CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

NEM SÁBIO, NEM SABIÁ - RESENHA ACERCA DO BOM LIVRO DE ESTRÉIA DO MARCOS FLÁVIO

Se tem algo que não costumo fazer é iniciar a leitura de um livro quando estou pronto para dormir. Contudo, fiquei curioso com relação ao livro do Marcos Flavio. Eu já conhecia a maior parte dos textos e suspeitava que seria um bom livro. Quando vi o belo trabalho de ilustração e organização dos textos fiquei apaixonado! Leitura fácil e muito agradável. O autor se derrama em textos poéticos de uma forma impressionante! A linguagem é fácil de compreender e as Metáforas, bem aplicadas, não levam ninguém ao dicionário e agrada de verdade! Se eu pudesse avaliar o faria em três partes:
- A escolha do título do livro - muito pertinente! É muito difícil colocar um título que abrace todo o conteúdo do livro e esse foi gol de placa!
- As ilustrações e capa - para muitos até poderá ser um trabalho de resultado contumaz, mas para mim foi impactante! Esperava algo mais "limpo" no sentido de ver um livro apenas de textos, mas nunca esperaria a evidente simbiose entre textos e ilustrações!
- Organização dos textos - a maestria do poeta ao compor é algo maravilhoso, entretanto, quando outrem organiza um grande apanhado de textos - que, inclusive foram escolhidos pelos leitores da internet - a gente espera que isso aconteça de forma natural e sem quaisquer novidades, mas nesse livro um poema chama o outro como um belo dia chama uma noite tranquila...
Eu poderia dissertar acerca do autor ou do talento, mas isso seria redundante porque toda a simbiose só foi possível devido à luz que saiu dele em forma de palavras que se encontraram e se refestelaram em Poesia! Adianta dizer que o autor não assistiu aulas teóricas de Literatura e todos os etc?
Mas poeta bom é assim mesmo, desdenha do feio e enche a existência de ar limpo e agradável de ser aspirado...

Submited by

segunda-feira, fevereiro 25, 2019 - 02:15

Poesia :

Your rating: None (1 vote)

RONALDO RHUSSO

imagem de RONALDO RHUSSO
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 29 semanas 1 dia
Membro desde: 12/02/2011
Conteúdos:
Pontos: 232

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of RONALDO RHUSSO

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Intervenção NEM SÁBIO, NEM SABIÁ - RESENHA ACERCA DO BOM LIVRO DE ESTRÉIA DO MARCOS FLÁVIO 0 153 02/25/2019 - 02:15 Português
Poesia/Intervenção Canção dos Bolsominions... 0 332 12/23/2018 - 16:23 Português
Poesia/Amor Contigo eu sou mais forte e tu bem sabes... 0 400 08/10/2018 - 22:25 Português
Poesia/Dedicado DIA DOS PAIS 0 449 08/10/2018 - 22:22 Português
Poesia/Dedicado À Setúbal 0 323 01/27/2018 - 15:51 Português
Ministério da Poesia/Intervenção Meu pedido de desculpas... (por Marcelo Treze) 0 586 10/09/2014 - 02:00 Português
Ministério da Poesia/Soneto Vida Urbana... 1 665 06/10/2014 - 19:06 Português
Ministério da Poesia/Soneto Bilderberg 911 X Planeta 0 0 484 03/26/2014 - 09:20 Português
Ministério da Poesia/Soneto Dá nada, não... 0 487 10/19/2013 - 14:44 Português
Poesia/Amor Que estranho! 0 550 10/19/2013 - 14:43 Português
Poesia/Meditação O que? 0 641 10/19/2013 - 14:42 Português
Poesia/Amor Catacrese... 0 983 10/19/2013 - 14:41 Português
Ministério da Poesia/Intervenção POPULISMO OU CAPITALISMO? 0 622 10/19/2013 - 14:39 Português
Prosas/Tristeza FIBROMIALGIA... VOCÊ SABE O QUE É? 0 669 05/28/2013 - 14:17 Português
Críticas/Outros GLS... E os meus direitos humanos? 0 973 03/16/2013 - 22:07 Português
Ministério da Poesia/Soneto Que feio! 0 637 12/01/2012 - 01:18 Português
Ministério da Poesia/Soneto Consegui? 0 576 12/01/2012 - 01:17 Português
Ministério da Poesia/Soneto Mas e daí? 0 497 12/01/2012 - 01:16 Português
Ministério da Poesia/Soneto Rendam-se! 0 536 12/01/2012 - 01:15 Português
Ministério da Poesia/Soneto Tinha que ser comigo... 0 508 12/01/2012 - 01:14 Português
Ministério da Poesia/Tristeza Cru... 0 551 12/01/2012 - 01:12 Português
Ministério da Poesia/Soneto Fotografia 0 704 12/01/2012 - 01:11 Português
Ministério da Poesia/Soneto Quase seguro... 0 548 12/01/2012 - 01:10 Português
Ministério da Poesia/Soneto Como sempre... 0 689 12/01/2012 - 01:10 Português
Ministério da Poesia/Soneto Lena (20 anos) 0 560 12/01/2012 - 01:09 Português