmente nisso. Mesmo porque, é essa crença que nos faz ainda levantar todos os dias e todos os dias batalhar na vida e pela vida.

Obrigada pelo comentário!!
 

=D

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Atena

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Geral Meninice 2 402 09/09/2011 - 00:16 Português
Poesia/Meditação Carta 0 243 09/07/2011 - 00:20 Português
Poesia/Meditação Sempre é Tempo 0 426 09/07/2011 - 00:13 Português
Poesia/Geral As Coisas Perfeitas 0 315 09/07/2011 - 00:08 Português
Poesia/Geral A Criação dos Homens 0 370 09/07/2011 - 00:01 Português
Poesia/Intervenção O Meu "Pai Nosso" 6 326 09/06/2011 - 23:00 Português
Fotos/ - 1142 0 584 11/23/2010 - 23:37 Português
Fotos/Natureza cachoeira 1 0 468 11/20/2010 - 04:55 Português
Críticas/Outros Apoio a escritores 0 453 11/19/2010 - 01:39 Português
Fotos/Natureza Ilha do Mel 1 454 03/07/2010 - 13:48 Português
Poesia/Geral Homem Alegre 3 339 03/05/2010 - 12:27 Português
Poesia/Intervenção Crianças de Hoje 2 362 03/05/2010 - 12:07 Português
Poesia/Geral Bar de Estrada 2 397 03/05/2010 - 12:06 Português
Poesia/Geral Certas Vezes 2 369 03/05/2010 - 12:05 Português
Poesia/Geral Criança 2 334 03/05/2010 - 12:00 Português
Fotos/Natureza Teresópolis 1 435 05/21/2009 - 18:15 Português
Poesia/Dedicado Vidas Caras 2 268 05/04/2009 - 23:51 Português
Poesia/Soneto Ciúme 2 305 05/02/2009 - 01:33 Português
Fotos/Natureza Angra do Reis 1 493 04/29/2009 - 13:42 Português
Fotos/Natureza Uberlândia - MG 1 537 04/29/2009 - 13:28 Português
Prosas/Pensamentos Minhas Asas 1 478 04/29/2009 - 12:59 Português
Prosas/Pensamentos Como amar? 2 468 04/29/2009 - 00:19 Português
Poesia/Desilusão Um menino 2 269 04/28/2009 - 19:14 Português
Poesia/Geral Castelo de Pedras 4 330 04/28/2009 - 19:12 Português
Poesia/Desilusão Velho Quadro 1 265 04/28/2009 - 00:04 Português