CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Inverno de Amor

Em pleno verão
O inverno chegou...
Inundou corações sensíveis
Com lágrimas e chuvas de amor!

Espesso pranto se espalha
Pelo vale onde ninguém jamais
Fecundou e viu nascer
O desabrochar de flores sensuais!

Na inédita e inebriante estação
De sentimentos o solo transbordou...
Osculou a face do desejo,
Transformando emoções em louvor!

Acariciando o tempo,
Folhas caíram dos braços meus...
Mesmo no outono e na primavera
O inverno de amor nunca morreu!

Submited by

domingo, outubro 25, 2009 - 01:54

Poesia :

No votes yet

imelo

imagem de imelo
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 2 dias 4 minutos
Membro desde: 09/09/2009
Conteúdos:
Pontos: 1175

Comentários

imagem de danyfilipa

Re: Inverno de Amor

"Mesmo no outono e na primavera
O inverno de amor nunca morreu!"

Amei :-)

bjo

imagem de RobertoEstevesdaFonseca

Re: Inverno de Amor

Destaco porque gosto muito:

"O inverno e amor nunca morreu!"

Excelente poema!!!

Parabéns!!!

Um abraço,
REF

imagem de Gisa

Re: Inverno de Amor

TÃO BELO POEMA! PALAVRAS BEM ESCOLHIDAS, QUE TRANSMITEM SONHOS...ADOREI!

Acariciando o tempo,
Folhas caíram dos braços meus...
Mesmo no outono e na primavera
O inverno de amor nunca morreu!

imagem de MarneDulinski

Re: Inverno de Amor

Imelo!

Inverno de Amor

Acariciando o tempo,
Folhas caíram dos braços meus...
Mesmo no outono e na primavera
O inverno de amor nunca morreu!
Lindo, esplêndido!
Meus parabéns,
MarneDulinski

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of imelo

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Gótico SOCIOPATIA 0 50 04/06/2020 - 04:55 Português
Poesia/Geral ÚLTIMOS SUSPIROS 0 16 04/05/2020 - 19:20 Português
Poesia/Geral ALMA DESNUDA 0 35 03/31/2020 - 23:56 Português
Poesia/Geral SUBJETIVISMO 0 32 03/31/2020 - 00:57 Português
Poesia/Soneto CIÚME 0 41 03/30/2020 - 03:28 Português
Poesia/Geral O PENSAMENTO 0 35 03/27/2020 - 00:10 Português
Poesia/Geral VETORIAIS 0 60 03/25/2020 - 05:00 Português
Poesia/Soneto VIÇO 0 60 03/24/2020 - 05:13 Português
Poesia/Soneto DIA FESTIVO 0 59 03/24/2020 - 02:51 Português
Poesia/Soneto BILATERAL 0 32 03/23/2020 - 04:17 Português
Poesia/Soneto SINTOMAS 0 59 03/21/2020 - 22:26 Português
Poesia/Soneto VESTÍGIOS 0 36 03/21/2020 - 21:51 Português
Poesia/Soneto PRINCÍPIOS 0 50 03/21/2020 - 02:29 Português
Poesia/Soneto INSTANTES ÚLTIMOS 0 49 03/20/2020 - 02:58 Português
Poesia/Geral DÚVIDAS 0 54 03/17/2020 - 03:26 Português
Poesia/Geral VÍRUS 0 71 03/14/2020 - 02:17 Português
Poesia/Soneto VEREDAS ÍNTIMAS 0 42 03/12/2020 - 02:46 Português
Poesia/Soneto MUNDO CÃO 0 113 03/11/2020 - 05:18 Português
Poesia/Amor SONATA DE AMOR 0 44 03/09/2020 - 01:56 Português
Poesia/Soneto O MUNDO 0 39 03/09/2020 - 00:02 Português
Poesia/Geral AUTOCÍDIO 0 111 03/08/2020 - 18:43 Português
Poesia/Soneto SAUDOSISMO 0 52 03/07/2020 - 04:02 Português
Poesia/Soneto MAR DE TERRA 0 62 03/06/2020 - 03:42 Português
Poesia/Soneto JUÍZO 0 96 03/01/2020 - 03:47 Português
Poesia/Geral INEXORÁVEIS 0 90 02/29/2020 - 01:40 Português