CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

P R I S Ã O


 
No espelho trincado, pregado atrás da porta,
vejo minha trêmula, triste e rota imagem.
Ela retrata meu drama, e o coração me corta.
Mas, não me abalo, pois vejo apenas de passagem.

Rangendo, rompi a trava da janela
e abri para o mundo os meus segredos;
os desencontros, os tremores e medos
enterrados no estreito catre da cela.

Foi quando um estranho estrondo estridente
estremeceu através da estreita estrada.
Era o sol detrás dos morros que rasgava o céu
e arremessava sobre a terra a alvorada.

Olhei pela janela e fui agredido pela claridade.
Então, eu sorri ao encontrar a liberdade
e foi neste momento de luz que entendi, enfim,
que a prisão estava somente aqui, dentro de mim.

J. Thamiel
Guarulhos, 20.11.2018
11:38h

Submited by

terça-feira, novembro 20, 2018 - 13:52

Poesia :

No votes yet

J. Thamiel

imagem de J. Thamiel
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 1 dia 20 horas
Membro desde: 05/02/2016
Conteúdos:
Pontos: 2595

Comentários

imagem de J. Thamiel

.

Obrigado.

Eu tentei fazer um ensaio com
a letra 'r', porque o 'r' é
que e dá a ideia de prisão.
Não sei se me saí bem.

imagem de Ana Martins

Saiu-se muito bem, parabéns,

Saiu-se muito bem, parabéns, uma vez mais.

imagem de Ana Martins

PRISÃO

Parabéns,você escreve muito bem!
No poema, o poeta libertou-se,enfim!
Gostei muito.

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of J. Thamiel

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Dedicado O BOM POETA - (Homenagem) 0 69 02/07/2019 - 16:38 Português
Poesia/Geral A CALMA DA GRANDE CIDADE 0 204 02/05/2019 - 14:52 Português
Poesia/Geral ÁGUA DA MORINGA 0 107 02/02/2019 - 11:50 Português
Poesia/Geral NUVEM NEGRA 0 136 01/27/2019 - 14:46 Português
Poesia/Dedicado CADÊ OS POETAS? 0 145 01/21/2019 - 16:43 Português
Poesia/Geral ILUSÃO LETAL 0 158 01/15/2019 - 17:32 Português
Poesia/Intervenção AUTENTICIDADE 0 173 01/15/2019 - 16:00 Português
Poesia/Intervenção POEMA... PRA QUÊ? 0 136 01/14/2019 - 12:40 Português
Poesia/Geral LEMBRANÇAS DE PIRACAIA 0 129 01/11/2019 - 14:43 Português
Poesia/Dedicado 590 DEGRAUS - Acesso ao Cruzeiro de Piracaia 0 159 01/05/2019 - 13:51 Português
Poesia/Geral SOBRE MIM, NÃO IRIA DIZER NADA 0 187 12/27/2018 - 16:45 Português
Poesia/Amor H E L O I S A 1 210 12/20/2018 - 15:32 Português
Poesia/Fantasia SEMIDEUS 0 223 12/17/2018 - 10:41 Português
Poesia/Geral M É R I T O 0 183 12/07/2018 - 10:54 Português
Poesia/Geral CASTRO ALVES, O POETA INFANTE 0 222 11/30/2018 - 10:49 Português
Poesia/Meditação REFLETINDO COM A GALINHA 0 268 11/29/2018 - 15:02 Português
Poesia/Geral P R I S Ã O 3 240 11/25/2018 - 19:22 Português
Poesia/Meditação A T R I L H A 0 202 11/23/2018 - 17:24 Português
Poesia/Geral DESPEDIDA 2 243 11/20/2018 - 13:33 Português
Poesia/Geral MADORNA 0 324 11/06/2018 - 12:22 Português
Poesia/Geral FORMIGAS 2 325 10/29/2018 - 19:58 Português
Poesia/Gótico O RITUAL NEGRO 0 359 10/18/2018 - 16:01 Português
Poesia/Geral Ê X T A S E 0 319 10/18/2018 - 13:59 Português
Poesia/Meditação QUASE CONTRITO 0 486 10/15/2018 - 13:19 Português
Poesia/Geral Y EL TIEMPO PASÓ 0 329 09/26/2018 - 16:19 Português