CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

[Morto]

Morto
Sem ter aberto os olhos.
Sem ter sentido o gosto
Da vida na boca.
Morto
Sem ter o nome lembrado.
Sem imaginar o que é afeto.
Apenas a violência dos gestos,
O desespero da sobrevivência
Em meio ao luto diário.
De uma miséria penetrada na carne,
Que exala dor e odor do caos disfarçado
Que carinhosamente chamamos de tempero.
Morto
Das ordens que nunca cessam.
Refém do silêncio,
Que assombra a noite.
Dos sonhos que viram pesadelos
Por desejos nunca satisfeitos.
Morto
E isso basta.

Pablo Danielli

Submited by

quinta-feira, outubro 25, 2018 - 19:56

Poesia :

No votes yet

Pablo Gabriel

imagem de Pablo Gabriel
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 20 semanas 2 dias
Membro desde: 05/02/2011
Conteúdos:
Pontos: 2944

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Pablo Gabriel

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Críticas/Outros Calcanhares 0 1.195 11/30/2013 - 12:06 Português
Críticas/Outros Carta a um estranho 0 1.048 11/22/2013 - 17:35 Português
Fotos/Outros Livro novo! A venda em dezembro! 0 1.339 11/18/2013 - 15:16 Português
Poesia/Amor Criança 0 765 11/08/2013 - 19:26 Português
Poesia/Meditação Embriagados 0 681 11/08/2013 - 13:07 Português
Anúncios/Outros - Oferece-se Mais poesia e cronicas! 0 2.759 11/07/2013 - 20:11 Português
Poesia/Amor Bondade 0 633 11/07/2013 - 19:14 Português
Críticas/Filmes Notas de Rodapé - curta metragem 0 1.528 11/05/2013 - 20:07 Português
Poesia/Amor Outonos e primaveras 0 988 11/05/2013 - 17:53 Português
Fotos/Outros olhares 0 1.499 10/29/2013 - 19:33 Português
Fotos/Outros madrugada 0 1.072 10/29/2013 - 19:30 Português
Poesia/Amor Aromas 0 694 10/29/2013 - 12:50 Português
Poesia/Pensamentos Caminho 0 1.011 10/25/2013 - 14:16 Português
Críticas/Outros Luzes vermelhas 0 1.823 10/24/2013 - 18:20 Português
Poesia/Meditação Concreto, fé e suor! 0 595 10/24/2013 - 12:28 Português
Críticas/Outros O conto 0 1.866 10/23/2013 - 17:36 Português
Poesia/Meditação Retratos 0 543 10/23/2013 - 14:30 Português
Críticas/Outros Sobre o tempo 0 1.094 10/21/2013 - 12:56 Português
Poesia/Meditação Noite dos cachorros perdidos 0 511 10/18/2013 - 16:55 Português
Poesia/Meditação Democracia 0 1.051 10/11/2013 - 14:48 Português
Poesia/Meditação Nem janela, nem porta 0 827 10/04/2013 - 20:37 Português
Poesia/Meditação Desigual 0 569 10/04/2013 - 20:08 Português
Poesia/Amor Ciranda 0 884 10/04/2013 - 16:23 Português
Poesia/Meditação Ilusão 0 1.044 10/02/2013 - 15:33 Português
Poesia/Meditação Tem fé! 0 764 10/01/2013 - 21:46 Português