CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Homem Insosso

O homem já não busca o amor,
Ele se maqueia de pseudo sentimentos,
Vive uma vida postiça eivada de dor
Que o atormenta íngreme em cada momento.

O homem já não cultiva uma flor,
Ele a produz de forma artificial cheio de desenganos..
Sobrevive numa atmosfera envenenada e sem pudor
Em que a cada instante o está atormentando.

O homem já não sorrir com louvor,
Ele adorna sua face de uma alegria aparente...
O cotidiano sempre o enche de pavor
E ele não demonstra o que de verdadeiro seu coração sente!

O homem já não se dedica ao labor,
Ele busca de alguma maneira algo distinto...
Envolve-se em peripécias e grita com clamor
Que a vida em seu dia a dia o está consumindo...

O homem já não percebe em si o olor
Que a natureza empresta a todo ser vivente...
Ele se camufla de todo e qualquer fragor
Que a correnteza da vida impõe sistematicamente!

Submited by

segunda-feira, novembro 2, 2009 - 19:53

Poesia :

No votes yet

imelo

imagem de imelo
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 2 dias 21 horas
Membro desde: 09/09/2009
Conteúdos:
Pontos: 1150

Comentários

imagem de RobertoEstevesdaFonseca

Re: Homem Insosso

Belo poema!

Um abraço,
REF

imagem de MarneDulinski

Re: Homem Insosso

imelo!

Gostei, verdades que devem ser alertadas!

imagem de danyfilipa

Re: Homem Insosso

Adorei este poema ..
realço:
O homem já não cultiva uma flor,
Ele a produz de forma artificial cheio de desenganos..

imagem de Gisa

Re: Homem Insosso

Interessante poema, que retrata o vazio que tem tomado conta do ser humano que perde valores, princípios. Parabéns

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of imelo

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Geral O PENSAMENTO 0 17 03/27/2020 - 00:10 Português
Poesia/Geral VETORIAIS 0 37 03/25/2020 - 05:00 Português
Poesia/Soneto VIÇO 0 26 03/24/2020 - 05:13 Português
Poesia/Soneto DIA FESTIVO 0 28 03/24/2020 - 02:51 Português
Poesia/Soneto BILATERAL 0 18 03/23/2020 - 04:17 Português
Poesia/Soneto SINTOMAS 0 36 03/21/2020 - 22:26 Português
Poesia/Soneto VESTÍGIOS 0 24 03/21/2020 - 21:51 Português
Poesia/Soneto PRINCÍPIOS 0 34 03/21/2020 - 02:29 Português
Poesia/Soneto INSTANTES ÚLTIMOS 0 21 03/20/2020 - 02:58 Português
Poesia/Geral DÚVIDAS 0 32 03/17/2020 - 03:26 Português
Poesia/Geral VÍRUS 0 58 03/14/2020 - 02:17 Português
Poesia/Soneto VEREDAS ÍNTIMAS 0 32 03/12/2020 - 02:46 Português
Poesia/Soneto MUNDO CÃO 0 88 03/11/2020 - 05:18 Português
Poesia/Amor SONATA DE AMOR 0 31 03/09/2020 - 01:56 Português
Poesia/Soneto O MUNDO 0 30 03/09/2020 - 00:02 Português
Poesia/Geral AUTOCÍDIO 0 83 03/08/2020 - 18:43 Português
Poesia/Soneto SAUDOSISMO 0 31 03/07/2020 - 04:02 Português
Poesia/Soneto MAR DE TERRA 0 47 03/06/2020 - 03:42 Português
Poesia/Soneto JUÍZO 0 74 03/01/2020 - 03:47 Português
Poesia/Geral INEXORÁVEIS 0 78 02/29/2020 - 01:40 Português
Poesia/Soneto AXIOMA 0 63 02/27/2020 - 02:33 Português
Poesia/Intervenção AJUDA 0 91 02/25/2020 - 01:11 Português
Prosas/Cartas AJUDA 0 59 02/25/2020 - 01:10 Português
Poesia/Geral DORAVANTE 0 42 02/24/2020 - 01:17 Português
Poesia/Soneto ESTRELAS 0 34 02/23/2020 - 04:12 Português