CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

[Nós]

[Nós]

A gente fecha os olhos,
E se acostuma... Com a falta do que não teve.
Nos conformamos com a distância
A perder as lembranças...
A esquecer os rostos
Mesmo, os mais próximos.
Prendemos a nossa vida em nós invisíveis,
Começamos a sentir tudo sempre igual
Um eterno domingo monótono,
E quanto menos esforço, melhor.
A gente...
Acaba se adaptando.
Risca as datas do calendário,
É formal nos aniversários
E segue o protocolo da rotina,
Dia após dia, esperando
Não se machucar com as ironias.
Sonhamos acordados
Enquanto a televisão vive da nossa apatia.
Movimentamos o nosso corpo
Ao som de um barulho sem sentido.
Porque tudo faz parte
Do vazio que é construído lentamente
Dentro de nós.
As palavras não tem mais o mesmo efeito,
E a gente fica confortável com a água morna
Por medo de passar frio ou calor,
Se sairmos da nossa própria casa.
A gente...
Vive no automático
Fala o programado
Sente, menos que o necessário.
E quando percebemos
A vida...
É um quadro confuso, abstrato.
Não gostamos das cores, que intimamente pintamos.
E escondemos a nossa própria obra em um armário,
Esperamos que ninguém perceba, os tons frios e cinzas.
Porque a gente...
A gente fecha os olhos.

Pablo Danielli

https://www.instagram.com/pablodanielli

http://www.facebook.com/padanielli

Submited by

segunda-feira, janeiro 11, 2021 - 14:44

Poesia :

No votes yet

Pablo Gabriel

imagem de Pablo Gabriel
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 16 semanas 5 dias
Membro desde: 05/02/2011
Conteúdos:
Pontos: 2944

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Pablo Gabriel

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Críticas/Outros O futebol é simples, complicado são os esquemas táticos. 0 115 05/24/2021 - 14:23 Português
Poesia/Meditação [A mesa está posta] 0 213 05/13/2021 - 20:02 Português
Poesia/Meditação [Nós] 0 259 01/11/2021 - 14:44 Português
Poesia/Meditação [Neon] 0 396 07/23/2020 - 14:32 Português
Poesia/Paixão [Negra] 0 597 05/22/2020 - 18:23 Português
Poesia/Meditação [Pulsar] 0 828 04/30/2020 - 19:43 Português
Poesia/Meditação [Teias] 0 1.009 03/16/2020 - 14:24 Português
Poesia/Pensamentos [As vozes] 0 1.143 02/12/2020 - 19:15 Português
Poesia/Meditação [Vento] 0 758 02/10/2020 - 14:13 Português
Poesia/Pensamentos [Queda] 0 1.169 01/23/2020 - 20:15 Português
Poesia/Amor [Invisíveis] 0 728 01/06/2020 - 18:06 Português
Poesia/Meditação [Casas invisíveis] 0 1.221 12/13/2019 - 17:59 Português
Poesia/Meditação [PÓ] 0 937 12/09/2019 - 15:01 Português
Poesia/Pensamentos [A hora mais escura] 0 1.120 09/27/2019 - 18:59 Português
Poesia/Pensamentos [Urubus] 1 1.239 09/27/2019 - 13:24 Português
Poesia/Pensamentos [Fantasma] 0 923 09/19/2019 - 21:31 Português
Poesia/Amor [Teus lábios] 0 1.287 08/15/2019 - 15:01 Português
Poesia/Meditação [Á deriva] 0 1.670 05/08/2019 - 15:29 Português
Poesia/Meditação [Vazios] 0 1.844 04/03/2019 - 21:00 Português
Poesia/Meditação [Círculos] 0 1.984 03/12/2019 - 17:34 Português
Poesia/Meditação [Mundo] 0 1.973 12/07/2018 - 20:47 Português
Poesia/Meditação [Curtido] 0 2.121 11/26/2018 - 20:20 Português
Poesia/Meditação [Caminhar] 0 1.474 11/21/2018 - 14:21 Português
Críticas/Outros [A filosofia do povo] 0 3.220 10/30/2018 - 14:13 Português
Poesia/Meditação [Morto] 0 2.676 10/25/2018 - 19:56 Português