CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

O que vem á cabeça

O que vem á cabeça

Curitiba, 13 de maio de 2011 00h12min.


Não, Jéssica você não gosta e nunca gostou de mim.
Não se faça de vitima nem tente negar porque foi assim
Se de mim você tivesse gostado, não teria me largado
Eu seria seu único namorado e comigo teria casado

Eu não posso culpá-la por minha atual situação
De forma lógica e sentimental, é culpa minha o meu coração.
Estar sofrendo sem ninguém até hoje, sem carinho
Mas os meus erros tem uma protagonista, eu adivinho
Não é culpa sua, mas minha, por ter acabado sozinho
Por ter amado tanto uma mulher cheia de espinho

Com toda a delicadeza
Me desculpe vossa “princesa”
Não irei mais te incomodar
Você não precisará mais reclamar

Meu erro foi amar alguém falsa e sem coração
É culpa minha você ter me deixado
Por ter semeado amor no lugar errado
Mas o alvo os meus erros é seu em qualquer direção

Para você, Jéssica
Aquela que jurou amor eterno
Nada tenho para lhe dizer
Apenas manda-la para o inferno


Perdoa-me leitora, por essa viagem
Esqueça esse poema, e retoque sua maquiagem


Helder Henrique do Nascimento Peres

 

 


O que vem á cabeça

Curitiba, 13 de maio de 2011 00h12min.


Não, Jéssica você não gosta e nunca gostou de mim.
Não se faça de vitima nem tente negar porque foi assim
Se de mim você tivesse gostado, não teria me largado
Eu seria seu único namorado e comigo teria casado

Eu não posso culpá-la por minha atual situação
De forma lógica e sentimental, é culpa minha o meu coração.
Estar sofrendo sem ninguém até hoje, sem carinho
Mas os meus erros tem uma protagonista, eu adivinho
Não é culpa sua, mas minha, por ter acabado sozinho
Por ter amado tanto uma mulher cheia de espinho

Com toda a delicadeza
Me desculpe vossa “princesa”
Não irei mais te incomodar
Você não precisará mais reclamar

Meu erro foi amar alguém falsa e sem coração
É culpa minha você ter me deixado
Por ter semeado amor no lugar errado
Mas o alvo os meus erros é seu em qualquer direção

Para você, Jéssica
Aquela que jurou amor eterno
Nada tenho para lhe dizer
Apenas manda-la para o inferno


Perdoa-me leitora, por essa viagem
Esqueça esse poema, e retoque sua maquiagem


Helder Henrique do Nascimento Peres

 

 


 

Submited by

domingo, maio 22, 2011 - 21:49

Poesia :

No votes yet

Helder Poeta

imagem de Helder Poeta
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 8 anos 49 semanas
Membro desde: 05/11/2011
Conteúdos:
Pontos: 202

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Helder Poeta

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Tristeza O que vem á cabeça 0 728 05/22/2011 - 21:49 Português
Poesia/Geral Terrível Simetria 0 931 05/18/2011 - 01:42 Português
Poesia/Fantasia ULUS 10062* 0 1.352 05/18/2011 - 01:41 Português
Poesia/Comédia Sabe? 0 736 05/18/2011 - 01:40 Português
Poesia/Aforismo Rosas são... Violetas são... 0 15.945 05/18/2011 - 01:39 Português
Poesia/Desilusão Rosas são... Mas nem sempre serão 0 628 05/18/2011 - 01:38 Português
Poesia/Desilusão Perseguição 0 604 05/18/2011 - 01:36 Português
Poesia/Fantasia Palavras Coloridas 0 754 05/18/2011 - 01:35 Português
Poesia/Fantasia O verdadeiro poeta da meia noite 0 568 05/18/2011 - 01:33 Português
Poesia/Desilusão O trabalho mais inútil do mundo 0 602 05/18/2011 - 01:32 Português
Poesia/Fantasia O Super-Poeta 0 571 05/18/2011 - 01:30 Português
Poesia/Comédia O acaso 0 673 05/18/2011 - 01:29 Português
Poesia/Dedicado Fora do normal 0 661 05/18/2011 - 01:28 Português
Poesia/Dedicado Diga-me o seu nome 2 1.354 05/18/2011 - 01:27 Português
Poesia/Desilusão Esboços de uma poesia sem valor 0 560 05/18/2011 - 01:25 Português
Poesia/Geral Entediadamente, entediado 0 814 05/18/2011 - 01:23 Português
Poesia/Desilusão Deixe para depois 0 632 05/18/2011 - 01:20 Português
Poesia/Geral Dance or Die 0 679 05/18/2011 - 01:17 Português
Poesia/Amor Coração de Manteiga 0 667 05/18/2011 - 01:15 Português
Poesia/Alegria Como será? 0 567 05/18/2011 - 01:13 Português
Poesia/Amizade Amigo dos Poemas 0 592 05/18/2011 - 01:11 Português
Poesia/Desilusão 3 dias depois 0 602 05/18/2011 - 01:10 Português
Poesia/Desilusão Treze garotas e uma em segredo. 2 752 05/13/2011 - 15:29 Português
Poesia/Amor “Como ser um bom namorado” parte 4 (e tentando ser o melhor) 1 1.243 05/13/2011 - 01:23 Português
Poesia/Amor Entregasse ao amor 2 703 05/13/2011 - 00:38 Português