CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Mãe - Eu canto a ti o amor!


Eu quero cantar a ti o amor
Mas, muito mais do que o amor
Por que, quem sou eu para definir o amor?
O amor é gratidão?
Se for, quero agradecer a ti
O seu cuidado para comigo
O tempo que teve paciência quando errei
O tempo que perdoou as minhas falhas
O tempo que me orientou na minha caminhada.

Quando pensou mais em mim do que em você
A minha gratidão não pode ser expressada em palavras
Mas, não sei fazer nada além de abrir o meu coração
Em gratidão a ti, minha querida mãe!

O seu sorriso me faz ver o mundo tão bonito
Mesmo em meio as dores da vida
A sua esperança contagia-me
Me faz acreditar que posso conseguir.
Quantas vezes você pegou em minhas mãos
Quando eu nem mesmo sabia caminhar
Você foi a minha direção
É a minha inspiração
E é a essência do amor verdadeiro.

O amor é uma canção?
Se for, quero cantar a mais linda canção
Uma que alcance o seu coração
E diga-lhe o quanto eu te amo
O quanto você é especial para mim
O quanto a sua presença me alegra.

Nunca quero esquecer esse amor tão sublime
O seu cuidado tão especial na minha vida
Os conselhos que quase nunca dei ouvidos
Mas, que, no silêncio de minha existência,
Me fizeram pensar em suas palavras!

Mãe...
Tu és a estrela mais brilhante no meu céu
A flor mais linda do meu jardim
A alegria infinita do meu viver
E eu só posso dizer
Em alto em bom som
O quanto eu amo você!

Feliz dia das mães!

Poema: Odair José, Poeta Cacerense

www.odairpoetacacerense.blogspot.com
www.meutestemunhovivo.blogspot.com

Submited by

sexta-feira, maio 6, 2022 - 23:56

Poesia :

No votes yet

Odairjsilva

imagem de Odairjsilva
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 2 dias 3 horas
Membro desde: 04/07/2009
Conteúdos:
Pontos: 7727

Comentários

imagem de Odairjsilva

Visitem os

imagem de Odairjsilva

Visitem os

imagem de Odairjsilva

Visitem os

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Odairjsilva

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Intervenção Sustentabilidade 3 26 05/20/2022 - 22:22 Português
Poesia/Amor Se te amo tanto assim 3 54 05/20/2022 - 18:32 Português
Poesia/Desilusão A maior de todas as mentiras 3 45 05/19/2022 - 18:55 Português
Poesia/Pensamentos De mãos dadas com a Morte 3 111 05/18/2022 - 18:53 Português
Poesia/Pensamentos Do pensamento 3 86 05/17/2022 - 18:36 Português
Poesia/Desilusão O teu olhar 3 52 05/16/2022 - 23:29 Português
Poesia/Intervenção Destruam essa arte 3 50 05/16/2022 - 18:38 Português
Poesia/Desilusão Silenciosa sombra de solidão 3 51 05/16/2022 - 12:38 Português
Poesia/Amor Saber entender, crescer e viver 3 81 05/13/2022 - 19:25 Português
Poesia/Meditação Cantem as canções que não escrevi 3 62 05/12/2022 - 22:56 Português
Poesia/Tristeza Alma em suplício 3 53 05/11/2022 - 23:12 Português
Poesia/Meditação Feliz com sua presença 3 80 05/11/2022 - 18:42 Português
Poesia/Desilusão Insensatez 3 70 05/10/2022 - 18:37 Português
Poesia/Pensamentos Eu navegarei 3 63 05/09/2022 - 23:13 Português
Poesia/Pensamentos Fantasmas de um tempo passado 3 124 05/09/2022 - 13:28 Português
Poesia/Dedicado Mãe, o maior amor que pode existir 3 79 05/08/2022 - 20:33 Português
Poesia/Dedicado Mãe - Eu canto a ti o amor! 3 72 05/06/2022 - 23:57 Português
Poesia/Meditação Dias melhores virão 3 129 05/06/2022 - 19:01 Português
Poesia/Meditação A impossibilidade física da morte na mente de alguém que está vivo 3 78 05/05/2022 - 19:11 Português
Poesia/Meditação O peso do mundo 3 66 05/04/2022 - 23:02 Português
Poesia/Meditação E se não estiver tudo bem? 3 81 05/04/2022 - 18:45 Português
Poesia/Amor Inimaginável 3 84 05/03/2022 - 18:34 Português
Poesia/Tristeza Querida solidão 3 85 05/02/2022 - 18:29 Português
Poesia/Intervenção Não lastimo o próximo perigo 3 127 05/02/2022 - 12:41 Português
Poesia/Pensamentos Palavras apenas não servem 3 72 04/30/2022 - 21:59 Português