CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Lamento

Não me machucaste.
Não tocaste em mim,
Mas sangraste-me o rosto
Com tua covardia!
Quebraste-me o selo da confiança!
Que direi agora ao sabiá
Com quem converso todas as manhãs?
Que perdi a esperança?
Que me lograram a alegoria?
Não! O sabiá guarda na lembrança
Com seu canto encantado
A minha mensagem todos os dias!
Enganaste-me sorrateiramente,
Diluíste meus sonhos no cálice da hipocrisia
E agora estou vazio de repente!
Como pudeste agir assim?
Destruíste as flores do meu jardim,
Deixaste-me abandonado!
Um infinito deserto para a minha essência,
Estou acorrentado...desesperado,
Levaste para bem longe a minha eloquência...
Estou numa rua estreita,
Num beco sem saída,
Com minha alma em frangalhos!
Traíste-me a confiança!
Revelaste meus segredos...
As veredas da vida estão repletas de atropelos,
Não tenho por onde ir...
Um dia te chamei de amigo,
Deitei minhas lágrimas em teu ombro-abrigo,
Agora me vejo desolado...
Quero meus segredos de volta,
Tentarei modificá-los a natureza
Porque a essência de sua beleza
Está no que os portas declamam
A todo instante e a toda hora,
De que os homens também choram!

Submited by

terça-feira, janeiro 12, 2010 - 16:11

Poesia :

No votes yet

imelo

imagem de imelo
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 4 dias 3 horas
Membro desde: 09/09/2009
Conteúdos:
Pontos: 1175

Comentários

imagem de MarneDulinski

Re: Lamento

Quero meus segredos de volta,
Tentarei modificá-los a natureza
Porque a essência de sua beleza
Está no que os portas declamam
A todo instante e a toda hora,
De que os homens também choram!

Meus parabéns, gostei,
Marne

imagem de RobertoEstevesdaFonseca

Re: Lamento

Um lindo e estruturado poema.

Parabéns,
um abraço,
REF

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of imelo

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Gótico SOCIOPATIA 0 60 04/06/2020 - 04:55 Português
Poesia/Geral ÚLTIMOS SUSPIROS 0 30 04/05/2020 - 19:20 Português
Poesia/Geral ALMA DESNUDA 0 37 03/31/2020 - 23:56 Português
Poesia/Geral SUBJETIVISMO 0 36 03/31/2020 - 00:57 Português
Poesia/Soneto CIÚME 0 49 03/30/2020 - 03:28 Português
Poesia/Geral O PENSAMENTO 0 37 03/27/2020 - 00:10 Português
Poesia/Geral VETORIAIS 0 63 03/25/2020 - 05:00 Português
Poesia/Soneto VIÇO 0 68 03/24/2020 - 05:13 Português
Poesia/Soneto DIA FESTIVO 0 63 03/24/2020 - 02:51 Português
Poesia/Soneto BILATERAL 0 35 03/23/2020 - 04:17 Português
Poesia/Soneto SINTOMAS 0 61 03/21/2020 - 22:26 Português
Poesia/Soneto VESTÍGIOS 0 41 03/21/2020 - 21:51 Português
Poesia/Soneto PRINCÍPIOS 0 53 03/21/2020 - 02:29 Português
Poesia/Soneto INSTANTES ÚLTIMOS 0 53 03/20/2020 - 02:58 Português
Poesia/Geral DÚVIDAS 0 56 03/17/2020 - 03:26 Português
Poesia/Geral VÍRUS 0 72 03/14/2020 - 02:17 Português
Poesia/Soneto VEREDAS ÍNTIMAS 0 45 03/12/2020 - 02:46 Português
Poesia/Soneto MUNDO CÃO 0 116 03/11/2020 - 05:18 Português
Poesia/Amor SONATA DE AMOR 0 60 03/09/2020 - 01:56 Português
Poesia/Soneto O MUNDO 0 40 03/09/2020 - 00:02 Português
Poesia/Geral AUTOCÍDIO 0 113 03/08/2020 - 18:43 Português
Poesia/Soneto SAUDOSISMO 0 54 03/07/2020 - 04:02 Português
Poesia/Soneto MAR DE TERRA 0 65 03/06/2020 - 03:42 Português
Poesia/Soneto JUÍZO 0 100 03/01/2020 - 03:47 Português
Poesia/Geral INEXORÁVEIS 0 93 02/29/2020 - 01:40 Português