CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Minotauro ou Astérion

E era de tal feiúra
que só despertava paúra.
Preso nessa amargura,
rodava seu labirinto, sua clausura.

A cada ano, conta-nos Borges*,
recebia novos alforges.
Virgens de Atenas,
ou só virgens. Apenas.

E tanto ele as gostava,
com tal gozo as devorava
que presto a saciedade
lhe chegava.

Mas eis que certo dia,
viu-se num espelho que havia;
e tal foi seu horror,
e tanta foi sua dor,
pois viu como era burlesco e complexo
o seu triste reflexo.

E por ser filho do Rei, logo decretou:
que se findem as imagens.
Que saibam os Homens,
suas vindouras vantagens.

Foi então que o Homem nunca mais viu
o terror que sempre produziu.

Mas, como na lenda,
do tempo da grega calenda,
eis que chega algum Teseu
que de um só golpe
destrói a cria de Prometeu.

E agora, já nesse pós Mundo,
é dificil entender
qual o Minotauro,
qual o Centauro?

E qual, Homem, foi tua obra?
Esse tanto de miséria que se chora
e que se vê em qualquer hora,
ou outro fiel exercicio dos males de Pandora?

E o pior é que já não há mais cortina para fechar.
Essa grega tragédia veio para ficar.
Mesmo que outro grego a queira recontar.

* Jorge Luis Borges

Submited by

sábado, julho 18, 2009 - 15:23

Poesia :

No votes yet

fabiovillela

imagem de fabiovillela
Offline
Título: Moderador Poesia
Última vez online: há 3 anos 20 semanas
Membro desde: 05/07/2009
Conteúdos:
Pontos: 6158

Comentários

imagem de marcodias

Re: Minotauro ou Astérion

Muito interessante a forma como trabalhas os nossos mitos.

Murillo Carvalho - vencedor do prémio Leya deste ano com o romance - O jaguar - fala-nos nisso - como devemos de certa forma procurar no inicio as nossas verdadeiras origens.
Nos meus textos trabalho também essa ideia de um futuro perturbado pela acção danosa do homem... a sorte é existirmos nós - os que mudarão qualquer coisa.

Gostei.

Abraço

imagem de KeilaPatricia

Re: Minotauro ou Astérion

EXCELENTE...

:-)

imagem de MarneDulinski

Re: Minotauro ou Astérion

LINDO, GOSTEI, MAS NÃO COMENTEI!
MarneDulinski

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of fabiovillela

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Tristeza A Canção de Alepo 0 1.800 10/01/2016 - 21:17 Português
Poesia/Meditação Nada 0 1.347 07/07/2016 - 15:34 Português
Poesia/Amor As Manhãs 0 1.253 07/02/2016 - 13:49 Português
Poesia/Geral A Ave de Arribação 0 1.237 06/20/2016 - 17:10 Português
Poesia/Amor BETH e a REVOLUÇÃO DE VERDADE 0 1.321 06/06/2016 - 18:30 Português
Prosas/Outros A Dialética 0 1.517 04/19/2016 - 20:44 Português
Poesia/Desilusão OS FINS 0 1.657 04/17/2016 - 11:28 Português
Poesia/Dedicado O Camareiro 0 2.450 03/16/2016 - 21:28 Português
Poesia/Amor O Fim 1 1.339 03/04/2016 - 21:54 Português
Poesia/Amor Rio, de 451 Janeiros 1 1.325 03/04/2016 - 21:19 Português
Prosas/Outros Rostos e Livros 0 1.294 02/18/2016 - 19:14 Português
Poesia/Amor A Nova Enseada 0 1.491 02/17/2016 - 14:52 Português
Poesia/Amor O Voo de Papillon 0 1.128 02/02/2016 - 17:43 Português
Poesia/Meditação O Avião 0 972 01/24/2016 - 15:25 Português
Poesia/Amor Amores e Realejos 0 1.867 01/23/2016 - 15:38 Português
Poesia/Dedicado Os Lusos Poetas 0 1.301 01/17/2016 - 20:16 Português
Poesia/Amor O Voo 0 1.153 01/08/2016 - 17:53 Português
Prosas/Outros Schopenhauer e o Pessimismo Filosófico 0 2.056 01/07/2016 - 19:31 Português
Poesia/Amor Revellion em Copacabana 0 1.365 12/31/2015 - 14:19 Português
Poesia/Geral Porque é Natal, sejamos Quixotes 0 1.336 12/23/2015 - 17:07 Português
Poesia/Geral A Cena 0 1.442 12/21/2015 - 12:55 Português
Prosas/Outros Jihadismo: contra os Muçulmanos e contra o Ocidente. 0 1.246 12/20/2015 - 18:17 Português
Poesia/Amor Os Vazios 0 2.244 12/18/2015 - 19:59 Português
Prosas/Outros O impeachment e a Impopularidade Carta aberta ao Senhor Deputado Ivan Valente – Psol. 0 794 12/15/2015 - 13:59 Português
Poesia/Amor A Hora 0 1.895 12/12/2015 - 15:54 Português