CONCURSOS:

Edite o seu Livro! A corpos editora edita todos os géneros literários. Clique aqui.
Quer editar o seu livro de Poesia?  Clique aqui.
Procuram-se modelos para as nossas capas! Clique aqui.
Procuram-se atores e atrizes! Clique aqui.

 

Pensamentos abstrato

Sou a luz ofuscada pelo brilho de seus olhos tão serenos
Na madrugada fria deste verão escaldante
A sucumbir os pensamentos mais nefastos dos anjos
Que voam esses espaços tão escondidos.
Procuro encontrar a razão que me levou a fitar os seus olhos
Na noite quente do inverno da alma gélida
Que buscava uma razão para existir e fugir
Do medo que a assolava constantemente.
Meus passos trôpegos vacilaram e quase cai
Se não fosse amparado pelo teu sorriso
Naquela primavera tão real em meus sentimentos
Que escondia de todos.
Era como fugir de mim mesmo sem ter onde me esconder
Pois seus olhos estavam em todas as partes
A me torturar como navalhas agudas
A dilacerar as paredes avermelhadas do coração.
Vinha de longe caminhando sem rumo certo
E desejava o horizonte encontrar
Para apagar de mim as tristezas de tempos idos
Que me fizeram sofrer muito.
Não queria ter te encontrado
Não queria ter vistos os teus lindos olhos
Não queria me deslumbrar com teu sorriso tão encantador
Para não correr o risco de ficar preso para sempre.
Mas, não foi possível evitar
E minha alma está presa na beleza
Que encontrei na magia que vem de você
A preencher minha alma de esperança.

Poema: Odair José, Poeta Cacerense

www.odairpoetacacerense.blogspot.com

Submited by

segunda-feira, julho 8, 2019 - 14:20

Poesia :

No votes yet

Odairjsilva

imagem de Odairjsilva
Offline
Título: Membro
Última vez online: há 12 horas 48 minutos
Membro desde: 04/07/2009
Conteúdos:
Pontos: 3738

Add comment

Se logue para poder enviar comentários

other contents of Odairjsilva

Tópico Título Respostas Views Last Postícone de ordenação Língua
Poesia/Meditação Pássaros feridos 0 20 08/22/2019 - 21:04 Português
Poesia/Amor Nem tudo que penso agora 0 14 08/20/2019 - 23:19 Português
Poesia/Meditação Anjos e demônios 0 20 08/18/2019 - 17:47 Português
Poesia/Desilusão Este amor vai ser o meu fim 0 13 08/16/2019 - 01:15 Português
Poesia/Paixão Minha forma de amar 0 28 08/15/2019 - 23:09 Português
Poesia/Meditação Os tentáculos do sistema 0 12 08/15/2019 - 22:48 Português
Poesia/Amor A bailar em minha mente 0 37 08/13/2019 - 02:39 Português
Poesia/Meditação Onde estão às poesias dos que são mortos? 0 25 08/10/2019 - 20:10 Português
Poesia/Pensamentos Tudo 0 42 08/07/2019 - 20:08 Português
Poesia/Amor O amor que procurei a vida toda 0 25 08/06/2019 - 21:40 Português
Poesia/Paixão Vejo seu sorriso e fico a contemplar-te 0 44 08/05/2019 - 23:02 Português
Poesia/Meditação Medo primitivo 0 23 08/02/2019 - 19:59 Português
Poesia/Amor O Sorriso e a Lágrima 0 20 08/01/2019 - 23:19 Português
Poesia/Fantasia Jardim exótico 0 30 07/31/2019 - 20:50 Português
Poesia/Pensamentos O flanelinha e a puta (parte 2) - A puta 0 58 07/30/2019 - 20:28 Português
Poesia/Pensamentos O flanelinha e a puta (parte 1) - o flanelinha 0 41 07/30/2019 - 00:02 Português
Poesia/Desilusão Pensei ter ouvido você sorrir 0 45 07/28/2019 - 15:49 Português
Poesia/Amor Esperança de amor 0 42 07/26/2019 - 19:16 Português
Poesia/Desilusão A vida criou o nosso amor 0 54 07/25/2019 - 20:29 Português
Poesia/Paixão Crônica de um amor louco 0 61 07/24/2019 - 20:38 Português
Poesia/Pensamentos Catarse 0 74 07/23/2019 - 01:37 Português
Poesia/Meditação Alucinação (Poema sobre drogas) 0 58 07/22/2019 - 21:53 Português
Poesia/Desilusão Quando a estrada e o caminho são demais para mim 0 40 07/20/2019 - 00:09 Português
Poesia/Meditação A tirania do urgente 2 70 07/19/2019 - 21:06 Português
Poesia/Amor A Esperança e o Destino Final 0 51 07/17/2019 - 17:13 Português