CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

O fim de uma paixão

No crepúsculo do amor, deixo-te ir embora, 
Como folhas dançando ao vento a se despedir. 
Nossos corações, outrora em sintonia, 
Agora se afastam, do fundo d'alma a evadir. 
 
Teus olhos, que outrora brilhavam como estrelas, 
Agora refletem a tristeza das despedidas sem volta. 
Os sorrisos que trocávamos, doces e intensos, 
Hoje se dissipam, tornando-se parte de uma revolta. 
 
Caminhamos juntos por veredas da paixão, 
Agora seguimos rumos opostos, em desatino. 
Os juramentos feitos à luz da lua cheia, 
Desvanecem-se, como uma promessas do destino. 
 
O amor que florescia, agora murcha como uma flor, 
No jardim da nossa história, é o fim da caminhada. 
Deixo-te ir, libertando nossos destinos, 
Como pássaros que voam para longe em sua revoada. 
 
A tristeza se entrelaça com a brisa noturna, 
E a saudade, como sombras, toma forma obscura. 
Desatamos os nós que o tempo não soube desfazer, 
Deixo-te partir, e a solidão é uma noite escura. 
 
Mas, ao findar este capítulo da nossa jornada, 
Guardo as lembranças, pois a vida é uma recordação. 
Partes, eu permito, mas o carinho não se desfaz, 
Em meu peito, preservo o que um dia foi uma paixão. 
 
Deixo-te ir, como o sol se despede ao anoitecer, 
Mas as marcas do nosso amor permanecerão no sonhar. 
Sigamos adiante, em busca de um novo amanhecer, 
E que a paz nos encontre, no desejo de amar. 

 
Poema: Odair José, Poeta Cacerense

www.odairpoetacacerense.blogspot.com

Submited by

sexta-feira, janeiro 5, 2024 - 19:50

Poesia :

No votes yet

Odairjsilva

imagem de Odairjsilva
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 3 horas 29 minutos
Membro desde: 04/07/2009
Conteúdos:
Pontos: 15892

Comentários

imagem de Odairjsilva

Visitem os

imagem de Odairjsilva

Visitem os

imagem de Odairjsilva

Visitem os

imagem de Odairjsilva

Visitem os

imagem de Odairjsilva

Visitem os

imagem de Odairjsilva

Visitem os

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Odairjsilva

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Desilusão Desejos que acabam de partir 6 118 06/18/2024 - 23:49 Português
Poesia/Amor Ao pôr do sol no cais 6 227 06/17/2024 - 23:47 Português
Poesia/Pensamentos As distâncias do mundo 6 564 06/16/2024 - 13:12 Português
Poesia/Desilusão Em cada despedida 6 255 06/15/2024 - 13:12 Português
Poesia/Desilusão O vento levou 6 199 06/14/2024 - 21:14 Português
Poesia/Meditação Dez pragas terríveis 6 169 06/13/2024 - 23:07 Português
Poesia/Amor Teu amor é jardim em flor 6 165 06/12/2024 - 22:31 Português
Poesia/Poetrix Saudades 6 394 06/12/2024 - 04:07 Português
Poesia/Desilusão Recordo-me da morena 6 346 06/11/2024 - 03:10 Português
Poesia/Desilusão Ruminando os pedaços 6 243 06/09/2024 - 13:07 Português
Poesia/Meditação Confusão mental 6 561 06/07/2024 - 13:46 Português
Poesia/Amor E a saudade se foi 6 358 06/06/2024 - 12:09 Português
Poesia/Pensamentos Um mistério em cada esquina 6 763 06/05/2024 - 22:18 Português
Poesia/Amor Você é a razão 6 227 06/04/2024 - 20:23 Português
Poesia/Amor No olhar dela 6 322 06/04/2024 - 12:04 Português
Poesia/Amor Se o amor não faz parte 6 216 06/04/2024 - 02:43 Português
Poesia/Pensamentos Caminhos desconhecidos 6 1.022 06/03/2024 - 20:38 Português
Poesia/Dedicado Ser poeta é... 6 239 06/02/2024 - 13:53 Português
Poesia/Amor Mil segredos temos nós 6 271 06/01/2024 - 13:42 Português
Poesia/Pensamentos Ecos distantes em nossa cabeça 6 1.019 05/31/2024 - 13:46 Português
Poesia/Amor Só não sei como te dizer 6 260 05/30/2024 - 20:17 Português
Poesia/Meditação Ignorância 6 323 05/29/2024 - 22:05 Português
Poesia/Amor Nunca tenho as palavras certas 6 514 05/28/2024 - 13:40 Português
Poesia/Desilusão Vejo que está feliz 6 232 05/27/2024 - 20:43 Português
Poesia/Pensamentos Porcos no poder 6 1.030 05/25/2024 - 13:45 Português