CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Loucos no poder


Loucos no poder

Gotas que adormece.

Grau que entorpece.

Esvaziar-se de si mesmo.

Endeusar-se ao esmo.

Cobrir de metais preciosos.

Abrir os aís dolorosos.

Comer comida carcomida e
morta.

Correr e dar uma sumida sem
abrir a porta.

Porcaria com luxo.

Fracasso com lixo.

Grande quieto e murcho.

Macho com tom submisso.

Arena leão.

Rei assistindo.

A força do homem,
com a força do felino.

Loucos no poder, louco
sem poder escolher.

Era assim, é assim pra você e pra
mim.

O NOVO POETA. (W.Marques).

O NOVO POETA. (W.Marques).

Submited by

quinta-feira, julho 16, 2009 - 15:06

Poesia :

No votes yet

onovopoeta

imagem de onovopoeta
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 40 semanas 4 dias
Membro desde: 04/19/2009
Conteúdos:
Pontos: 1469

Comentários

imagem de Henrique

Re: Loucos no poder

Uma boa verdade!!!

:-)

imagem de LiceSoares

Re: Loucos no poder

Parabéns, Poeta. Muito bom.
Um abraço.

imagem de mariamateus

Re: Loucos no poder

Era assim, é assim pra você e pra
mim.

Amigo Wilson

Sempre gostei da maneira como escreve,continuo
a apreciar seu lado,revolucionário :lol:
mas não entendi muito bem a que se refere?'

Será do governo ?' não sei!

de quqlquer forma não desgostei,
essencilmente da coreografia :-)

bastante original :roll:

Abraço

imagem de onovopoeta

Re: Loucos no poder

R: É sim ao governo e todo tipo de poder que nos escravizam.

E gostaria de agradecer a leitura.
Um forte abraço querida poetisa e amiga.

imagem de MarneDulinski

Re: Loucos no poder

O NOVOPOETA!

REFERE-SE A IDADE QUE PASSA, SERÁ ISSO!

MarneDulinski

imagem de KeilaPatricia

Re: Loucos no poder

Muito bom...

é assim mesmo...

"Loucos no poder, louco
sem poder escolher."

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of onovopoeta

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Pensamentos Santo do pau oco 0 668 11/03/2018 - 21:51 Português
Poesia/Geral Gemas acabrunhadas 0 315 10/19/2018 - 14:06 Português
Poesia/Geral Receio do remate 1 1.256 10/15/2018 - 16:47 Português
Poesia/Meditação Talvez um anjo 1 754 10/15/2018 - 16:46 Português
Poesia/Meditação Oscilação 1 1.361 10/15/2018 - 16:45 Português
Poesia/Geral Dito-cujo 2 492 10/15/2018 - 16:43 Português
Poesia/Geral Abstrato 2 1.150 03/15/2018 - 09:42 Português
Poesia/Amor Sobejar de paixão 2 400 03/15/2018 - 09:41 Português
Poesia/Geral Beiços de homens 1 493 02/27/2018 - 11:37 Português
Poesia/Meditação Morte e vida 1 765 02/27/2018 - 11:36 Português
Poesia/Amor Pétalas do amor 1 502 01/22/2018 - 14:58 Português
Poesia/Meditação 10 graças 1 704 05/29/2016 - 13:03 Português
Poesia/Geral Sinfônica saúde 0 667 04/22/2016 - 15:02 Português
Poesia/Geral Santas descabidas 0 738 02/21/2016 - 20:22 Português
Poesia/Amor Vinho triste 0 910 02/21/2016 - 20:20 Português
Poesia/Amor Lucidez abstrusa 0 1.442 12/24/2015 - 12:19 Português
Poesia/Geral Oportunista 0 678 11/07/2015 - 22:42 Português
Poesia/Geral Fluidos mínimos 0 673 09/23/2015 - 11:55 Português
Poesia/Geral Mortos odoríferos 0 1.153 07/21/2015 - 11:30 Português
Poesia/Amor Princesa do gueto (A morte da princesa). 0 1.067 06/13/2015 - 19:21 Português
Poesia/Meditação Dias encafifados 0 909 04/29/2015 - 12:07 Português
Poesia/Amor Amor de seis rimas 0 1.143 03/27/2015 - 12:29 Português
Poesia/Geral Mortos do vaso 0 977 02/15/2015 - 13:26 Português
Poesia/Amor Memórias de girasol 0 815 01/15/2015 - 11:12 Português
Poesia/Fantasia Luzes dos lampiros 0 957 12/23/2014 - 14:55 Português